6 ano 2 bimestre 2014 artes professor juventino
Download
Skip this Video
Download Presentation
6º Ano 2º Bimestre - 2014 Artes Professor Juventino

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 34

6º Ano 2º Bimestre - 2014 Artes Professor Juventino - PowerPoint PPT Presentation


  • 92 Views
  • Uploaded on

6º Ano 2º Bimestre - 2014 Artes Professor Juventino. Contrapondo-se a Egípcia – vida pós-mortem ’. A rte grega fundamenta-se na inteligência Os governantes não eram deuses, mas seres mortais U savam a razão e o senso de justiça em prol do bem-estar de seu povo,

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '6º Ano 2º Bimestre - 2014 Artes Professor Juventino' - ziya


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
6 ano 2 bimestre 2014 artes professor juventino
6º Ano

2º Bimestre - 2014

Artes

Professor Juventino

slide2
Contrapondo-se a Egípcia – vida pós-mortem’.
  • Arte grega fundamenta-se na inteligência
  • Os governantes não eram deuses, mas seres mortais
  • Usavam a razão e o senso de justiça em prol do bem-estar de seu povo,
  • Com esses princípios nascia ali a democracia, mais um de seus grandes legados à humanidade.
slide3
A arte grega tem como temática o gozo da vida presente.
  • Suas manifestações artísticas retratam o prazer pela vida e pela natureza, uma vez que seus artistas observam-na em todos os seus ângulos.
  • Cria uma arte de inigualável elaboração intelectual, em que predominam o equilíbrio, o ritmo e a harmonia ideal, sempre buscando
  • a perfeição.
slide4
O século V a.C. foi considerado o mais profícuo da cultura grega. É denominado o “Século de Péricles”.
  • É sabido que a arte é o reflexo de sua sociedade e de seu tempo, e seguindo então a máxima do grande filósofo grego Protágoras, que afirmava “ser o homem, a medida de todas as coisas”, assim fez a arte grega:
  • o homem passou a ser o tema principal de suas obras.
slide5
Particularmente na escultura, a beleza do corpo foi exaltada e com um nível de excelência sem paralelo nos períodos que a sucederam.
  • Os gregos foram os primeiros a introduzir o nu na arte.
  • Buscando a perfeição do corpo, talhavam a pedra inspirados nos modelos dos corpos atléticos de seus jovens.
slide6
Paralelamente ao culto do corpo, os gregos cultivavam a mente;
  • isso é demonstrado no debate intelectual e na literatura de seus pensadores,
  • que usaram uma linha de investigação racional e questionavam também o estado de coisas.
  • Discernimento
slide7
Com isso, criaram

as bases para uma

sociedade de artistas

e intelectuais autônomos

e extremamente criativos.

arquitetura
Arquitetura
  • As mais significativas edificações da arquitetura grega foram os templos.
  • A característica mais evidente dos templos gregos é a simetria entre o pórtico de entrada e o dos fundos.
  • O templo era construído sobre uma base de três degraus (estereóbata).
  • As colunas e o entablamento que eram construídos diferiam entre si, segundo os modelos da ordem dórica, jônica e coríntia.
estilos a rquitet nicos
Estilos Arquitetônicos
  • Ordem Dórica• – A mais antiga e a mais simples de todas as três, emprestava ao conjunto arquitetônico uma ideia de solidez e imponência.
  • Ordem Jônica• – A coluna apresentava o fuste mais delgado e não se assentava diretamente sobre o estilóbato, mas sobre uma base decorada, dando-lhe graça e leveza.
  • A ordem dórica traduz a forma do homem e a ordem jônica traduz a forma da mulher.
  • Ordem Coríntia– Difere das anteriores, particularmente, pelo fato de seu capitel sugerir mais luxo e ostentação.
monumentos
Monumentos
  • Templos: o mais importante é o Partenon de Atenas.
  • Na Acrópole, também, se encontram as cariátides, homenageavam as mulheres de Cária.
teatros
Teatros
  • Eram construídos em lugares abertos (encosta).
  • Epidauro, construído, no século IV a.C., composto por 55 degraus divididos em duas ordens e calculados de acordo com uma inclinação perfeita.
  • Acomodava cerca de 14.000 espectadores e tornou-se famoso por sua acústica perfeita.
slide19
Ginásios: edifícios destinados à cultura física.
  • Praça: ágora onde os gregos se reuniam para discutir os mais variados assuntos, entre eles filosofia.
pintura
Pintura
  • A pintura grega iniciou-se, como em outras civilizações, como ornamento da arquitetura, mas não foi aí que ela ganhou destaque.
  • Em seus vasos, registraram cenas de seu cotidiano e da mitologia grega, através de, inicialmente, figuras humanas pretas, em forma de silhuetas, sobre fundo vermelho do barro cozido.
slide24
Os vasos gregos são conhecidos não só por sua beleza, mas pelo equilíbrio de sua forma, pela composição harmoniosa das figuras e cores utilizadas em sua ornamentação.
escultura
Escultura
  • A estatuária grega representa um nível de excelência jamais atingido pelo homem em outros tempos, particularmente na sua representação antropomórfica. (características, aspectos humanos a Deus.)
  • Além de representarem a forma humana com perfeição, essas esculturas apresentavam equilíbrio e movimento.
slide27
Muito embora, poucas esculturas gregas tenham sobrevivido ao tempo, documentam de maneira inequívoca a habilidade do artista grego.
  • Muitas das obras chegaram até nós através dos romanos, que as reproduziram.
slide28
Surge o nu feminino pois, no período arcaico, as figuras de mulher eram esculpidas sempre vestidas.
  • O nu foi uma das grandes inovações dos gregos para a arte.
per odo helen stico
Período Helenístico
  • Último momento da arte grega, que se iniciou antes do fim do século IV a.C. (em 323 a.C.), notamos uma crescente tendência ao naturalismo: a representação de figuras humanas não se atinha apenas à idade e à personalidade, mas tentava traduzir suas emoções e seu estado de espírito naquele momento. (Romano)
slide32
Outra característica do período helenístico foi a representação não de uma figura humana apenas,
  • mas, também, de conjuntos escultóricos compostos de diversas figuras humanas que sugeriam ação e movimento,
  • apresentando beleza por todos os ângulos em que fosse observado.
ad