UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
Sponsored Links
This presentation is the property of its rightful owner.
1 / 58

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DA ESCOLA DE GESTORES GESTÃO E INOVAÇÃO PowerPoint PPT Presentation


  • 49 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DA ESCOLA DE GESTORES GESTÃO E INOVAÇÃO Mirza Seabra Toschi – UEG Palmas/To Julho de 2010. OS DESAFIOS DA GESTÃO.

Download Presentation

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DA ESCOLA DE GESTORES GESTÃO E INOVAÇÃO

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DA ESCOLA DE GESTORES

GESTÃO E INOVAÇÃO

Mirza Seabra Toschi – UEG

Palmas/To

Julho de 2010


OS DESAFIOS DA GESTÃO

“Para permanecer vivo, educando a paixão, desejos de vida ou de morte, é preciso educar o medo e a coragem. Medo e coragem de ousar. Medo e a coragem em assumir a solidão de ser diferente. Medo e coragem de romper com o velho. Medo e a coragem de construir o novo”.

Madalena Freire


Você, como diretora de escola, quer mudar o mundo ou gosta dele do jeito que ele está?


O QUE É GESTÃO?

MOBILIZAÇÃO DE MEIOS E PROCEDIMENTOS PARA ATINGIR OS OBJETIVOS DE UMA INSTITUIÇÃO ESCOLAR


  • FUNÇÃO(ÕES) DA ESCOLA:

  • ATUALIZAR HISTÓRICA E CULTURALMENTE AS NOVAS GERAÇÕES

  • FORMAR PARA O EXERCÍCIO DA CIDADANIA

  • SOCIALIZAR

  • DESENVOLVER O ESPÍRITO CRÍTICO DOS ESTUDANTES

  • FORMAR PARA O TRABALHO


  • ATUALIZAR HISTÓRICA E CULTURALMENTE AS NOVAS GERAÇÕES...

  • CULTURA como:

  • valores

  • conhecimentos

  • objetos

  • crenças

  • tecnologia

  • costumes

  • arte

  • ciência

  • filosofia


Quais elementos compõem a escola?


  • BASES CONCEITUAIS E PRESSUPOSTOS INVISÍVEIS

  • VALORES

  • CRENÇAS

  • IDEOLOGIAS

MANIFEST. VERBAIS E CONCEITUAIS

MANIFEST. VISUAIS E SIMBÓLICAS

MANIFEST. COMPORTAMENTAIS


  • VERBAIS E CONCEITUAIS

  • Fins e objetivos

  • Currículo

  • Linguagens

  • Metáforas

  • Histórias

  • Heróis

  • Estruturas

  • Etc.


  • VISUAIS E SIMBÓLICAS

  • Arquitetura e equipamentos

  • Artefatos e logotipos

  • Lemas e divisas

  • Uniformes

  • Imagem exterior

  • Estruturas

  • Etc.


  • COMPORTAMENTAIS

  • Rituais

  • Cerimonias

  • Ensino e aprendizagem

  • Normas e regulamentos

  • Procedimentos operacionais

  • Etc.


Como fazer para mudar a escola?

Onde agir?


  • BASES CONCEITUAIS E PRESSUPOSTOS INVISÍVEIS

  • VALORES

  • CRENÇAS

  • IDEOLOGIAS


  • ENVOLVER TODA COMUNIDADE ESCOLAR:

  • no planejamento

  • na execução (não é só aqui,

  • como a maioria faz)

  • na avaliação


Será que o que acontece

na escola repercute na

sociedade?


ESCOLA

SOCIEDADE


SOCIEDADE

ESCOLA


  • Uma gestão democrática não se origina apenas na escola....

  • Mas, a escola é fundamental para formar para a democracia...

  • GIROUX é instituição capaz de fazer a contra hegemonia

  • Vitor PARO – parece pouco mas não é!!!

  • Gestão democrática é instrumento de consolidação da democracia na vida social


“ tendo em conta que a participação democrática não se dá espontaneamente, sendo antes um processo histórico em construção coletiva, coloca-se a necessidade de se preverem mecanismos institucionais que não apena viabilizem mas também incentivem práticas participativas dentro da escola pública” (PARO, 1998, p. 46).

Cultura democrática cria-se com a democracia

Na GESTÃO

Em todo ATO PEDAGÓGICO!!!


  • LIMITES:

  • nossa pouca experiência democrática

  • cultura de práticas antidemocráticas

  • controles formais exagerados

  • ausência de cooperação desinteressada

  • falta de sentimento de coletivo

  • individualismo (princípio do capitalismo)

  • sentimento de poder de quem assume cargos


É de menino que se torce o pepino...


Por quê tanto fascínio por esta máquina???


Pierre Lévy – Tecnologias da inteligência


TEMPOS DO ESPÍRITO

TIPOS DE SABER

BASE

Oralidade

Escrita

Informático-mediático

Narrativo

Teórico

Operacional

Ritualidade

Interpretação

Simulação

Tecnologias da inteligência – Pierre Lévy


oralidade


escrita


cibercultura

simulação


A geração net


Ah! Se eu pego quem inventou a escola...


Um nativo digital e um imigrante digital....


Homo sapiens...

Homo ludens...

Homo videns...

E agora...


Homo zappiens...


  • O homo zappiens:

  • faz várias coisas ao mesmo tempo e a escola, além de monocultural, só deixa fazer uma coisa de cada vez...

  • CURIOSIDADES:

  • protagonismo que o computador dá

  • o coletivismo/individualismo da escola

  • o individualismo/coletivismo do nativo digital

  • o protagonismo dos jovens e o conflito com a escola


ELES NÃO SÃO DO CONTRA...ELES ESTÃO EM OUTRA...

Fonte: BABIN, Pierre e KOULOUMDJIAN, Marie-France. Os novos modos de aprender – a geração do audiovisual e do computador. São Paulo: Paulinas, 1989.


Celular...

Tênis...

Boné...

Camiseta...


E computador...muito computador


Quem são nossos alunos?


Eles aprendem em qualquer hora e em qualquer lugar...

A escola tem atendido às suas necessidades e interesses?

É difícil aceitá-los?


Por que eles abandonam

Mais que necessidade de trabalhar, os alunos de 15 a 17 anos desistem por falta de interesse ...


Não adianta professores robôs!!

Não é isso!!!

É preciso sim compreendê-los...


DESAFIOS:

Copiar o corpo e o cérebro humanos...

Copiar a mente...

Copiar a consciência...

O importante é saber conversar com eles...


O termo surgiu na internet em maio deste ano (2008), quando Jim Groom escreveu em seu blog(Em inglês) (http://bavatuesdays.com/)   o que ele acreditava que atrapalhava a comunidade focada em educação. Intitulado The Glass Bees (http://bavatuesdays.com/the-glass-bees/) , o post explicitava que a busca pelas novas tecnologias é o que enrijece a relação e a compreensão de uma nova estrutura na sala de aula. A própria expressão web 2.0, que, teoricamente, explicitaria essas ferramentas de rede na internet, é uma vilã nessa busca. O objetivo não é incentivar um novo produto (algo que é induzido pelo termo), uma nova ferramenta, mas contribuir para que a comunidade se forme e enriqueça o conteúdo.


O que é, então, ser um professor inovador???


Despedido un docente por utilizar el blog en el aula

Disponível em: http://www.aulablog.com/despedido-un-docente-por-utilizar-el-blog-en-el-aula


  • O que é ser estudante hoje?

  • salas com mais de 100 alunos

  • só 18% dos professores sabem os nomes dos alunos

  • leem 49% dos textos que os professores passam

  • só 26% deles são importantes para eles

  • leem cerca de 8 livros por ano

  • 2300 páginas da web

  • 1281 perfis do Facebook

  • escrevem 42 páginas na escola

  • escrevem mais de 500 páginas de correio eletrônico


  • O que os jovens fazem num dia...

  • 1h e meia vendo TV à noite

  • 2h no celular

  • 2h comendo

  • 3h estudando

  • 2h e meia ouvindo música

  • 2h no trabalho

  • 3h na escola

  • 3h e meia conectada

  • 7h de sono

  • TOTAL – 26h e meia!!!


  • O que é ser inovador?

  • não é ser professor power point

  • mas sim reinventar a escola

  • fazer a escola ser diferente do que tem sido

  • adotar a diversidade como chave de formação

  • estar situada no seu tempo histórico


  • Ser inovador significa:

  • compreender os nexos da sociedade atual

  • mudar as regras do jogo da escola

  • criar o jogo da emancipação humana

  • respeitar as diferenças

  • reconhecer a legitimidade dos diferentes saberes dos que chegam à escola

  • reorganizar o trabalho pedagógico

  • reestruturar os espaços e tempos escolares...


O que fazer?Escola-mesa: o contrário da escola-loja onde se consome conhecimento

Escola-mesa sobre a qual se coloca o que se sabe para ligar, completar, relativizar, criticar e confrontar...Lugar de troca.


TRIÂNGULO PEDAGÓGICO

Professor

Transmissão/

conhecimentos

Processos relacionais e formativos

Aluno

Saber

Aprendizagem


DUPLA MEDIAÇÃO: a do professor e a da máquina

Na escola-mesa

aluno

professor

professor

máquina

professor

máquina

máquina

aluno

saber

aluno

professor

aluno

máquina

máquina

professor

aluno

saber

professor


Gestão de redes humanas...

O desafio do educador


CAIXA DE PANDORA

PRATICAR A ESPERANÇA!!!

ESPERANÇA


OBRIGADA!!

Agradeço sua atenção!

mirza.seabra@ueg.br


  • Login