slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
VIII Congresso Brasileiro de Bioética Consenso em Bioética Princípio Responsabilidade de Hans Jonas Búzios , 25 de PowerPoint Presentation
Download Presentation
VIII Congresso Brasileiro de Bioética Consenso em Bioética Princípio Responsabilidade de Hans Jonas Búzios , 25 de

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 27

VIII Congresso Brasileiro de Bioética Consenso em Bioética Princípio Responsabilidade de Hans Jonas Búzios , 25 de - PowerPoint PPT Presentation


  • 109 Views
  • Uploaded on

VIII Congresso Brasileiro de Bioética Consenso em Bioética Princípio Responsabilidade de Hans Jonas Búzios , 25 de Setembro de 2009. Antropocentrismo ético.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'VIII Congresso Brasileiro de Bioética Consenso em Bioética Princípio Responsabilidade de Hans Jonas Búzios , 25 de' - zeke


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1
VIII Congresso Brasileiro de Bioética

Consenso em Bioética

Princípio Responsabilidade de Hans Jonas

Búzios , 25 de Setembro de 2009

antropocentrismo tico
Antropocentrismo ético
  • “Toda ética tradicional contava unicamente com comportamentos não-acumulativos(...)E se o novo modo de ação humana evidenciar que é preciso considerar mais coisas além do interesse do homem,que nosso dever é muito maior e que deixaram de ser válidos os limites antropocêntricos de toda ética anterior?”
  • Jonas,H.”Princípio Responsabilidade”
subjetivismo tico
Subjetivismoético
  • As trêsperguntaskantianas
  • O quedevofazer?
  • O que me é lícitoesperar de minhasações?
  • O que é o homem?
princ pio responsabilidade
Princípio Responsabilidade
  • ÉTICAS TRADICIONAIS :
  • Antropocêntrica
  • Imutabilidade do homem e da natureza
  • Alcance imediato
  • “Age de tal maneira que os efeitos de tua ação sejam compatíveis com a permanência de uma vida humana autêntica” Jonas,H.
slide5

IMPERATIVO TECNOLÓGICO E A ÉTICA DA RESPONSABILIDADE

  • INTERAÇÃO CIÊNCIA,TÉCNICA E PODER
  • - Oppenheimer e o Projeto Manhattan
  • - Ecologia da ação de E. Morin.
  • - Diálogo homem-natureza de I. Prigogine
o futuro que nos espera
O futuro que nos espera
  • “Para solucionar com êxito os problemas globais,precisamos criar novos modelos de pensamento,elaborar uma nova moral e uma nova escala de valores e,sem dúvida alguma,novas normas de comportamento(...)nos fazem falta novos conceitos sociais,morais,científicos e ecológicos que deveriam determinar as novas condições de vida do homem atual e o do futuro”
  • Comisión Mundial delMedio Ambiente y delDesarrollo “Nuestro futuro común”
slide7
Sensataspalavras de um cientista(pronunciadasmuito antes daconstatação do aquecimento global do planeta)
  • “A vidanãodánemempresta;não se comovenem se apieda…Tudoquantoelafaz é retribuir e transferirtudoaquiloquenóslheoferecemos.”
  • Einstein,A. “Escritosdamaturidade”
slide8

“Quanto mais estudamos os principais problemas de nossa

época,mais somos levados a perceber que eles não podem ser entendidos isoladamente” Capra,F. “A teia da vida”

mudan a de paradigma
Antropocêntrico

Expansão

Competição

Quantitativo

Dominação

Metáfora do edifício

Ecocêntrico

Conservação

Cooperação

Qualitativo

Integração

Metáfora da rede

Mudança de paradigma
tica e tecnoci ncia

Ética e tecnociência

“Ciência e tecnologia triunfaram e fracassaram ao mesmo tempo;triunfaram materialmente e fracassaram moralmente.”

A.J.Wojciechowski

slide11
Sensataspalavras de um dramaturgo(pronunciadasmuito antes do anúncio das pesquisasparaobtenção de espermatozóidesfemininos)
  • “Talvez,com o tempo,descubraistudoaquiloque se podedescobrir,econtudo,ovossoprogressonãoserámaisque do queumaprogressão,deixando a humanidadesemprecadavezmaisparatrás.Adistância entre vós e elapode,umdia,tornar-se tãoprofundaque o vossogrito de triunfodiante de alguma nova conquistapoderárecebercomoresposta um grito universal de pavor.”
  • B.Brecht “A vida de Galileu”
responsabilidade moral

Responsabilidade moral

“Responsabilidade moral consiste em querer e poder responder pelas consequências das decisões que se toma.”

Max Weber-”A ética protestante e o espírito do capitalismo.”

imperativo da responsabilidade

Imperativo da responsabilidade

“Em conseqüência da escalada inevitavelmente utópica da técnica moderna(...)e o raio de alcance do nosso poder,faz-se necessário, em nome dessa mesma responsabilidade ,uma nova espécie de humildade(...)Em face das potencialidades para-escatológicas de nossos processos tecnológicos,a ignorância das implicações últimas torna-se,ela própria,razão para que se faça uso de comedimento responsável.”

Jonas,H.”Princípio Responsabilidade “

slide14

Bioética e responsabilidade

“ Em conclusão, peço-lhes que pensem a Bioética como uma nova ética da ciência que combine a humildade, a responsabilidade e a competência, que seja interdisciplinar e intercultural e que faça prevalecer o verdadeiro sentido de humanidade”.

Potter,VR. “Bioética Puente,Bioética Global y Bioética Profunda”

slide15

“Deve-se considerar no discurso o que está oculto,dissimulado no horizonte da prática dialética” Foucault,M.

assimetria discursiva
Assimetria discursiva
  • “Após o descongelamento,são fecundados por meio da ICSI(...)conseguimos recuperar de 80% a 90% dos óvulos e,desses,70% a 75% vão formar embriões”
  • Abdelmassih,R. Folha de São Paulo,20 de Março de 2005
reducionismo cient fico
Reducionismocientífico
  • “Somos o produto de nossosgenes.Ninguém tem o direito de tomarconta de nósou de nosimporregrassobrecomoagir,excetonósmesmos.”
  • J.WatsonConferência Mundial de Ciênciasda Vida,2003
arrog ncia do saber

Arrogância do saber

“Não há nada de errado com a idéia de uma seleção de características mais ou menos desejáveis no bebês por parte dos pais.”

James Watson,2007

limites ticos e biotecnoci ncia
Limites éticos e biotecnociência
  • “A sabedoria nos impõe ir mais profundamente examinar previamente o uso eventual de algumas habilidades antes que sejam colocadas em prática(...)Objetá-las não é nada diante da gravidade das questões éticas que se colocam em relação à consecução dessas investigações”
  • Jonas,H. “Técnica,medicina y ética”
sobre o saber fazer biotecnocient fico
Sobre o saber-fazer biotecnocientífico
  • “A dimensão racional-operacional do saber-fazer biotecnocientífico aponta para a possibilidade de transformar a qualidade de vida de um número crescente de indivíduos e populações humanas,assim como para a de transformar,de forma irreversível,a “natureza”(ou essência) dos sistemas vivos não-humanos e de seus ambientes,que,por sua vez,retroagem sobre as condições de vida dos humanos”
  • Schramm,F.R. “Eugenia,eugenética e o espectro do eugenismo”Bioética,v.5,n.2,1997,203-220
modera o justificada
Moderaçãojustificada
  • “O pensamentopós-metafísicodeveimpor a sipróprioumamoderação,quando se trata de tomarposiçõesdefinitivasemrelação a questõessubstanciaissobre a vida boa ounão-fracassada.”
  • Habermas,J. “O futurodanaturezahumana”
heur stica do temor
Heurística do temor
  • “ Precisamente porque,paradoxalmente,a única certeza nas mãos do homem é constituída pelo saber-se incapaz de prever os efeitos a longo prazo de seu poder desmedido,o futuro aparece para Jonas como a dimensão mais típica da responsabilidade”
  • Mancini,R. “Éticas da mundialidade”
sobre o consenso democr tico
Sobre o consenso democrático
  • “Diante da urgência de sair da atual condição de irresponsabilidade,Jonas julga secundária a questão de como obter um consenso democrático e majoritário para as medidas necessárias de autolimitação no uso da tecnologia e no aproveitamento dos recursos planetários”
  • Mancini,R. “Éticas da mundialidade”
slide24

“Nenhuma prática discursiva ou pedagógica

é verdadeiramente libertadora”

Foucault,M. “A arqueologia do saber”

slide25

CARTA DE DEVERES DA HUMANIDADE

As possíveis modalidades de uma cidadania planetária autêntica, num universo complexo e incerto devem ser sugeridas levando-se em conta sempre:

  • Prudência
  • Vigilância
  • Tolerância
  • Abertura para o futuro
  • Rita Levi Montalcini “Uma Ética para quantos?”
teoria da complexidade

Teoria da complexidade

“(...)portanto,o desafio do conhecimento hoje é o de percebê-lo complexo e tem como pressuposto a possibilidade de oferecer articulações aos despedaçados cortes entre disciplinas,entre categorias cognitivas e entre diferentes tipos de conhecimentos.”

E.Morin- Para sair do século XX

evangelho dos homens perdidos

Evangelho dos homens perdidos

“Eis a péssima notícia:estamos perdidos,

irremediavelmente perdidos.Se há um evangelho,ou seja,uma boa notícia,deve partir da má.Estamos perdidos,mas temos um teto,uma casa ,uma pátria...É nossa pátria,o lugar de nossa comunidade de destino de vida e de morte...O evangelho dos homens perdidos nos diz:devemos ser irmãos,não porque seremos salvos,mas porque estamos perdidos”

Morin,E. Kern,B. “Terra Pátria”