mercado de etanol n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Mercado de Etanol PowerPoint Presentation
Download Presentation
Mercado de Etanol

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 11

Mercado de Etanol - PowerPoint PPT Presentation


  • 89 Views
  • Uploaded on

Mercado de Etanol. Carros Flex , alto preço petróleo, Aquecimento global  boa perspectiva para Etanol Vantagens Brasileira na produção Etanol: extensão territorial, clima tropical Brasil: Etanol obtido por Fermentação cana EUA: Etanol obtido do milho. Produção do Etanol

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Mercado de Etanol' - ward


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
mercado de etanol
Mercado de Etanol
  • Carros Flex, alto preço petróleo, Aquecimento global

 boa perspectiva para Etanol

  • Vantagens Brasileira na produção Etanol: extensão territorial, clima tropical
    • Brasil: Etanol obtido por Fermentação cana
    • EUA: Etanol obtido do milho.
  • Produção do Etanol
    • (i) Fermentação cana: álcool com alto teor de água
    • (ii) Destilação (remove parte da água): Álcool Hidratado usado em motores a Álcool e motores Flex.
    • (iii) Processos Adicionais: Álcool Anidro usado como mistura na gasolina (até 25%)
    • (iv) Eliminação impurezas: Álcool Neutro usado na indústria (ex: bebidas)
  • Mercado Interno: Álcool Hidratado, Anidro e Neutro
  • Mercado Externo: Álcool Anidro e Neutro
desenvolvimento do mercado de etanol
Desenvolvimento do Mercado de Etanol
  • Produção Brasileira Etanol – 4 etapas
    • 1ª: período colonial – 1975: Álcool usado na indústria
    • 2ª: 1975- 1985: Pró-alcool
      • 1ª fase (1975-1979): mistura Etanol à gasolina para diminuir importações petróleo (choque 74) e fornecer alternativa para produtores de açucar em crise.
      • 2ª fase (1979-85): produção veículos movidos a alcool forte crescimento produção Etanol
    • 3ª: 1985-2003: Diminuição preço petróleo, aumento preço açucar  crise produção Etanol.
    • 4ª: após 2004: surgimento motores flex  forte aumento demanda Etanol.
a demanda futura de etanol
A demanda Futura de Etanol
  • Mercado externo:
    • aquecimento global  Adição Etanol à gasolina  aumento exportações a partir de 2004.
    • Perspectiva crescimento 5% a.a. até 2015. Incerteza: escassez de petróleo e álcool de celulose
  • Mercado Interno:
    • Demanda Industrial: pequena participação (5%)
    • Álcool Combustível (80%): 3 subsegmentos
      • Carros a Álcool: paralisação produção carros Álcool 1992
        • redução 50% frota até 2015
      • Carros a Gasolina: Mistura de Álcool a gasolina (25%) gera 1/3 da demanda total de Álcool.
        • Redução 20% frota até 2015
      • Carros Flex: 90% das vendas recentes de automóveis e comerciais leves.
        • Todos veículos leves a partir 2008 devem ser flex.
        • Crescimento 7% a.a. da frota.
        • Aumento vendas Álcool depende dos preços relativos do Álcool e da Gasolina
pre os etanol
Preços Etanol
  • Expectativa: aumento da capacidade de oferta semelhante ao crescimento demanda

 não deve ocorrer grande queda preço

  • Mesmo se houver queda passageira preços: empresas capazes de se adaptar.
  • Preço futuro Etanol dificil prever: tende a se atrelar mais ao preço Petróleo e menos ao preço açucar.
  • Curto-prazo: expectativa aumento moderado preço etanol.
panorama da produ o de biodiesel no mundo
Panorama da Produção de Biodiesel no Mundo
  • Europa: 80% mercado mundial Biodiesel:
    • cotas obrigatórias (2% até 2001, 5,75% até 2010, 20% até 2020), subsídios para produção (óleo Canóla)
    • Lideres: Alemanha, França
  • EUA: alto preço petróleo, incentivos federais

 aumento produção Biodiesel (óleo Soja)

  • Ásia: grandes produtores de óleos vegetais:

Índia, China, Tailândia, Malásia e Austrália estão investindo na produção.

biodiesel no brasil
Biodiesel no Brasil
  • Brasil: extensão territorial, clima e solo favorável

 alta potencialidade Biodiesel

  • Inserção Internacional Limitada: restrições técnicas e proteção do mercado na Europa e EUA.
  • Europa/EUA: custo produção Biodiesel 50% maior que Diesel mineral
  • Brasil: recursos terra/clima favoráveis  custo mais baixo
    • Espera-se que avanço programa resulte em redução custos com uso oleaginosas que estão a margem do agronegócio (pinhão, dende, caroço algodão, babaçu...)
  • Produção óleo em grande escala: custo óleo é cerca de 85% do custo do Biodiesel  Preço Biodiesel depende preço óleo
  • Óleos Vegetais: aumento preço até 2003, queda 20% preço internacional após 2003.

 Produtores buscam clientes nacionais.

marco regulat rio no brasil
Marco Regulatório no Brasil
  • 2004: MDA elabora selo Combustível social, receita define incentivos fiscais, BNDES define incentivos crédito, ANP define normas qualidade e regulação comercialização.
  • Dez/2004 anunciado o Programa Nacional de Uso do Biodiesel.
  • Lei 11097/05 : Mistura 2% de Biodiesel no Diesel facultativa até 2007 e obrigatória em 2008, mistura de 5% obrigatória em 2013.
  • Compradores potenciais receosos de misturar Biodiesel no Diesel.
    • Risco de chegar em 2008 sem capacidade produtiva para atender 2% obrigatório
  • Leiloes públicos compra biodiesel ANP
  • Condições importantes para inicio mercado Biodiesel: selo combustível social, Regime tributário, financiamento BNDES, Leiloes Públicos.
forma o do mercado de biodiesel
Formação do Mercado de Biodiesel
  • O selo combustível social
    • 2005: ministério desenvolvimento agrário define critérios obter selo combustível social: Capacitação/aquisição insumos de pequenos produtores (50% NE, 30% SE e S, 10% N e CO)
    • Vantagens para detentores selo: diminuição alíquota PIS, Cofins; acesso crédito privilegiado no BB, BNDES, BNB, BASA; acesso leiloes ANP; uso selo como Marketing.
  • Regime Tributário
    • Alíquotas diferenciadas PIS/Confins, Isenção IPI.
    • Alíquota ICMS Biodiesel (inferior ao Diesel), alguns estados tem ICMS biodiesel ainda mais baixo.
forma o do mercado de biodiesel1
Formação do Mercado de Biodiesel
  • Financiamento
    • 2005: BNDES, BB, BNB, BASA lançam linhas especificas para Biodiesel.
    • Objetivos do programa BNDES: (i) apoiar todas etapas da cadeia, (ii) apoiar aquisição máquinas, (iii) apoiar investimentos em subprodutos (glicerina), (iv) apoiar agricultura familiar
    • Condições Financeiras privilegiadas para selo social
  • Leilões de Compra de Biodiesel
    • Nov 2005: 1º leilao com entrega para 2006 (70 mil m3)
      • Dificuldade Entrega: ANP exigiu melhoria processo produtivo vendedores.
    • 2006 realizados 2º, 3º, 4º leiloes.
    • Preço alto, regularidade leiloes  investimentos na produção biodiesel,
    • baixo preço internacional Soja  uso para Biodiesel.
    • Petrobras (diretamente ou por meio controlada Refap): único comprador.
projetos de biodiesel no brasil
Projetos de Biodiesel no Brasil
  • Marco Regulatório: importante mas insuficiente.
  • Leilões, incentivos fiscais  aumento capacidade instalada para produção biodiesel.
    • Carteira projetos BNDES: 11 projetos capazes de atender os 2% obrigatórios em 2008 (1,1 bilhão litros)
    • Carteira projetos do MME: 2,1 bilhões litros.
    • Concentração 4 estados: SP, RS, GO, MT.

 Expectativa possível atender 5% obrigatórios 2013.

  • Necessário mercado com 2% mistura funcione para que o programa seja ampliado.
  • BR combustível: pretende produzir toda sua demanda obrigatória (31% distribuição): Limita mercado para outros produtores