Esteroidogênese e Hiperplasia adrenal congênita - PowerPoint PPT Presentation

esteroidog nese e hiperplasia adrenal cong nita n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Esteroidogênese e Hiperplasia adrenal congênita PowerPoint Presentation
Download Presentation
Esteroidogênese e Hiperplasia adrenal congênita

play fullscreen
1 / 36
Esteroidogênese e Hiperplasia adrenal congênita
762 Views
Download Presentation
wing-zimmerman
Download Presentation

Esteroidogênese e Hiperplasia adrenal congênita

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Esteroidogênese e Hiperplasia adrenal congênita Alunas: Laiz Laura de Godoy nº37 Leila Rodriguez Martins nº38

  2. Glândula adrenal

  3. anatomia • Peso: 8-10g • Localização retroperitoneal sobre os pólos mediais ou superiores dos rins. • Envolta por cápsula fibrosa • Composição: Córtex-localização externa Medula-localização inerna

  4. histologiA Medula: • Composta por células cromafins ou feocromócitos • Secretante de catecolaminas, Ex: dopamina, norepinefrina e epinefina. Hormônios: metencefalina, leuencefalina e adrenomedulina.

  5. histologia Córtex: • 90% da glândula • 3 camadas: glomerulosa, fasciculada e reticular.

  6. histologia • Zona glomerulosa: Mais externa, estreita camada de células pobres em lipídios que secretam aldosterona. Não produzem cortisol, nem andrógenos pela falta da enzima 17-α-hidroxilase. • Zona fasciculada: Camada mais espessa e central, com células maiores, rica em lipídios (células claras), secretantes de cortisol e andrógenos. • Zona reticular: Mais interna, células não tão ricas em lipídios e compactas, secretantes de cortisol e andrógenos. Presença de grânulos lipofucsínicos.

  7. esteroidogênese • O córtex adrenal produz: • Glicocorticóides: cortisol • Mineralocorticóides: aldosterona • Andrógenos: DHEA e seu sulfato (SDHEA) e a androstenediona em menor quantidade, convertida perifericamente em testosterona e DHT.

  8. esteroidogênese • Presença de uma cascata de enzimas, com destaque para a família do citocromo p450. • A presença ou não de determinadas enzimas diferencia os produtos sintetizados em cada zona. • A zona glomerulosa não possui a 17-α-hidroxilase, portanto, não produz 17OH-progesterona ou 17OH-pregnenolona, precursores de andrógenos e cortisol. • A zona fasciculada e reticular não possui a enzima p450-aldo ou aldosterona sintetase e, dessa forma não converte11-desoxicortisol em aldosterona.

  9. Regulação da secreção adrenal • Sistema renina-angiotensina e K+: Regula secreção de aldosterona pela zona glomerulosa • ACTH: Estimula a função secretora das zonas fasciculada e reticular. Principal regulador da secreção de cortisol e andrógenos. A sua secreção é induzida com a liberação de CRH pelo hipotálamo, vasopressina e NT.

  10. REGULAÇÃO DA SECREÇÃO ADRENAL • ACTH e cortisol: secretados num ritmo circadiano basal. • Aumento da secreção de cortisol: • Alimentação; • Exercícios; • Distúrbio central; • Doença hepática ou renal; • Estresse: cirurgia, depressão, hipoglicemia,traumatismos.

  11. Regulação da secreção adrenal

  12. Regulação da secreção adrenal • A supressão feita pelo cortisol não bloqueia a resposta do ACTH ao estresse, o que ocorre, porém, na utilização de glococorticóides exógenos. A inibição pode ser: Rápida:supressão da secreção de ACTH velocidade dependente, durando menos de 10min. Retardada: supressão da secreção de CRH e ACTH dependente do tempo e dose. • Atrofia das zonas fasciculada e reticular, pela falta de estímulo pelo ACTH.

  13. Hiperplasia adrenal congênita

  14. definição

  15. Formas Tipo de Complexo Enzimático 6 Comprometi mento gonadal Severidade da deficiência

  16. fORMAS Clássica Não-Clássica

  17. Deficiência da star Transp.do colesterol p/ a mitocôndria Insuficiência adrenal global Acúmulo de colesterol na glandula

  18. DEFICIÊNCIA DA COLESTEROL DESMOLASE

  19. Deficiência da colesterol desmolase p450 scc • Genética: gene P450XIA, cromossomo 15 • Forma rara • Acúmulo de colesterol no córtex adrenal – hiperplasia lipoídica • Produção mínima de todos os esteróides: • Fetos masculinos: • genitália ambígua • genitália externa feminina com vagina em fundo cego • Fetos femininos: • Genitália interna e externa normais • Desidratação grave e letal • Sobrevida limitada

  20. Deficiência da 3-Beta-hidroxiesteróidedesidrogenase

  21. Deficiência da 3-Beta-hidroxiesteróidedesidrogenase • Compromete adrenal e gônadas • Genitália ambígua: • Pouco diferenciada no homem • Virilização incompleta na mulher - clitoromegalia • Desenvolvimento puberal incompleto ou ausente • Crises de perda de sal

  22. Laboratorial • Cortisol • Aldosterona • Andrógenos • Estrógenos Acidose Hiponatremia Hipercalemia • DHEA • Pregnenolona • 17-OH-pregnenolona • Sulfatos

  23. Formas hipertensivas da hac

  24. fisiopatologia

  25. Deficiência da 17-alfa-hidroxilase

  26. Forma hipertensiva não virilizante • Andrógenos: Virilização • Hipogonadismohipergonadotrófico • Cortisol

  27. Deficiência da 11-beta-hidroxilase Composto S

  28. Forma hipertensiva virilizante • Composto S: precursor do cortisol • DOCA: precursor da aldosterona = HAS • Síntese androstenediona e DHEA= virilização

  29. Deficiência da 21-oh • Mais comums • Atividade enzimática residual • Manifestações clínicas mais tardias Clássica Não Clássica

  30. Deficiência da 21-beta-hidroxilase Forma não perdedora Forma Perdedora

  31. Diagnóstico • Clássica • Mulher: • genitália ambígua • Homem: • Pseudo-puberdade precoce • infertilidade • Não Clássica • Puberdade precoce • Hirsutismo • Irregularidade Menstrual • Anovulação • Ovários policísticos • Esterilidade

  32. Diagnóstico Laboratorial Elevação da 17-hidroxiprogesterona Teste da cortrosina

  33. Tratamento • Glicocorticóide • Hidrocortisona IM 10 mg/m²/dia ou oral 10-15mg/dia fracionada em 3 doses • Sintéticos: prednisona • Mineralocorticóides: fludrocortisona 0,05-0,1mg/dia ou em dias alternados • Monitorização • Critérios Clínicos: ausência de progressão dos sintomas, normalização do crescimento e idade óssea • Critérios Laboratoriais: testosterona, androstenediona e 17-hidroxiprogesterona.

  34. Tratamento da Crise Renal Aguda • Reposição hídrica IV • Hidrocortisona solúvel: 100 mg IV em bolo + 50-100 mg na hidratação • Hidrocortisona: 50mg + 1mg de deoxicortisona IM nas primeiras 24h • Manutenção: • Glicocorticóide • Deoxicortisona IM ou fludrocortisona oral.

  35. Manifestações clínicas dos tipos de HAC