slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Luiz Alberto Verri PowerPoint Presentation
Download Presentation
Luiz Alberto Verri

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 31

Luiz Alberto Verri - PowerPoint PPT Presentation


  • 93 Views
  • Uploaded on

GERENCIAMENTO DE RISCOS. Luiz Alberto Verri. VERRI. ANÁLISE QUALITATIVA DE RISCOS. Controle de emissão e realização de RI’s - Recomendar no detalhamento dos planos, medidas para evitar atrasos. Verri.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Luiz Alberto Verri' - xexilia


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

GERENCIAMENTO DE RISCOS

Luiz Alberto Verri

slide2

VERRI

ANÁLISE QUALITATIVA DE RISCOS

slide3

Controle de emissão e realização de RI’s - Recomendar no detalhamento dos planos, medidas para evitar atrasos.

Verri

  • Falta de materiais - Solicitar ao SEMOP/SEST/SESUP análise crítica visando tomar ações pró-ativas.

Fugiwara

  • Atraso na pré-fabricação (SEMOP) - Coordenar reunião interna para tratar do assunto.

Sérgio

  • Atraso na paralisação/partida - Fazer estudo criterioso operacional, e levantar implicações que possam afetar o processo, informar SEPLAM.

Simião/

Luís Augusto

  • Acidente grave na parada -
  • Fazer reunião com preposto das empreiteiras, sobre segurança.
  • Fazer treinamento de segurança para supervisores e encarregados das empreiteiras
  • Providenciar plano de evacuação de área.
  • “Chamar” atenção, das pessoas na área, na questão segurança se for o caso.
  • Providenciar identificação de áreas críticas, solicitar colocação de avisos “agressivos”.
  • Mapear áreas críticas para patolamento de maquinas de carga.
  • Enfatizar, os serviços críticos, na APR com as contratadas.
  • Proibir dobras consecutivas de empregados das empreiteiras.
  • Propor palestra para ajudantes.

Verri

Gerentes

Supervisores

Engenheiros coordenadores

Sérgio

RISCOS DE ATRASAR A PARADA

VERRI

slide6

PLANO DE AÇÃO

VERRI

GREVE DE CONTRATADAS

slide7

VERRI

PLANO DE AÇÃO

slide10

VERRI

ANÁLISE QUANTITATIVA DE RISCOS

slide16

O+MP+P

VALOR MÉDIO =

3

(P-MP) 2 + (P-MP) x (MP-O) + (MP-O)

SIGMA =

18

FORMULAS PARA DISTRIBUIÇÃO TRIANGULAR

VERRI

A- DISTRIBUIÇÃO TRIANGULAR

P = Estimativa pessimista

O = Estimativa otimista

MP = Estimativa mais Provável

slide17

APLICAÇÃO PRÁTICA - PROBABILIDADES

VERRI

Vamos supor que a distribuição dos tempos prováveis de uma parada seja o da figura 58:

Como vemos, neste exemplo a curva seria bastante “apertada”, pois o sigma (σ) no exemplo seria igual a 1,08.

Suponhamos agora que eu queira saber qual a probabilidade de terminar esta parada, cujo tempo médio da realização é 40 dias, em até 42 dias (chamaremos esse valor de “y”).

slide18

APLICAÇÃO PRÁTICA - PROBABILIDADES

VERRI

Primeiro passo: Efetuar a operação y – x

K = y – x

K = 42 – 40 = 2

Segundo passo: Dividir o valor “K” encontrado pelo desvio padrão

(σ = 1,08 como foi atribuído dois parágrafos acima).

X = K

σ

X = 2 = 1,85

1,08

Terceiro passo: Verificar na tabela de distribuição normal, qual a probabilidade de ocorrência

Vemos que para um x = 1,85, a Φ(x) = 0,9678. Portanto, neste exemplo hipotético, a probabilidade de eu terminar a parada em até 42 dias seria de 96,78%.

Notem que neste caso, a distribuição é “apertada”, portanto tivemos uma alta probabilidade da ocorrência e um baixo risco. Nem sempre é assim

slide19

APLICAÇÃO PRÁTICA - PROBABILIDADES

VERRI

Agora, vamos verificar o inverso. Quero saber qual o prazo que devo fornecer para ter uma probabilidade de 85% de realização.

Primeiro passo: Vou na tabela da distribuição normal e verifico que a probabilidade (Φ)mais próxima de 0,85 é 0,8508, que corresponderia a um x = 1,04

Segundo passo: Multiplicar o valor “x” encontrado pelo desvio padrão σ.

K = X x σ

K = 1,04 x 1,08

K = 1,12

Terceiro Passo: O prazo a ser informado “y” é:

Y = X + K

Y = 40 + 1,1

Y = 41,1 dias

O prazo a ser fornecido seria então 41 dias.

Mais uma vez repito que, neste exemplo a curva é bastante “apertada”, portanto com um desvio padrão baixo; portanto risco de atrasar baixo.

slide20

APLICAÇÃO PRÁTICA - PROBABILIDADES

VERRI

Vamos agora a um exercício mais complexo:

Suponha que um empreendimento tenha o seqüenciamento de atividades conforme abaixo

slide21

APLICAÇÃO PRÁTICA - PROBABILIDADES

VERRI

As durações estimadas para as tarefas são as seguintes:

Supondo que a distribuição é triangular calcule:

- Qual é a probabilidade de que ambos os caminhos terminem dentro do prazo de 33 dias?

slide22

APLICAÇÃO PRÁTICA - PROBABILIDADES

VERRI

Utilizando as fórmulas de distribuição triangular; temos:

Atividade A1

X1 = 0 + MP + P

3

X1 = 7,33

___________________________________

σ 1 = √(P – MP)² + (P – MP) x (MP – 0) + (MP – 0)²

18

______________________________

σ 1 = √(10 – 7)² + (10 – 7) x (7 - 5) + (7 - 5)²

18

__________

σ 1 = √3² + 3 x 2 + 2²

18

_______

σ 1 = √9 + 6 + 4

18

σ 1 = 1,03

X1 = 5 + 7 + 10

3

slide23

MELHORES PRÁTICAS DE PARADAS

VERRI

Utilizando as mesmas formulas e os mesmos cálculos anteriores, temos

Atividade A2

X2 = 8,67

σ 2 = 1,25

Atividade A3

X3 = 15,33

σ 3 = 1,43

slide24

APLICAÇÃO PRÁTICA - PROBABILIDADES

VERRI

Vamos somar agora as tarefas A1 + A2 + A3, pois elas estão em série

Estamos na realidade somando 3 curvas de probabilidades (função densidade de probabilidade).

Então:

A = X1 + X2 + X3

A = 7,33 + 8,67 + 15,33

A = 31,33

slide25

APLICAÇÃO PRÁTICA - PROBABILIDADES

VERRI

DESVIO PADRÃO

Pela teoria estatística o desvio padrão não é a soma dos desvios padrões. Devemos somar as varianças (desvio padrão ao quadrado) e depois calcularmos o desvio padrão extraindo a raiz da variança encontrada.

Variança A = (σ1)² + (σ2)² + (σ3)²

Variança A = (1,03)² + (1,25)² + (1,43)²

Variança A = 1,0609 + 1,5625 + 2,0449

Variança A = 4,6683

_____

σa = √4,6683

σa = 2,16(desvio padrão)

slide26

APLICAÇÃO PRÁTICA - PROBABILIDADES

VERRI

Com a mesma “calculeira” que fizemos para a atividade “A”, chegamos para a “B”:

Atividade B

B = 30,67

σ b = 4,29

Lembrando o anteriormente calculado:

Atividade A

A = 31,33

σa = 2,16

slide27

APLICAÇÃO PRÁTICA - PROBABILIDADES

VERRI

Agora, com o mesmo método de cálculo do primeiro exercício, encontraremos que:

Probabilidade da atividade “A” terminar em até 33 dias: 77,94%

Probabilidade da atividade “B” terminar em até 33 dias: 68,79%

Pela teoria das probabilidades, a probabilidade

das duas atividades terminarem em até 33 dias é P = Pa x Pb

Assim, P = 0,7794 x 0,6879 = 0,5361

Portanto, a probabilidade de terminarmos o “empreendimento” em até 33 dias:

53,61 % !!!

slide29

O+4MP+P

VALOR MÉDIO =

6

(P-O)

SIGMA =

6

FORMULAS PARA DISTRIBUIÇÃO DE WEIBULL

VERRI

B- DISTRIBUIÇÃO DE WEIBULL

P = Estimativa pessimista

O = Estimativa otimista

MP = Estimativa mais Provável

slide30

VERRI

RESULTADO DE UMA SIMULAÇÃO DE MONTE CARLO

slide31

FIM

VERRI

  • Perguntas ?

verri@verriveritatis.com.br www.verriveritatis.com.br