Interpretação textual
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 11

Interpretação textual PowerPoint PPT Presentation


  • 106 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Interpretação textual. Cap. 1- Introdução à Estilística. O que é Estilística?. É um segmento da gramática que estuda as diversas formas de expressividade dentro de um texto. Refere-se ao uso individual dos recursos expressivos da língua.

Download Presentation

Interpretação textual

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Interpreta o textual

Interpretação textual

Cap. 1- Introdução à Estilística


O que estil stica

O que é Estilística?

  • É um segmento da gramática que estuda as diversas formas de expressividade dentro de um texto.

  • Refere-se ao uso individual dos recursos expressivos da língua.

  • Por meio da estilística de uma autor, percebemos suas intenções emotivas e estéticas.

  • Nesse estudo, devemos considerar os sons,

    as palavras ou expressões, construções sintáticas etc.

    Na estilística, pode ocorrer desvios em relação ao padrão normativo da língua.


Cidadezinha qualquer

Cidadezinha qualquer

Casas entre bananeiras mulheres entre laranjeiras pomar amor cantar.

Um homem vai devagar. Um cachorro vai devagar. Um burro vai devagar.Devagar... as janelas olham.

Eta vida besta, meu Deus.

Carlos Drummond de Andrade


Interpreta o textual

Porquinho-da-Índia

Quando eu tinha seis anos Ganhei um porquinho-da-índia.Que dor de coração eu tinhaPorque o bichinho só queria estar debaixo do fogão! Levava ele pra salaPra os lugares mais bonitos, mais limpinhos,Ele não se importava:Queria era estar debaixo do fogão. Não fazia caso nenhum das minhas ternurinhas... - O meu porquinho-da-índia foi a minha primeira namorada.

Manuel Bandeira


Leia as poesias de oswald de andrade e analise a estil stica

Leia as poesias de Oswald de Andrade e analise a Estilística

vício na falaPara dizerem milho dizem mioPara melhor dizem mióPara pior pióPara telha dizem teiaPara telhado dizem teiadoE vão fazendo telhados.

OfertaQuem sabeSe algum diaTrariaO elevadorAté aquiO teu amor

O capoeira— Qué apanhá sordado?— O quê?— Qué apanhá?Pernas e cabeças na calçada.

PronominaisDê-me um cigarroDiz a gramáticaDo professor e do alunoE do mulato sabidoMas o bom negro e o bom brancoDa Nação BrasileiraDizem todos os diasDeixa disso camaradaMe dá um cigarro


Estil stica liter ria

Estilística literária

  • Volta-se para o texto literário. Os escritores usam uma linguagem que se afasta ou se desvia do uso comum da língua.

    Ex:

    Abrindo um antigo caderno

    Abrindo um antigo caderno

    foi que descobri:

    Antigamente eu era eterno.

    (Paulo Leminski)


Estil stica lingu stica

Estilística linguística

  • Volta-se para a análise dos aspectos afetivos da língua.

  • Os autores procuram descrever e interpretar os elementos emocionais que acompanham os textos falados e escritos.

  • Na canção que iremos ouvir, o fonema /r/ sugere o som do roer dos ratos.


Estil stica f nica ode aos ratos

Estilística Fônica: Ode aos ratos

...Rato que rói a roupaQue rói a rapa do rei do morroQue rói a roda do carroQue rói o carro, que rói o ferroQue rói o barro, rói o morroRato que rói o ratoRa-rato, ra-ratoRoto que ri do rotoQue rói o farrapoDo esfarra-rapadoQue mete a ripa, arranca raboRato ruimRato que rói a rosaRói o riso da moçaE ruma rua arribaEm sua rota de rato.

http://www.youtube.com/watch?v=_UUm3azsbLs -


Exerc cio

Exercício

  • 1) "A máquina do papai batia tac-tac... tac-tac-tac... O relógio acordou em tin-dlen sem poeira. O silêncio arrastou-se zzzzzz. O guarda-roupa dizia o quê? roupa-roupa-roupa. Não, não. Entre o relógio, a máquina e o silêncio havia uma orelha à escuta, grande, cor-de-rosa e morta. Os três sons estavam ligados pela luz do dia e pelo ranger das folhinhas da árvore que se esfregavam umas nas outras radiantes.”  (Clarice Lispector – Perto do coração selvagem )

    O texto de Clarice se utiliza de diversas formas de recursos de expressividade, o item que estilisticamente predomina no fragmento posto em nossa avaliação é:

  • a) estilística da palavra

  • b) estilística fônica

  • c) estilística sintática

  • d) estilística da frase

  • e) estilística léxica


Analise o texto

Analise o texto:


Interpreta o textual

  • O texto publicitário além de passar uma mensagem a alguém busca despertar a atenção. O recurso escolhido para a propaganda foi:

  • a)a estilística sintática, pois toda a frase é percebida como um todo não possuindo nenhum apelo diferenciado aos seus elementos.

  • b) a estilística fônica uma vez que o som da palavra leva o leitor a uma sensação de prazer que chega até a esquecer o teor apolítico da revista.

  • c) a estilística léxica em que utilizando o recurso da paranomásia há o reforço do discurso de que se necessite ler a revista.

  • d)a marca visual da revista, em que o leitor não reconhece a palavra escrita, mas sim o nome do periódico, causando assim problemas de leitura.

  • e) a construção léxica do texto que ao escrever errado o nome da revista, chamou a atenção de vários compradores.


  • Login