Karl marx
Download
1 / 11

Karl Marx - PowerPoint PPT Presentation


  • 78 Views
  • Uploaded on

Karl Marx. “ A sociedade se resume à luta de classes”. O homem como agente de sua história.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Karl Marx' - kaloni


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
Karl marx

Karl Marx

“ A sociedade se resume à luta de classes”


O homem como agente de sua hist ria
O homem como agente de sua história

  • “A História não faz nada, “não possui nenhuma riqueza imensa”, “não luta nenhum tipo de luta”! Quem faz tudo isso, quem possui luta é, muito antes, o homem, o homem real que vive; não é, por certo, a “História”, que utiliza o homem como meio para alcançar seus fins- como se tratasse de uma pessoa à parte-, pois a História não é senão a atividade do homem que persegue seus objetivos. (MARX, Karl e FRIEDRICH, Engels. A Sagrada Família. São Paulo: Boitempo, 2003. p.111)


Sociologia marxista
Sociologia Marxista

  • O homem deve ser analisado dentro de seu contexto cultural, na época e espaço em que vive.

  • Cultura: toda transformação que o ser humano faz em seu meio ambiente)

  • O isolamento do indivíduo apareceu somente na sociedade de livre concorrência.


Rela o entre iguais
Relação entre iguais

  • Segundo Marx, existe somente na hipótese.

  • O operário vende sua força de trabalho ao empregador, que paga por ela através do salário.Mas o operário está submetido ao meio social e ao ambiente de trabalho.


Estado
Estado

  • Aparece como regulamentador das leis da relação de trabalho, para reduzir posíveis conflitos.(tribunais,polícia e as leis)

  • Segundo Marx, o Estado está do lado dos empregadores, já que as leis os beneficiam (empregadores)muito mais do que ao operário.


O homem como agente de sua hist ria1
O homem como agente de sua história

  • Os seres humanos constroem sua história, mas não da maneira que querem, pois existem situações anteriores que condicionam o modo como ocorre a construção. Para ele, existem condicionantes estruturais que levam o indivíduo, os grupos e as classes para determinados caminhos; mas todos têm capacidade de reagir a esses condicionamentos e até mesmo de transformá-los.


Divis o social do trabalho
Divisão Social do Trabalho

  • O tempo histórico determina novas necessidades ao indivíduo.

  • Divisão Social do Trabalho por:

  • sexo e idade (pré-capitalismo)

  • Trabalho rural e urbano(formação das cidades)

  • Gerente e operário (produção de excedentes)


Rela o entre iguais1
Relação entre iguais

  • Mecanização da produção

  • Operário vende sua força de trabalho para operar máquinas

  • Operário depende da máquina para executar seu trabalho e não dispõe dos meios de produção (da máquina) para realizar o trabalho.Depende da máquina e do empregador.

  • Empregador precisa da força de trabalho do operário para operar as máquinas


Mais valia
Mais-valia

  • Salário _ operário vende sua força de trabalho para recebê-lo.(valor-trabalho)

  • Parte de sua produção (horas trabalhadas) paga seu salário, o restante vai para o empregador que usa as horas restantes do trabalhador na produção industrial .(Segundo Marx, o trabalhador não está recebendo pelas horas excedentes)


Mais valia absoluta
Mais-valia absoluta

  • Aumento das horas de trabalho do operário para obter mais lucro.

Utilização de equipamentos e diversas tecnologias para tornar o trabalho mais produtivo, decorrendo daí a mais-valia relativa, ou seja, a produção e aumento de mais-valia com o mesmo número de trabalhadores (ou até menos), cujos salários continuam sendo os mesmos.


Acumula o de capital
Acumulação de Capital

  • As horas trabalhadas e não pagas, acumuladas e reaplicadas no processo produtivo, vão fazer com que o capitalista enriqueça rapidamente.Uma parcela significativa do valor-trabalho produzido pelos trabalhadores é apropriada pelos capitalistas. Esse processo se chama de acumulação de capital.


ad