Res duos
Download
1 / 26

Resíduos - PowerPoint PPT Presentation


  • 141 Views
  • Uploaded on

Resíduos. O que são Resíduos?. Resíduos são quaisquer substância ou objecto de que o detentor se desfaz ou tem intenção ou obrigação de se desfazer. Existem resíduos perigosos e não perigosos.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' Resíduos' - carver


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

O que s o res duos
O que são Resíduos?

  • Resíduos são quaisquer substância ou objecto de que o detentor se desfaz ou tem intenção ou obrigação de se desfazer.

  • Existem resíduos perigosos e não perigosos

São todos aqueles que apresentam na sua constituição substâncias prejudiciais, representado um perigo imediato ou temporário para a saúde ou para o ambiente.


Há vários tipos de resíduos, tais como:

Resíduos industriais (RI);

Resíduos hospitalares (RH);

Resíduos agrícolas (RA);

Resíduos sólidos urbanos (RSU);


Res duos industriais ri
Resíduos industriais (RI)

  • Os resíduos industriais incluem o lixo proveniente da actividade industrial e das actividades de produção e distribuição de electricidade, gás e água.


Res duos hospitalares rh
Resíduos hospitalares (RH)

  • Os resíduos hospitalares constituem o lixo produzido em unidades de prestação de cuidados de saúde, incluindo as actividades médicas de diagnóstico, prevenção e tratamento da doença em seres humanos ou em animais.


Res duos agr colas ra
Resíduos agrícolas (RA)

  • Os resíduos agrícolas são os objectos e materiais que foram utilizados na exploração ou resultantes de actividades agrícolas, florestais, agro-industriais e pecuárias.


Res duos s lidos urbanos rsu
Resíduos sólidos urbanos (RSU)

  • Os resíduos sólidos urbanos representam o lixo doméstico (de casas, restaurantes, escritórios e outros estabelecimentos) que é produzido pela sociedade de consumo.


  • No passado, a maioria dos objectos utilizados pelo Homem era de origem animal ou vegetal e decompunha-se naturalmente, mas hoje já não é assim o potencial tecnológico e científico desenvolvido permitiu o fabrico de uma enorme variedade de novos materiais.

    A matéria orgânica, o papel, o cartão, o plástico, o metal e o vidro são os materiais mais significativos que estão presentes na composição dos resíduos sólidos urbanos.


  • Em Portugal, verifica-se uma elevada produção de resíduos sólidos urbanos.

    Diariamente cada cidadão produz cerca de 1,3 kg de resíduos.

    A produção de grandes quantidades de resíduos e a sua deposição e eliminação em condições inadequadas podem provocar graves problemas ambientais e de saúde pública.


Onde se deve colocar os res duos
Onde se deve colocar os resíduos? sólidos urbanos.

  • Em Portugal, até relativamente pouco tempo, milhares de toneladas de resíduos eram encaminhados e depositados em terrenos amplos e abandonados - as lixeiras.


O que s o lixeiras
O que são Lixeiras? sólidos urbanos.

As lixeiras são depósitos não controlados de lixo, que provocam a contaminação do solo, dos rios e das águas subterrâneas, a libertação de gases e de odores desagradáveis e a proliferação de organismos prejudiciais à saúde pública.

Estes aspectos estão relacionados com:

a inexistência de impermeabilizações do terreno;

a ausência de tratamento das águas lixiviantes (água da chuva que em contacto com os resíduos fica poluída), produzidas durante a biodegradação dos resíduos orgânicos;


A libertação de gases para a atmosfera, os quais contribuem para o efeito de estufa ou, no caso de ficarem retidos, podem ocasionar incêndios.

As lixeiras constituem um risco para a saúde pública e para a degradação da paisagem e da Natureza.

As lixeiras municipais foram progressivamente encerradas em todo o país e a sua erradicação concretizou-se em 2002.

Actualmente as lixeiras são substituídas por sistemas integrados intermunicipais ou multimunicipais de tratamento, valorização e eliminação final de resíduos constituídos por:

- aterros sanitários;

- unidades de incineração;

- centrais de compostagem;

- estações de tratamento de águas residuais (ETAR) e centros de recolha selectiva.


Aterro sanit rio
Aterro Sanitário quais contribuem para o efeito de estufa ou, no caso de ficarem retidos, podem ocasionar incêndios.

  • Aterro sanitário são instalações de eliminação, utilizadas para a deposição controlada de resíduos acima ou abaixo do solo.


  • Quando o aterro sanitário está esgotado (cheio) o aterro é selado, recobrindo-se com camadas de terra de 1 metro a 1,5 metros de espessura.

  • A área que era ocupada pelo aterro fica interdita à construção, normalmente é ocupada por zonas verdes, (campos de jogos e jardins públicos).


Unidades de incinera o
Unidades de incineração aterro é selado, recobrindo-se com camadas de terra de 1 metro a 1,5 metros de espessura.

A incineração consiste na queimada de resíduos, com ou sem recuperação de energia, em fornos específicos, em condições controladas de temperatura e oxigénio, salvaguardando a combustão completa.

A emissão de gases é controlada para diminuir a poluição atmosférica.


Centrais de compostagem
Centrais de compostagem aterro é selado, recobrindo-se com camadas de terra de 1 metro a 1,5 metros de espessura.

  • A compostagem é o processo biológico de decomposição, na presença de oxigénio, da matéria orgânica dos resíduos empilhados, por acção de bactérias e fungos, produzindo uma substância humica designada composto.


ETAR aterro é selado, recobrindo-se com camadas de terra de 1 metro a 1,5 metros de espessura.

  • A ETAR é uma estação de tratamento de águas residuais (esgotos) provenientes de actividades produzidas nos aterros.


O tratamento das águas residuais inclui processos: aterro é selado, recobrindo-se com camadas de terra de 1 metro a 1,5 metros de espessura.

- físicos, em que são afectadas apenas operações físicas, com filtração de partículas sólidas;

- químicos, onde são utilizados produtos químicos;

- biológicos, que são caracterizados pela utilização de microrganismos.

Após este tratamento, a água deve apresentar uma qualidade, esta água pode ser utilizada na agricultura mas geralmente, a água é lançada nos rios e mares.

A comissão Europeia propõe a aplicação da regra dos 3R- Reduzir, Reutilizar e Reciclar.


Reduzir: aterro é selado, recobrindo-se com camadas de terra de 1 metro a 1,5 metros de espessura.

Reduzir conste em diminuir o consumo e, consequentemente, a quantidade de resíduos produzidos.

Reutilizar:

Reutilizar consiste em dar novo uso a materiais já utilizados, tantas vezes quanto seja possível, antes de se produzir qualquer operação de transformação.

Reciclar:

Reciclar consiste na valorização dos resíduos em que recuperam os diferentes materiais constituintes, dando origem a novos produtos.


Símbolo internacional da reciclagem: aterro é selado, recobrindo-se com camadas de terra de 1 metro a 1,5 metros de espessura.

O símbolo da reciclagem surge com várias formas e pode significar que a embalagem é “reciclada” ou “reciclável”.


Para reciclar, é necessário evitar a mistura dos materiais recicláveis com os outros resíduos. E, como cada tipo de resíduo requer um procedimento próprio, é necessário a recolha selectiva dos resíduos.

Centros de recolha selectiva:

Existem várias formas de remoção e recuperação de materiais, a partir dos resíduos sólidos urbanos:

-Decomposição selectiva: colocação de resíduos em locais especificamente preparando para o efeito:

- Ecoponto conjunto de estruturas onde se encontram vários contentores.


Ecocentros materiais recicláveis com os outros resíduos. E, como cada tipo de resíduo requer um procedimento próprio, é necessário a recolha selectiva dos resíduos.

São parques amplos com contentores destinados a receber, separadamente, os diversos materiais de grandes dimensões, tais como monstros metálicos e não metálicos, madeiras, óleos, plásticos, resíduos verdes e entulho, que podem ser reciclados.


Centrais de triagem materiais recicláveis com os outros resíduos. E, como cada tipo de resíduo requer um procedimento próprio, é necessário a recolha selectiva dos resíduos.

Recolha selectiva

Recolha e transporte de recipientes para a triagem.

Instalações onde ocorre a separação e limpeza dos materiais. Depois de enfardados e acondicionados, são encaminhados para diversas indústriais recicladoras.


Estações de transferência materiais recicláveis com os outros resíduos. E, como cada tipo de resíduo requer um procedimento próprio, é necessário a recolha selectiva dos resíduos.

Instalações de armazenamento temporário onde os resíduos são descarregados, com o objectivo de os preparar para serem transportados para o local de valorização ou eliminação.

A reciclagem permite a preservação dos recursos naturais e a diminuição da quantidade de resíduos.

O abandono dos resíduos em locais não controlados representa perigos graves.


Protocolo de Quioto materiais recicláveis com os outros resíduos. E, como cada tipo de resíduo requer um procedimento próprio, é necessário a recolha selectiva dos resíduos.

É um tratado internacional, que requer a redução das emissões de GEE (Gases de enfeito de estufa).

Exemplo de GEE: Dióxido de Carbono


Trabalho elaborado por: materiais recicláveis com os outros resíduos. E, como cada tipo de resíduo requer um procedimento próprio, é necessário a recolha selectiva dos resíduos.

Andreia Miliciano 8ºA

Filipe Correia 8ºA


ad