regulamento das rela es comerciais 2001 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Regulamento das Relações Comerciais 2001 PowerPoint Presentation
Download Presentation
Regulamento das Relações Comerciais 2001

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 16

Regulamento das Relações Comerciais 2001 - PowerPoint PPT Presentation


  • 62 Views
  • Uploaded on

Regulamento das Relações Comerciais 2001. ge-see. Grandezas a medir para aplicação das tarifas. Potência contratada Potência em horas de ponta Energia activa Energia reactiva (excepto BTN). Potência contratada.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Regulamento das Relações Comerciais 2001' - yardan


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
grandezas a medir para aplica o das tarifas
Grandezas a medir para aplicação das tarifas
  • Potência contratada
  • Potência em horas de ponta
  • Energia activa
  • Energia reactiva (excepto BTN)
pot ncia contratada
Potência contratada
  • potência que o distribuidor vinculado coloca, em termos contratuais, à disposição do cliente
  • não pode ser inferior (em kW) a 50% da potência instalada (em KVA)
  • actualizado para a máxima potência activa média
      • registada em qualquer intervalo ininterrupto de 15 minutos,

durante os 12 meses anteriores,

incluindo o mês a que a factura respeita

pot ncia em horas de ponta
Potência em horas de ponta
  • potência activa média em horas de ponta

Pp = Ep / Hp

durante o período a que respeita a factura

tarifas a aplicar pela conc da rnt ao distribuidor vinculado
Tarifas a aplicar pela conc. da RNT ao distribuidor vinculado

Tarifa de Venda da Entidade Concessionária da RNT:

  • Encargos de Energia e Potência
  • Tarifa de Uso Global do Sistema
  • Tarifas de Uso da Rede de Transporte
tarifas a aplicar pela conc da rnt ao distribuidor vinculado1
Tarifas a aplicar pela conc. da RNT ao distribuidor vinculado

Grandezas a medir:

  • Energia activa transitada nos pontos de entrega
  • Potência contratada
  • Potência em horas de ponta
  • Energia reactiva
acesso de clientes ao senv
Acesso de clientes ao SENV
  • aberto a todos os clientes de MT, AT e MAT
  • sujeito a pré-aviso de 30 dias

Acesso de clientes ao SENV

  • aberto a todos os CNV
  • sujeito a pré-aviso de 1 ano
relacionamento entre o sep e o senv
Relacionamento entre o SEP e o SENV
  • Modalidades de fornecimento
    • Celebração de contratos bilaterais físicos, em base semanal
    • Ofertas de compra e de venda de energia eléctrica
      • apresentadas pelos agentes de ofertas no Sistema de Ofertas
      • base semanal
    • Compra e venda de energia eléctrica em mercados estrangeiros
agentes de ofertas
Agentes de ofertas
  • Agente Comercial do SEP

e, mediante requerimento à concessionária da RNT

  • PNV e CNV com instalações ligadas às redes do SEP
  • distribuidor vinculado em MT e AT no âmbito da parcela livre
  • co-geradores com acesso às redes do SEP
  • entidades externas ao SEN
contratos bilaterais f sicos
Contratos bilaterais físicos

Podem ser estabelecidos entre as seguintes entidades:

  • Dois agentes de ofertas
  • Um agente de ofertas e um cliente não vinculado
  • Um agente de ofertas e uma entidade externa ao SEN
contratos bilaterais f sicos comunica o das quantidades f sicas
Contratos bilaterais físicos Comunicação das quantidades físicas

Apresentação ao Gestor de Ofertas:

  • comunicações de concretização de cada contrato bilateral físico
  • indicação da instalação consumidora e da unidade de produção
  • indicação do período horário
  • quantidade de energia contratada
  • ponto de origem e o ponto de destino da energia eléctrica
contratos bilaterais f sicos comunica o das quantidades f sicas1
Contratos bilaterais físicos Comunicação das quantidades físicas

Quando produtores não vinculados compram energia

  • indicação da instalação produtora substituída
    • passa a ser considerada como instalação consumidora
sistema de ofertas
Sistema de ofertas

Ofertas de compra de EE

  • Podem diferenciar quantidades e preços por:
    • Período de acerto de contas
    • Patamares de potência
    • Número mínimo de períodos de acerto de contas contratáveis
sistema de ofertas1
Sistema de ofertas

Ofertas de venda de EE

  • Podem diferenciar quantidades e preços por:
    • Período de acerto de contas
    • Mínimos técnicos
    • Patamares de potência
    • Número mínimo de períodos de acerto de contas contratáveis
  • Venda de EE limitada à potência do PNV
sistema de ofertas2
Sistema de ofertas

Encontros de ofertas

  • Gestor de Ofertas ordena as ofertas de compra
    • para cada dia da semana seguinte
    • por ordem decrescente de preços declarados
  • Gestor de Ofertas ordena as ofertas de venda
    • para cada dia da semana seguinte
    • por ordem crescente de preços declarados
sistema de ofertas3
Sistema de ofertas

Encontros de ofertas

  • Preço de encontro:
    • preço máximo de venda

inferior ou igual ao

    • preço mínimo de compra
  • Contratos bilaterais não incorporados