slide1
Download
Skip this Video
Download Presentation
Ondas: definição

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 36

Ondas: definição - PowerPoint PPT Presentation


  • 127 Views
  • Uploaded on

Ondas: definição. Uma perturbação que se propaga. transportando energia sem transportar matéria!. Ola na arquibancada do Morumbi. Ondas – classificação. Quanto à natureza. Vibração de um meio material Ondas mecânicas :. Quanto à natureza. Vibração de campos elétrico e magnético

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Ondas: definição' - kaiyo


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide2

Uma perturbação que se propaga...

transportando energia sem transportar matéria!

Ola na arquibancada do Morumbi

slide4

Quanto à natureza

Vibração de um meio material

Ondas mecânicas:

slide5

Quanto à natureza

Vibração de campos elétrico e magnético

Ondas eletromagnéticas:

slide6

Quanto à natureza

Ondas eletromagnéticas:

  • Elas são formadas por um campo elétrico E e um campo magnético H que oscilam perpendiculares entre si.
slide7

Ondas eletromagnéticas

  • Se propagam na maior velocidade possível no universo c= 300.000 Km/s, que é a velocidade da luz e de todas as ondas eletromagnéticas no vácuo.
  • Não necessitam de um meio material para sua propagação, logo são a única classe de ondas que pode se propagar no vácuo.
  • São todas transversais.
  • A luz corresponde a apenas uma estreita faixa entre as ondas eletromagnéticas.
slide8

Quanto à direção de vibração

Transversais:

Todas as ondas eletromagnéticas são transversais.

slide9

a onda vai pra lá

Um diapasão vibrando no ar

E oscila na mesma direção

Quanto à direção de vibração

Longitudinais:

A onda é formada por sucessivas zonas de compressão e de rarefação.

O som é o principal exemplo de onda longitudinal.

slide11

Elementos de uma onda

Crista

Vale

Comprimento de onda

Amplitude

slide12

± 340 m/s

Gasoso

Líquido

± 1500 m/s

Sólido

± 5100 m/s

A velocidade da onda sonora

O som é uma onda mecânica. A velocidade do som nos sólidos é maior que nos líquidos, que por sua vez é maior que nos gases.

slide15

N

R.R.

R.I.

Leis da reflexão

slide16

Eco / Reverberação

Lembre-se: a distância mínima para haver eco é de 17 m se a velocidade do som for igual a 340 m/s.

slide20

Difração

Difração na cuba

slide25

Dupla-fenda - Thomas Young

Demonstrou o caráter ondulatório da luz fazendo-a sofrer Difração e Interferência.

slide26

Polarização

Somente as ondas transversais podem ser polarizadas, as ondas longitudinais não sofrem alteração ao atravessar o polarizador.

Entenda a lente polarizadora

slide28

a onda vai pra lá

E oscila na mesma direção

O som

O som é uma onda mecânica, longitudinal ...

... que é perceptível pelo ouvido humano normal.

slide30

SOM

0 Hz

20 Hz

20 000 Hz

Som, infra-som e ultra-som

A altura de um som pode variar entre 20 Hz e 20 000 Hz.

Acima de 20 000 Hz, a vibração é chamada de ULTRA-SOM.

Abaixo de 20 Hz, a vibração é chamada de INFRA-SOM.

slide31

Gasoso

± 340 m/s

Líquido

± 1500 m/s

Sólido

± 5100 m/s

A velocidade da onda sonora

O som é uma onda mecânica. A velocidade do som nos sólidos é maior que nos líquidos, que por sua vez é maior que nos gases.

um observador em repouso
Um observador em repouso

As ondas chegam da mesma forma aos dois microfones que estão em repouso em relação a fonte emissora das ondas (bolinha amarela).

Ao compararmos o som gravado por cada um desses microfones percebemos o óbvio: são iguais!

movimento relativo entre a fonte e o observador
Movimento relativo entre a fonte e o observador

Observe o comprimento de onda e o número de ondas que chega a cada um dos microfones.

O número de frentes de onda que chegam ao microfone da esquerda é maior que o que chega ao da direita, portanto o microfone da esquerda gravou um som bem mais agudo que o da direita.

slide36

Ultravioleta

UV-A, de 320 a 400 nanometros (nm);

UV-B, que vai de 280-320 nm;

UV-C, que vai de 280 a comprimentos de onda ainda menores.

ad