DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 11

(Org. por Sérgio Biagi Gregório) PowerPoint PPT Presentation


  • 69 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO CURSO BÁSICO DE ESPIRITISMO. Lei do Trabalho. (Org. por Sérgio Biagi Gregório). LEI DO TRABALHO Introdução. Como podemos ver o trabalho? O trabalho no Plano Espiritual difere do trabalho na Terra? Que tipo de trabalho é mais difícil? . Questões.

Download Presentation

(Org. por Sérgio Biagi Gregório)

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Curso b sico de espiritismo

DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO

CURSO BÁSICO DE ESPIRITISMO

Lei do

Trabalho

(Org. por Sérgio Biagi Gregório)

Curso Básico de Espiritismo


Curso b sico de espiritismo

LEI DO TRABALHO

Introdução

Como podemos ver o trabalho?

O trabalho no Plano Espiritual difere do trabalho na Terra?

Que tipo de trabalho é mais difícil?

Questões

Curso Básico de Espiritismo


Curso b sico de espiritismo

TRABALHO

Definição

Física

Fisiologia

Economia

Filosofia

Produção de movimento de um corpo  força que resiste.

Desgaste de energia na ação muscular ou mental.

Atividade produtora de bens e serviços.

Para a filosofia toda atividade é trabalho.

Curso Básico de Espiritismo


Curso b sico de espiritismo

TRABALHO

Histórico

Antigüidade

Domina a concepção trágico-pessimista refletida na etimologia.

Revelação

Judaíco-Cristã

Colaborar na obra de Deus  imagem e semelhança de Deus.

Reforma

Aportações importantes de Calvino.

Tempos

Modernos

Fator de produção  formação do valor das mercadorias.

Marx e Engels

Mais valia.

Curso Básico de Espiritismo


Curso b sico de espiritismo

TRABALHO

Tipos de Trabalho

Trabalho intelectual

Trabalho Braçal

Curso Básico de Espiritismo


Curso b sico de espiritismo

TRABALHO

Necessidade

Subjetivo

Por que trabalha o homem?

Por necessidade.

O que é uma necessidade?

Consciência de que nos falta algo.

Prioritárias

Secundárias

Comer, beber, dormir.

Vestir-se bem, passear, cinema etc.

Curso Básico de Espiritismo


Curso b sico de espiritismo

TRABALHO

Remuneração

Salário

Produtividade

Bônus-hora

Constitui um direito natural de poder aquisitivo.

Procura de mão de obra processa-se através da produtividade  salário.

Ficha de serviço individual, funcionando como valor aquisitivo.

Curso Básico de Espiritismo


Curso b sico de espiritismo

TRABALHO

Utilidade, Lazer e Felicidade

P. 675 – Só devemos entender por trabalho as ocupações materiais?

R. Não, o Espírito também trabalha, como o corpo.

Lazer

Felicidade

Repouso serve para reparar as forças.

Marx  proventos materiais do trabalho

Espiritismo  além  Evolução Espiritual.

Curso Básico de Espiritismo


Curso b sico de espiritismo

TRABALHO

Interior

Dentre os trabalhos,

o mais difícil é

o trabalho interior.

Por que?

Curso Básico de Espiritismo


Curso b sico de espiritismo

CONCLUSÃO

Cumpramos os nossos deveres frente às solicitações da vida material. Contudo, não nos esqueçamos da construção interior de nós mesmos.

Curso Básico de Espiritismo


Curso b sico de espiritismo

FONTE DE CONSULTA

ÁVILA, F. B. de S.J. Pequena Enciclopédia de Moral e Civismo. Rio de Janeiro, M.E.C., 1967.

Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura. Lisboa, Verbo, s. d. p.

KARDEC, A. O Livro dos Espíritos. 8. ed., São Paulo, FEESP, 1995.

SANTOS, M. F. dos. Dicionário de Filosofia e Ciências Culturais. 3. Ed., São Paulo, Editora Matese, 1965.

XAVIER, F. C. Nosso Lar, pelo Espírito André Luiz. 19. ed., Rio de Janeiro, FEB, 1978. 

Curso Básico de Espiritismo


  • Login