Uma l ngua muitos textos variedades lingu sticas
Download
1 / 16

UMA LÍNGUA, MUITOS TEXTOS: VARIEDADES LINGUÍSTICAS - PowerPoint PPT Presentation


  • 139 Views
  • Uploaded on

UMA LÍNGUA, MUITOS TEXTOS: VARIEDADES LINGUÍSTICAS. Em um único sistema linguístico, podemos encontrar variações no modo como ele é utilizado pelos falantes. É isso que caracteriza as variações linguísticas, a diversidade no uso da língua.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' UMA LÍNGUA, MUITOS TEXTOS: VARIEDADES LINGUÍSTICAS' - beau


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
Uma l ngua muitos textos variedades lingu sticas

UMA LÍNGUA, MUITOS TEXTOS: VARIEDADES LINGUÍSTICAS


Em um único sistema linguístico, podemos encontrar variações no modo como ele é utilizado pelos falantes. É isso que caracteriza as variações linguísticas, a diversidade no uso da língua.


O uso da língua é uma das formas de expressão que as pessoas utilizam para estabelecer a comunicação com o outro: informar, entreter, convencer, divulgar, descrever, etc.

O conhecimento acerca das variedades linguísticas sociais, regionais, históricas, de registro, em outras, torna-se necessário para que a língua seja usada nas mais diversas situações comunicativas, com eficiência.


Isso significa que a variação linguística é fruto da riqueza da língua e da multiplicidade de uso e situações comunicativas construídas pelos falantes, distanciando, assim, da noção de preconceito relacionada a determinadas variantes.


FATORES QUE PODEM CAUSAR riqueza da língua e da multiplicidade de uso e situações comunicativas construídas pelos falantes, distanciando, assim, da noção de preconceito relacionada a determinadas variantes.VARIAÇÃO NO USO DA LÍNGUA

  • Faixa etária;

  • Região geográfica;

  • Gênero;

  • Situação socioeconômica;

  • Grau de escolarização;

  • Mercado de trabalho;

  • Rede social;

  • Estilo;

  • Tempo.


TEXTO 1: riqueza da língua e da multiplicidade de uso e situações comunicativas construídas pelos falantes, distanciando, assim, da noção de preconceito relacionada a determinadas variantes.

Cuitelinho

Folclore recolhido por Paulo Vanzolini e Antônio Xandó

Cheguei na bêra do porto

onde as onda se espaia

as garça dá meia volta

e senta na bêra da praia

e o cuitelinho não gosta

que o botão de rosa caia, ai, ai.

Ai quando eu vim de minha terra

despedi da parentaia

eu entrei no Mato Grosso

dei em terras paraguaia

lá tinha revolução

enfrentei fortes bataia, ai, ai.

A tua saudade corta

como aço de navaia

o coração fica aflito

bate uma, a outra faia

e os óio se enche d'água

que até a vista se atrapaia, ai, ai.

Temos aqui um bom exemplo de variação linguística que pode ser relacionada ao nível socioeconômico e ao grau de escolarização do falante. Observe os grifos feitos no texto.


TEXTO 2: riqueza da língua e da multiplicidade de uso e situações comunicativas construídas pelos falantes, distanciando, assim, da noção de preconceito relacionada a determinadas variantes.

Temos aqui um bom exemplo de variação linguística regional, com foco no modo como o mineiro fala.


TEXTO 3: riqueza da língua e da multiplicidade de uso e situações comunicativas construídas pelos falantes, distanciando, assim, da noção de preconceito relacionada a determinadas variantes.

Beija Eu

Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Arto Lindsay

“Molha eu, seca eu,

deixa que eu seja o céu

e receba o que seja seu.

Anoiteça e amanheça eu.

Beija eu, Beija eu,

beija eu, me beija.”

Temos aqui um bom exemplo de variação linguística relacionada a um estilo, à intenção comunicativa. Na letra dessa música, há a inversão no uso do pronome “eu”. Observe os grifos feitos no texto.


TEXTO 4: riqueza da língua e da multiplicidade de uso e situações comunicativas construídas pelos falantes, distanciando, assim, da noção de preconceito relacionada a determinadas variantes.

Aqui, temos claramente a variação linguística etária, ou seja, relacionada à faixa de idade do falante. Pelas pistas linguísticas, podemos perceber que se trata de uma declaração de um adolescente.

Observe os grifos feitos no texto.

Cara, tipo assim, se a festinha rolá vai ser um lance muito irado!

http://forum.jogos.uol.com.br/. Acesso: 19/09/10


TEXTO 5: riqueza da língua e da multiplicidade de uso e situações comunicativas construídas pelos falantes, distanciando, assim, da noção de preconceito relacionada a determinadas variantes.

Trecho de uma carta de amor do poeta Olavo Bilac, dirigida a uma senhora:

“Excelentíssima Senhora. Creio que esta carta não poderá absolutamente surpreendê-la. Deve ser esperada, porque V. Excia. compreendeu com certeza que, depois de tanta súplica desprezada sem piedade, eu não podia continuar a sofrer o seu desprezo. Dizem que V. Excia. me ama. Dizem, porque da boca de V. Excia. nunca me foi dado ouvir essa declaração. Como, porém, se compreende que, amando-meV. Excia. nunca tivesse para mim a menor palavra afetuosa, o mais insignificante carinho, o mais simples olhar comovido? Inúmeras vezes lhe pedi humildemente uma palavra de consolo. Nunca a obtive, porque V. Excia. ou ficava calada ou me respondia com uma ironia cruel. Não posso compreendê-la: perdi toda a esperança de ser amado. Separemo-nos. [...]”

Este texto, de Olavo Bilac, faz referência há um português formal, referente a uma época passada, a um outro contexto sócio-histórico, variação histórica. Veja que a “namorada” é tratada por “Excelentíssima senhora”. Observe os grifos feitos no texto.


TEXTO 6: riqueza da língua e da multiplicidade de uso e situações comunicativas construídas pelos falantes, distanciando, assim, da noção de preconceito relacionada a determinadas variantes.

“A Amazônia é considerada a maior floresta tropical do mundo. Ela tem um imenso e diversificado estoque de biodiversidades, com variadas espécies de vegetais e animais e uma reserva gigantesca de minérios, além de suportar 15% de água doce não congelada do planeta e 80% do recurso disponível em território brasileiro. Por isso, é considerada como umas das armas contra o aquecimento global, embora não seja a única. No entanto, o desmatamento de milhões de quilômetros quadrados de floresta pode desregular o regime de chuvas e acentuar o aquecimento global, por causa dos gases emitidos pelas queimadas.” 

Philip Fearnside é pesquisador titular do Departamento de Ecologia do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa).

Falou à Revista Veja, em 2008 (adaptado)

http://veja.abril.com.br/. Acesso: 19/09/10.

Temos aqui um bom exemplo do português contemporâneo formal escrito. O texto tem boas escolhas lexicais, não tem problemas de concordância e etc. Está de acordo com o que se prevê para o português culto padrão.


O texto a seguir é um trecho de uma conversa por meio de um programa de computador que permite comunicação direta pela Internet em tempo real, como o MSN Messenger. Esse tipo de conversa, embora escrita, apresenta muitas características da linguagem falada, segundo alguns linguistas. Uma delas é a interação ao vivo e imediata, que permite ao interlocutor conhecer, quase instantaneamente, a reação do outro, por meio de suas respostas e dos famosos emoticons (que podem ser definidos como "ícones que demonstram emoção").

João diz: oiPedro diz: blz?João diz: na paz e vc?Pedro diz: tudo trank :-)João diz: oq vc ta fazendo? [...]Pedro diz: tenho q sair agora...João diz: flwPedro diz: vlw, abc

Para que a comunicação, como no MSN Messenger se dê em tempo real, é necessário que a escrita das informações seja rápida, o que é feito por meio de


a) frases completas, escritas cuidadosamente com acentos e letras maiúsculos (como "oq vc ta fazendo?").

b) frases curtas e simples (como "tudo trank") com abreviaturas padronizadas pelo uso (como "vc" - você - "vlw" - valeu!).

c) uso de reticências no final da frase, para que não se tenha que escrever o resto da informação.

d) estruturas coordenadas, como "na paz e vc".

e) flexão verbal rica e substituição de dígrafos consonantais por consoantes simples ("qu" por "k").


Grã-fina pega 24 anos de cadeia letras maiúsculos (como "

Tribunal de júri não perdoa a mulher que mandou matar o marido industrial

C.V. foi condenada a 24 anos de cadeia, pelo 1º Tribunal do Júri. Ela foi considerada culpada de mandar matar o marido, R.A, um conhecido industrial paulista, no dia 25 de agosto de 1997 [...].

Os advogados de defesa estão tentando reduzir a pena da mulher. Ela já cumpriu dois anos e meio de xadrez. [...]

C.V. contratou P.S., o “Alemão”, seu amante, e J.P. Eles foram pra casa [...]. Renderam A e os filhos M. e H. E ficaram esperando o empresário, que foi espancado e morto. Eles levaram uns objetos, para parecer roubo. Mas pisaram na bola.

No final do roubo, eles se despediram da grã-fina na base do abraço. Só que um dos filhos, H., estava de olho na cena. Quando a polícia chegou para investigar o crime, ele entregou a mãe.


Sobre esse texto, podemos afirmar que: letras maiúsculos (como "

I. está redigido estritamente de acordo com as normas da língua culta escrita, como é próprio da linguagem jornalística.

II. faz uso de certas palavras ou expressões típicas do meio rural brasileiro.

III. o redator escolhe certas formas de expressão típicas da linguagem oral usada pelas camadas populares do meio urbano brasileiro.

É (são) correta(s):

a) apenas I.

b) apenas II.

c) apenas III.

d) apenas I e II.

e) apenas II e III.


  • Atividades: letras maiúsculos (como "

  • - Dê exemplos de gírias usadas hoje e outras da época de seus pais ou avós.

  • - Dê exemplos de vocábulos diferentes (cujo sentido é o mesmo) usados em diferentes regiões.

  • - Explique o fenômeno da variação linguística, considerando fatores como

  • Situaçãosocioeconômica;

  • Grau de escolarização;

  • Mercado de trabalho;

  • Rede social.


ad