O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 20

O IMPACTO DA VIOLÊNCIA: A QUESTÃO NACIONAL E A QUESTÃO SOCIAL . PowerPoint PPT Presentation


  • 62 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Seminário Internacional: Perspectivas de Enfrentamento dos Impactos da Violência sobre a Saúde Pública 27 a 29 de novembro de 2007. O IMPACTO DA VIOLÊNCIA: A QUESTÃO NACIONAL E A QUESTÃO SOCIAL . DR. HUGO SPINELLI. ANTECEDENTES HISTÓRICOS DA VIOLÊNCIA NA CONSTITUIÇÃO DA NAÇÃO ARGENTINA.

Download Presentation

O IMPACTO DA VIOLÊNCIA: A QUESTÃO NACIONAL E A QUESTÃO SOCIAL .

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

Seminário Internacional: Perspectivas de Enfrentamento dos Impactos da Violência sobre a Saúde Pública

27 a 29 de novembro de 2007

O IMPACTO DA VIOLÊNCIA: A QUESTÃO NACIONAL E A QUESTÃO SOCIAL.

DR. HUGO SPINELLI


Antecedentes hist ricos da viol ncia na constitui o da na o argentina

ANTECEDENTES HISTÓRICOS DA VIOLÊNCIA NA CONSTITUIÇÃO DA NAÇÃO ARGENTINA

  • GUERRAS INTERNAS 1810-1860

  • GUERRA DA TRÍPLICE ALIANÇA. EXTERMINIO DA POPULAÇÃO AFRO-AMERICANA.

  • TTE. GRAL. JULIO ARGENTINO ROCA, E A DENOMINADA CAMPANHA DO DESERTO (1877-1879).

  • A CRUEL LEI DE RESIDENCIA, A 4144, QUE SEPARAVA PARA SEMPRE AOS TRABALHADORES COMBATENTES DE SUAS FAMÍLIAS, EXPULSANDO-OS À EUROPA (1902).

  • A REPRESSÃO FINAL DOS METALÚRGICOS DE VASENA, NA SEMANA TRÁGICA (1918).

  • FUSILAMENTOS DE TRABALHADORES POR PARTE DE URIBURU (1931).

  • O BOMBARDEIO DA “PLAZA DE MAYO” (1955)

  • OS FUSILAMENTOS SEM JULGAMENTO POR ARAMBURU (1956).

  • A NOITE DOS “BASTONES LARGOS” (1968)

  • O ASSASINATO DE PRISIONEIROS EM TRELEW (1972).

  • A DESAPARIÇÃO, TORTURAS E ROUBO DE CRIANÇAS, A MASSACRE DE ADOLESCENTES NA “NOCHE DE LOS LÁPICES”, OU JOGAR PRISIONEIROS AO MAR (1976-1982)


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

A violência como problema de saúde pública:O terrorismo de Estado na Argentina 1976-1981

[i]Vale aclarar que as cifras que mostra a categoria de mortes gerais estão incluidas as defunções por causas externas que incluem homicídios, suicídios e acidentes.


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

Pobreza

No país havía em outubro 2002

21,4 milhões de pobres

Dos quais

10,5 milhõeseran indigentes

E 9,5 milhões de crianças e adolescentes vivian na pobreza

5,4 milhões eram indigentes


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

Evolução do Produto Bruto Interno e do nível de empregoPeríodo1974 - 2002.

Tasa de empleo

PBI (en millones de pesos)

Fuente: Ministerio de Economia, Secretaría de Política Económica


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

Evolução do mercado de trabalhoTotal de aglomerados urbanos. Outubro 1974 - 2002Em porcentagens

En porcentajes

Fuente: SIEMPRO, en base a datos de la EPH, INDEC.


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

Evolução da pobreza e indigência na população“Gran Buenos Aires”. Outubro 1974 - 2002Em porcentagens

En porcentajes

Fuente: SIEMPRO, en base a datos de la EPH, INDEC.


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

FUENTE: Homicidios: Elaboración propia en base a datos de mortalidad de la Dirección de Estadística e Información de Salud - Ministerio de Salud, y a datos de

población del Censo Nacional de Población, Hogares y Viviendas del año 2001 - INDEC

Pobreza e Indigencia: Encuesta Permanente de Hogares - INDEC


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

FUENTE: Homicidios: Elaboración propia en base a datos de mortalidad de la Dirección de Estadística e Información de Salud - Ministerio de Salud, y a datos de

población del Censo Nacional de Población, Hogares y Viviendas del año 2001 - INDEC

Pobreza e Indigencia: Encuesta Permanente de Hogares - INDEC


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

RUPTURA CON LAS POLÍTICAS GUIADAS POR LOS DICTADOS DEL CONSENSO DE WASHINGTON.

SE IMPULSA UNA POLÍTICA PROACTIVA CON UN MODELO DE DÓLAR ALTO, QUE DEFINE UNA FUERTE RECUPERACIÓN ECONÓMICA


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

EVOLUCIÓN DE LA POBLACIÓN POBRE E INDIGENTE EN PORCENTAJES.

TOTAL AGLOMERADOS URBANOS Y GRAN BUENOS AIRES.

OCTUBRE 1974- 2° SEMESTRE 2006.


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

DESIGUALDAD EN EL INGRESO FAMILIAR. COEFICIENTE DE GINI. 1953-2005

Fuente: Elaboración propia en base a Minujin A. (1999) y Presidencia de la Nación (2006)


O impacto da viol ncia a quest o nacional e a quest o social

A VIOLÊNCIA FOI UM DOS MEIOS PARA SUBMETER A QUESTÃO SOCIAL NA CONFORMAÇÃO DA NAÇÃO ARGENTINA DURANTE OS SÉCULOS XIX E XX (POVOS ORIGINAIS, MOVIMENTOS DE TRABALHADORES, MOVIMENTOS DE ESTUDANTES, MOVIMENTOS SOCIAIS, PROCESSOS DEMOCRÁTICOS, ETC.).

NOS MILHÕES DE POBRES NÃO ASSISTIMOS SOMENTE A UM PROBLEMA DE INIQÜIDADE, ONDE A SOLUÇÃO SERIA UMA MELHOR DISTRIBUIÇÃO, MAS A OUTRA COISA DE MAIOR COMPLEXIDADE E GRAVIDADE, QUE É O PROCESSO DE EXCLUSÃO, ONDE A SOLUÇÃO JÁ NÃO RADICA NA DISTRIBUIÇÃO, PORÉM NA INCLUSÃO. ESSENCIALMENTE, HÁ UM RETORNO À IDÉIA DE NAÇÃO, QUASE COMO NO SÉCULO XIX. ESSA ÚLTIMA CONFIGURAÇÃO,

CONSTRUÍDA HISTORICAMENTE, APRESENTA RISCOS CONFORME NÃO POSSAMOS CONSTRUIR CIDADANIA SOCIAL QUE INCLUA A TODOS E TODAS.

¿SERÁ A VIOLÊNCIA NESTE SÉCULOFUNCIONAL E, POR SUA VEZ, CONSTITUTIVA DO PROCESSO DE DESINTEGRAÇÃO DE NOSSAS NAÇÕES COMO FORMA DE RESOLUÇÃO DA QUESTÃO SOCIAL?


  • Login