Obesidade em pacientes com Doença Renal Crônica em programa de hemodiálise - PowerPoint PPT Presentation

obesidade em pacientes com doen a renal cr nica em programa de hemodi lise n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Obesidade em pacientes com Doença Renal Crônica em programa de hemodiálise PowerPoint Presentation
Download Presentation
Obesidade em pacientes com Doença Renal Crônica em programa de hemodiálise

play fullscreen
1 / 8
Obesidade em pacientes com Doença Renal Crônica em programa de hemodiálise
127 Views
Download Presentation
weylin
Download Presentation

Obesidade em pacientes com Doença Renal Crônica em programa de hemodiálise

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Obesidade em pacientes com Doença Renal Crônica em programa de hemodiálise Tzanno-Martins CB; Uezima CBB; Biavo BMM; Costa MEC; Barros CM; Martins JPLB; Ribeiro Júnior E.

  2. INTRODUÇÃO: • A inversão do estado nutricional dos brasileiros vem ocorrendo já há alguns anos. A porcentagem de indivíduos com sobrepeso e obesos é superior à de desnutridos. Fatores relacionados com o aumento de peso como história familiar, maus hábitos alimentares e sedentarismo também estão relacionados com a Doença Renal Crônica (DRC), assim como com a Hipertensão arterial e o Diabetes Mellitus (DM). A obesidade aumenta a morbidade por complicações cardiovasculares nessa população e representa um dos maiores problemas de saúde pública mundial.

  3. OBJETIVO: • Determinar o número de pacientes sobrepeso e obesos submetidos à hemodiálise e verificar sua relação com as características sócio-demográficas e clínicas.

  4. MÉTODOS: • Estudo transversal, realizado com 464 pacientes durante o mês de janeiro de 2010. Foram verificados dados demográficos, clínicos e antropométricos.

  5. RESULTADOS: • Tabela 1: Características gerais da população estudada (n=464).

  6. Dos pacientes obesos - Maioria é do sexo masculino (62,2%), dado que difere da população geral do Brasil, na qual não se observa diferenças na prevalência de obesidade entre os sexos • Em relação ao total de pacientes da amostra estudada, 153 (32,97%) são diabéticos, porcentagem maior do que a encontrada pelo Censo da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN - 2008), sendo que 32,7% (50/153) apresentam sobrepeso e 15,03% (20/153) obesidade;

  7. Quanto aos idosos [23,28% (108/464) da população estudada], metade tem diabetes (54/108) • Comparando o grupo dos idosos diabéticos com os não diabéticos, observamos uma prevalência maior de sobrepeso e obesidade no primeiro grupo – 50% (27/54), enquanto no segundo grupo há 25,9% (14/54) de idosos nessas faixas de IMC.

  8. CONCLUSÃO: • Os resultados demonstraram a relação do sobrepeso e a obesidade com o DM e o envelhecimento, que, por sua vez, são fatores de risco para o desenvolvimento da DRC. Além disso, a coincidência de DM e DRC com fatores de risco modificáveis (obesidade, sedentarismo, hábitos alimentares inadequados) aumenta as taxas de morbidade e mortalidade nestes pacientes. Sendo assim, a avaliação do estado nutricional é importante para propiciar uma conduta clínica e nutricional adequada, de forma a contribuir para a redução dessas taxas.