Sum rio da discuss o
Download
1 / 31

Sumário da Discussão - PowerPoint PPT Presentation


  • 83 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Sumário da Discussão. A Atitude Científica As Concepções de Ciência A Ciência na História Classificações de Ciência Cenas dos Próximos Capítulos. Introdução. Vimos que existem diversos tipos de conhecimento, e discutimos suas diferenças e semelhanças.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha

Download Presentation

Sumário da Discussão

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Sumário da Discussão

  • A Atitude Científica

  • As Concepções de Ciência

  • A Ciência na História

  • Classificações de Ciência

  • Cenas dos Próximos Capítulos


Introdução

  • Vimos que existem diversos tipos de conhecimento, e discutimos suas diferenças e semelhanças.

  • Estudamos o que faz o Conhecimento Científico diferente...

  • Agora vamos olhar para a Ciência

    • O que é Ciência?

    • Que tipos de Ciência temos? O que as fazem semelhantes, apesar de tão diferentes?


A Atitude Científica

  • A ciência desconfia da veracidade das nossas certezas!

  • Vê o mundo através de problemas e obstáculos.

  • Relembrando... O Conhecimento Científico...

    • É Objetivo – busca estruturas universais

    • É Quantitativo – busca medidas e padrões.

    • É Homogêneo – busca leis gerais de funcionamento.

    • É Generalizador – reúne coisas percebidas como diferentes sob leis semelhantes.


A Atitude Científica... II

  • Ainda sobre o conhecimento Científico...

    • É diferenciador – pois pode separar coisas aparentemente semelhantes.

    • Só estabelece relações causais depois de estudar a natureza dos fatos e estabelecer relações com outros.

    • Procura apresentar explicações racionais, simples e claras para os fatos “incríveis” que encontramos.

    • É diferente da magia.

    • Afirma que o conhecimento liberta.

    • Procura renovar-se e modificar-se continuamente.


Os Fatos Científicos

  • São construídos pela investigação científica.

    • Investigação é baseada em métodos que possibilitam:

      • Separar o objetivo do subjetivo;

      • Construir o fenômeno de maneira controlável e verificável.

      • Demonstrar e provar os resultados obtidos.

      • Relacionar um fato com outros

      • Formular uma teoria geral sobre o conjunto de fenômenos e fatos investigados.


Baseada em Pesquisas;

Exige que teorias sejam coerentes

Teorias Verdadeiras.

Baseado na tradição e nos hábitos.

Não é necessariamente coerente...

Utilitário e imediatista.

Ciência x Senso Comum


A Teoria Científica

  • É um sistema ordenado de proposições baseados em um pequeno número de princípios.

  • Serve para descrever, explicar e prever do modo mais completo possível um conjunto de fenômenos, oferecendo suas leis.

  • Permite compreender porque fatos são semelhantes e devem ser submetidos às mesmas leis, e vice-versa.


As três principais concepções de Ciência

  • Racionalista

    • Modelo de Objetividade: Matemática!

  • Empirista

    • Medicina Grega e História Natural

  • Construtivista

    • Razão como conhecimento aproximativo.


A Concepção Racionalista

  • Dos Gregos até o fim do século XVII.

  • Representação Intelectual Universal – necessária e verdadeira, correspondendo à própria realidade.

  • Experiências são realizadas para confirmar as demonstrações teóricas.

  • “O grande livro da Natureza está escrito em caracteres matemáticos” Galileu


A Concepção Empirista

  • De Aristóteles até o final do século XIX.

  • Ciência baseia-se em observações e experimentos, que permitem estabelecer induções.

  • Experiência como produtora de conhecimentos.

  • Métodos experimentais rigorosos.


Racionalismo x Empirismo

  • Mesmo pressuposto – Ciência era uma explicação verdadeira da realidade.

  • Racionalismo: Hipotético-Dedutivo.

  • Empirismo: Hipotético-Indutivo.

    (Mais sobre indução e dedução nas próximas aulas...)


A Concepção Construtivista

  • Começou no século XX.

  • Ciência como uma construção de modelos explicativos da realidade.

  • A idéia é da verdade aproximada, que pode ser estendida e corrigida.

  • Combina aspectos do Empirismo e do Racionalismo.


A Concepção Construtivista II

  • O seu ideal de cientificidade exige...

    • Coerência entre os princípios da teoria;

    • Modelos construídos com base na observação e na experimentação,

    • Resultados que possam alterar os princípios da teoria, corrigindo-a quando for necessário.


Alguns Conceitos de Ciência

  • Acumulação de Conceitos Sistemáticos.

  • Atividade que demonstra a verdade dos fatos experimentais e suas aplicações práticas.

  • Conhecimento Certo do Real pelas suas causas.

  • Conjunto de Enunciados Lógica e Dedutivamente justificados por outros enunciados.

  • Corpo de conhecimentos consistindo em percepções, experiências, fatos certos e seguros.


Alguns Conceitos de Ciência II

  • De Ander- Egg

    • Conjunto de Conhecimentos racionais, certos ou prováveis, obtidos metodicamente sistematizados e verificáveis que se referem a objetos de uma mesma natureza.

  • De Trujillo

    • A Ciência é todo um conjunto de atitudes e atividades racionais, dirigidas ao sistemático conhecimento com objeto limitado, capaz de ser submetido à verificação.


Visão Geral dos Conceitos

  • Ciência como pensamento racional, objetivo, lógico, confiável e falível!

  • Metodologia que determina a possibilidade de experimentação.

  • Assim... Uma ciência é reconhecida por 3 critérios:

    • Confiabilidade em seu corpo de conhecimentos.

    • Sua organização.

    • Seu método.


Natureza da Ciência

  • Duas acepções:

    • Latu Sensu – conhecimento;

    • Stricto Sensu – conhecimento demonstrável.

  • A limitação de nossa mente exige a fragmentação do conhecimento  pluralidade das ciências!

  • Duas dimensões: compreensiva (contexto) e metodológica (operacional – abrangendo aspectos lógicos e técnicos).


Componentes da Ciência

  • Todas as ciências possuem:

    • Objetivo ou finalidade – distinguir as leis que regem determinados fenômenos.

    • Função

    • Objetos, que se subdividem em:

      • Material – o que se pretende estudar;

      • Formal – o enfoque especial, necessário em face das várias ciências que possam possuir o mesmo objeto material.


Ciência Antiga x Ciência Moderna

  • A Ciência Antiga:

    • É baseada nas qualidades percebidas dos corpos;

    • É baseada em distinções qualitativas do espaço;

    • É baseada na metafísica da identidade e da mudança;

    • Natureza como uma hierarquia em que os seres possuem um lugar de acordo com sua perfeição.


Ciência Antiga x Ciência Moderna

  • Já na ciência moderna...

    • O espaço é homogêneo;

    • Os objetos físicos sob investigação são isentos de suas qualidades sensoriais;

    • Movimento deixa de ser uma alteração dos corpos para ser um deslocamento;

    • Natureza é um complexo de corpos e suas relações.


E mais diferenças...

  • A Ciência Antiga era contemplativa.

  • Técnica como forma menor de conhecimento;

  • Já na ciência moderna...

    • “Saber é Poder” – Bacon

    • “A Ciência deve tornar-nos senhores da natureza” – René Descartes.

    • Emprego da Técnica para realizar Tecnologia.


As Mudanças Científicas

  • Duas grandes mudanças

    • Passagem do racionalismo/empirismo para o construtivismo;

    • Passagem da ciência teorética, qualitativa para uma ciência tecnológica, quantitativa.

  • A idéia era que as mudanças indicavam a evolução (e progresso) do conhecimento humano.


Mas...

  • Elaborações científicas e ideais de cientificidade são diferentes... E descontínuos!

    • Ex. Geometria Clássica x Geometria Euclideana

    • Física de Newton e de Einstein

    • Genética de Mendel e da Bioquímica.

  • A questão está nas várias maneiras de construir os objetos científicos!


Revoluções Científicas

  • Idéia da Ruptura Epistemológica novas teorias, métodos e tecnologias.

  • Revolução Científica definida por Kuhn.

  • Ciência caminha por saltos!

  • Aplicação da Tecnologia nos dá esta impressão de progresso!


Falsificação e Revolução

  • Verdade como coerência interna entre os conceitos.

  • Falso – perda de coerência da teoria.

  • De acordo com Popper, uma teoria é boa, quanto mais estiver aberta a novos fatos. Então uma teoria é medida por sua falseabilidade.

  • Ciência guiada pelo Verdadeiro.


Classificação e Divisão da Ciência

  • A complexidade do universo levou ao surgimento de diversos ramos da Ciência.

  • É necessário classificá-las, quer seja por sua complexidade, por seu conteúdo, por objeto, diferenças ou metodologias.

  • Algumas classificações:

    • Comte,

    • Carnap

    • Bunge


Uma outra classificação

  • Primeira classificação foi a de Aristóteles:

    • Ausência ou presença de ação humana nos seres investigados.

    • Imutabilidade ou Movimento.

    • Modalidade Prática – ciências que estudam a Práxis.

  • Mantida até o século XVII, quando os conhecimentos se separaram em filosóficos, científicos e técnicos.


Classificação de Comte

  • De acordo com a complexidade.

  • Variações...

    • Matemáticas Teóricas: Aritmética, Geometria, Álgebra

      Aplicadas: Mecânica, Astronomia

    • Físico- Químicas Física, Química, Mineralogia, Geologia, Geografia Física

    • Morais Psicológicas Psicologica, lògica, Estética, Moral

      Históricas História Geografia Humana, Arqueologia

      Sociais e Políticas Sociologia, Direito, Economia,

      Política

    • Meta-Físicas Cosmologia, Teologia

Ciências


Classificação de Carnap

  • Duas Categorias de Ciência:

    • Ciências Formais: a verdade depende somente de sua estrutura lógica

    • Ciências Factuais: contém enunciados que dependem não somente de seus termos, mas também dos fatos a que se referem.


Lógica

Matemática

Formal

Física

Química

Biologia

Psicologia Individual

Natural

Ciência

Factual

Psicologia Social

Sociologia

Economia

Política

Cultural

Classificação de Bunge


Cenas dos Próximos Capítulos

  • Vimos...

    • Que a atitude científica procura identificar problemas onde o senso comum vê.

    • As principais concepções de Ciência.

    • E suas classificações

  • Veremos

    • Os Tipos de Ciências

    • O Lugar da Computação neste Panorama...


ad
  • Login