economia internacional n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
ECONOMIA INTERNACIONAL PowerPoint Presentation
Download Presentation
ECONOMIA INTERNACIONAL

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 24

ECONOMIA INTERNACIONAL - PowerPoint PPT Presentation


  • 85 Views
  • Uploaded on

ECONOMIA INTERNACIONAL. Globalização e Internacionalização. Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’. ECONOMIA INTERNACIONAL GLOBALIZAÇÃO. Unificação ou integração dos mercados em escala mundial. Aumento da interdependência entre nações.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'ECONOMIA INTERNACIONAL' - yves


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
economia internacional
ECONOMIA INTERNACIONAL

Globalização e Internacionalização

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO
  • Unificação ou integração dos mercados em escala mundial.
  • Aumento da interdependência entre nações.
  • Costuma-se dizer que estamos em uma era em que a maior parte da vida social é determinada por processos globais, em que as culturas, economias e fronteiras estão se dissolvendo.
  • Fenômeno antigo ( compartilhado com todas as civilizações
  • Continuidade do processo de expansão do modo produtivo capitalista.
  • Ocidentalização do mundo ( ideologia econômico liberal.

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o1
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

Econômicas

Multipliplas

dimensões

Políticas

Múltiplas

Dimensões

Atenção aos elementos de descontinuidade

Sociais

Culturais

Históricas

Científicas

tecnológicas

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o2
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

Cartográficas/ Geopolíticas (Hong Kong, Cingapura, etc)

Tudo se move Blocos e Alianças estratégicas

(causas) Polarizações Ideológicas

Interpretações Científicas

  • A mundialização dos mercados de produção, ou força produtiva, tanto provoca a busca de mão de obra barata (força) em todos os cantos do mundo como promove as migrações em todas as direções.

II. A medida que se desenvolve a globalização, expande-se a fábrica global e novas questões sociais revelam o nicho ecológico de todo o mundo. Muitos são os que passam a reconhecer que o céu e a terra, a água, o ar, a fauna, a flora, os recursos minerais e a camada de ozônio, tudo isso diz respeito a todos, “ aos que sabem e aos que não sabem”

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o3
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

Fases da globalização desde o início da década de1800

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o4
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

Globalização Principais aspectos positivos

  • Aumento dos fluxos comerciais
  • Mudanças nos processos produtivos
  • Aumento dos fluxos de Investimento Direto Estrangeiro – IED/IBD
  • Aumento dos fluxos financeiros e o surgimento de novos instrumentos nos mercados financeiros.

Comercial

Produtiva

Investimentos ( IED/ IBD)

Financeira

Globalização

(faces)

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o5
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

I - GLOBALIZAÇÃO COMERCIAL

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o6
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

I - COMERCIAL

  • Aumento do fluxo comercial mundial

Comércio Mundial de Mercadorias em US$

FATORES QUE CONTRIBUIRAM:

  • Concorrência em escala mundial.
  • Medidas liberalizantes (GATT/OMC)

Criação de barreiras técnicas, ecológicas, burocráticas, etc (excludentes)

Livre Comércio não deve ser qualquer comércio, mas sim o correto, legal e real.

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o7
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

II – GLOBALIZAÇÃO PRODUTIVA

COMPETITIVIDADE INDUSTRIAL SISTÊMICA (Capacitação e Infra-estrutura)

PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA DO PROGRESSO TÉCNICO

LEAPFROGGING TECNOLÓGICO

CONCEITO CHAVE : PRODUTIVIDADE E COMPETITIVIDADE

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o8
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

II - PRODUTIVA

  • Associada ao avanço da internacionalização da produção, ou seja, do aumento da interligação das estruturas produtivas nacionais e internacionais ( novos processos
  • Concorrência no mercado internacional
  • Estratégias

Modernização da produção por meio de mudanças na estrutura produtiva Capacidade de inovar

Processos de Gestão Empresarial (Just in Time, Reengenharia, etc)

Flexibilização das relações contratuais (terceirizações, contratos temporários, etc)

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o9
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

III – GLOBALIZAÇÃO DE INVESTIMENTOS (IED/IBD

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o10
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO
  • Um dos principais fatores que alteraram o mercado, foi o crescente e significativo fluxo de investimentos diretos estrangeiros.
  • No terreno dos investimentos e da ampliação da área de atuação geográfica das transnacionais os blocos econômicos representam verdadeiros trampolins para a estruturação de um mercado globalizado.
  • Fator relevante a ser observado é que os investidores sempre querem estar seguros quanto ao retorno dos seus investimentos.
  • No Brasil grande parcelas dos IEDs podem ser observados nos setores de Telecomunicações e no Automobilístico

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o11
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

Resultados esperados pelos IED’s :

  • Ativos (AssetSeeking) Participação em outras empresas
  • Mercados (Marketing Seeking) Novos produtos
  • Eficiência (EfficencySeeking) Especialização/ Escala
  • Recursos ( ResourceSeeking) Fatores e recurso mais baratos

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o12
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

Globalizações via IEDs :

  • Automóveis Toyota, Peugeot, Ford, GM
  • Eletroeletrônicos Sony, Phipips, LG, Sansung
  • Telefones Celulares Nokia, Motorola
  • Alimentos Nestlé,
  • Calçados – Tênis Nike, Adidas
  • Higiene e Limpeza Unilever, Colgate
  • Fast- Food Mc Donalds
  • Videolocadora Blockbuster
  • Comércio Varejista Wall Mart
economia internacional globaliza o13
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

GLOBALIZAÇÃO FINANCEIRA

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o14
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

Globalização Financeira:

  • Substituição de ativos nacionais por ativos de propriedade estrangeira (residentes e não residentes)

Intereração

Aumento dos fluxos financeiros internacionais ( Menor potencial de crescimentos dos mercados dométicos)

Aumento da concorrência no mercados de capitais internacionais ( Bolsas de Valores, BM&F, etc).

Maior integração dos sistemas financeiros nacionais (participação em títulos nacionais por estrangeiros)

Maior nível de informatização

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o15
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

O grau de mobilidade dos capitais é o elemento central

  • A crescente facilidade de transferências e a desmaterialização da moeda, reduzida à oura informação eletrônica, transmitida de maneira instânea, por rede de computadores é a característica essencial do processo de globalização financeira.

Desregulamentação

Principais fatores Desintermediação

(contribuiram) Descompartimentalização do mercado financeiro

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o16
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

Principais agentes:

  • Bancos Globais (universais)
  • Bancos de Investimento
  • Os Fundos de Investimento ( PrivateEquity)
  • Bancos Centrais
  • Sociedades Anônimas

Banco múltiplo

desempenha atividades de varejo, atacado, serviços típicos de um banco de investimento, desenvolvendo produtos de acordo com o perfil de seus clientes

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o17
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

As transações obedecem a um perfil como “rico X rico”, processo de diversificação financeira em nível internacional (especulação), do que um processo orientado para o financiamento da economia mundial.

  • Se governada a globalização é oportuna para todos. Desgovernada, a globalização é desigualdade para todos.
        • Carlos Fluentes – Escritor mexicano

O sistema financeiro internacional tem riscos específicos que configuram a instabilidade marcante desse sistema e a volatilidade dos fluxos de investimento internacionais e, como resultado as economias enfrentam o problema da vulnerabilidade externa.

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o18
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

VOLATILIDADE E VULNERABILIDADE

VULNERABILIDADE

VOLATILIDADE

Significa uma baixa capacidade de resistência das economias nacionais diante de fatores desestabilizadores ou choques externos

Manifesta-se para as economias nacionais como mudanças abruptas na quantidade e no preço do capital externo

A presença de não residentes no mercado de capitais tende a aumentar a volatilidade dos preços dos ativos.

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o19
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

Riscos inerentes à globalização Financeira ( instabilidade marcante)

  • Crédito incapacidade do devedor cumpri com suas obrigações.
  • Mercado perdas decorrentes de queda nos preços dos ativos.
  • Liquidação A contrapartida de uma operação não ocorre.
  • Liquidez falta temporária de recursos.
  • Operacional falha de controle.
  • Sistêmico o sistema tem seu funcionamento paralisado por um . evento desestabilizador grave.

“A interação entre os riscos pode levar a um risco sistêmico”

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o20
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

O Problema das Quebras dos Bancos

Um banco “quebra” quando não atende às suas obrigações para com os depositantes.

  • Quebra de confiabilidade (dimensão subjetiva) no sistema, gerando invariavelmente o “efeito pânico”.
  • Ausência de linhas de crédito, sem as quais uma economia capitalista não pode funcionar.
  • O crescimento principalmemnte dos investidores institucionais permitiu o aprofundamento do mercado com uma lógica especulativa (Fundos de Pensão, Companhias de Seguro, Fundos Mútuos, etc)
  • Fuga de capitais estrangeiros de curto prazo, provocando efeitos desestabilizados às economias.
  • Necessidade da intervenção dos governos e socialização das perdas com a sociedade

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o21
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

Principais e possíveis correções do atual Sistema Financeiro Internacional

  • Necessidade de maior acompanhamento dos governos por meio de regulamentações extensivas dos seus sistemas bancários domésticos, e da entrada de capitais a curto prazo.
  • Abandono de “dogmas” constitutivos do modelo de crescimento liberal, que estão na base das crise financeiras atuais.
  • Acompanhamento dos processo de financeirização da economias, que é a riqueza produzida na forma de “papéis” (Títulos Públicos, Securitizações, Ações, Derivativos, etc.), descolada da riqueza produzida ma economia real, produtiva.

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.

economia internacional globaliza o22
ECONOMIA INTERNACIONALGLOBALIZAÇÃO

Principais reflexos negativos para a sociedade:

  • Perda da Soberania Nacional
  • Evasão de empregos
  • Exploração sobre a M.O. da população de baixa renda
  • Efeitos sobre o meio ambiente ( intensa atividade industrial e econômica
  • Efeitos sobre a cultura ( coca-colonização ou Macdonalização)

A globalização não é um fenômeno único. Acabou por tornar-se um conceito abrangente que tende a descrever uma extensa variedade de tendências, forças e características de conjunturas em transformação que acabam por modificar a fisionomia do contesto em que vivemos

Prof. Hélio Antonio Teófilo da Silva .’.