Microeletr nica
Download
1 / 23

Microeletrônica - PowerPoint PPT Presentation


  • 59 Views
  • Uploaded on

Microeletrônica. Marília Lima [email protected] Agenda. O que é Microeletrônica Evolução Aplicações No Brasil. O que é “Microeletrônica”.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Microeletrônica' - seth-horne


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

Agenda
Agenda

O que é Microeletrônica

Evolução

Aplicações

No Brasil


O que microeletr nica
O que é “Microeletrônica”

A microeletrônica é um ramo da eletrônica, voltado à integração de circuitos eletrônicos, promovendo uma miniaturização dos componentes em escala microscópica.

Wikipedia, maio 2008


Microeletr nica1
Microeletrônica

  • Vista sob dois aspectos: processos físico-químicos de fabricação, assim como o projeto/design do circuito em si.

  • Os componentes utilizados atualmente são da escala de nanômetros. O conjunto desses componentes é chamado de circuito integrado, ou simplesmente, chip.

  • A redução do tamanho dos componentes vem obedecendo a Lei de Moore…


Lei de moore
“Lei” de Moore

  • Goordon Moore , abril de 1965.


Lei de moore1
Lei de Moore

Mark I

Marinha Americana + Hravard, 1944

ENIAC

Exército Americano


O que o que
“O que é, O que é?”

HD de 5MB, em 1956/IBM

Pesava 1 tonelada…


Microeletr nica anal gica x digital
Microeletrônica Analógica x Digital

  • Digital

    • Portaslógicas, combinação de transistores

    • Alto nível de abstração ~ linguagens de programação de software

    • Processadores, Memória etc

  • Analógico

    • Transistor, capacitor e resistor

    • Baixonível de abstração

    • Conversores

  • Hoje: Analógico + Digital

    • AMS

    • MEM (micro sensores)


Lei de moore soc

IP-cores

SoC

Lei de Moore … SoC

  • Alto Grau de Integração

  • Restrições de Projeto

    • Time-to-market

    • Performance

    • Tamanho

    • Preço

  • Funcionalidades Complexas


Aplica es
Aplicações

  • Eletrônica Automotiva

    • ECU – Eletronic Control Unit

    • Rede de Comunicação

      • CAN – Control Area Network

    • Sistema de Segurança

    • Frenagem: ABS

    • Detecção de Impacto

    • Wireless Access Control


Aplica es1
Aplicações

  • Monitoramento Ambiental

    • Floresta Amazônica

    • Geleiras Antárticas

  • Monitoramento Industrial

    • Usina de etanol

    • Insdútria Petroquímica

  • Monitoramento de Produto

    • Cool Chain




  • Aplica es4
    Aplicações

    Embalagem


    Players
    Players

    • Provedores de Ferramentas

      • Cadence (contrato fechado – exclusividade)

      • Synopsys

      • Mentor Graphics

    • Provedores de FPGA

      • Altera

      • Xilinx

    • Foundries

      • TSMC

      • UMC

      • XFab

      • austriamicrosystems

      • Ceitec




    Microeletr nica no brasil

    Junho 2005

    Lançamento do Programa CI-Brasil no C.E.S.A.R

    Microeletrônica no Brasil…

    Agosto 2006

    Início das atividades da DH no C.E.S.A.R

    2003

    Criação do Brazil-IP

    2001 Lançamento PNM – Plano Nacional de Microeletrônica

    2004

    Softcore do microcontrolador 8051

    Janeiro 2006

    Início projeto PDVB

    Fevereiro 2007

    Formação da 1ª Equipe


    Microeletr nica no brasil at 2008
    Microeletrônica no Brasil…até 2008

    CT-Pin

    Manaus

    CESAR

    Recife

    1

    CETENE

    (UFPE + Unicamp + UFCG)

    2

    LSITec

    São Paulo

    Cenpra

    Campinas

    3

    Von Braun

    Campinas

    CEITEC

    Porto Alegre

    1



    Design house compet ncias
    Design House - Competências

    • Customização: Projeto de ASICs*

      • Soluções em hardware (circuito integrado) desenvolvidas especificamente para a necessidade do cliente.

    • Miniaturização

      • Integração de sistemas/circuitos digitais em um único chip

    • Testes

      • Projetar e executar testes de chips projetados e desenvolvidos por outras empresas


    Segundo o pac de c t
    Segundo o PAC de C&T…

    • No âmbito do Programa Nacional de Microeletrônica - PNM:

    • Programa CI-Brasil

    • consolidação, expansão e melhoria da gestão da rede de centros de projeto de circuitos integrados (design houses), fortalecendo os sete já existentes, instalando mais oito até 2010 e ampliando o número de projetistas de circuitos integrados;

    • CEITEC

    • implementação e operacionalização do Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada, em Porto Alegre, para formar recursos humanos, realizar atividades de P,D&I e de projetos, prototipar e fabricar circuitos integrados;

    • Cooperação ICT-Empresa em microeletrônica

    • apoio financeiro para projetos de centros de P,D&I, para o desenvolvimento de circuitos integrados dedicados de interesse de indústrias locais, a partir de editais competitivos da FINEP e outros instrumentos de fomento;

    • Projetos mobilizadores

    • identificação de nichos de oportunidade para a capacitação nacional em microeletrônica, tais como o “chip do boi” e o sistema de identificação veicular, e promoção da atividade de P,D&I por meio de projetos mobilizadores dos grupos nacionais, como feito com a TV Digital;

    • Formação e capacitação de recursos humanos

    • capacitação de recursos humanos especializados em projeto e processo de fabricação de semicondutores e ampliação

    • da formação de pós-graduados em microeletrônica e tecnologias associadas; e

    • Cooperação tecnológica internacional

    • estabelecimento de programas de cooperação tecnológica com instituições internacionais de excelência nas áreas de

    • microeletrônica, nanoeletrônica, optoeletrônica, fotônica, dispositivos micro-eletro mecânicos (MEMS), dispositivos eletrônicos orgânicos e células fotovoltaicas.


    Pesquisa em laborat rio
    Pesquisa em Laboratório

    • Evolucao das tecnologias de fabricação de semicondutores e novas tendencias

    • A casa do futuro e as tecnologias de microeletronica: as próximas descobertas e invenções


    ad