caso cl nico
Download
Skip this Video
Download Presentation
Caso clínico

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 34

Caso clínico - PowerPoint PPT Presentation


  • 67 Views
  • Uploaded on

Caso clínico. I.D : D.M.S.G, fem. ,62 anos,parda, casada, natural e residente no RJ,professora aposentada Q.P : “vômitos alimentares”

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Caso clínico' - walker


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
caso cl nico
Caso clínico
  • I.D: D.M.S.G, fem. ,62 anos,parda, casada, natural e residente no RJ,professora aposentada
  • Q.P: “vômitos alimentares”
  • H.D.A: Há 4 meses esteve internada no HCFF,com desidratação e IRA, atribuída a possível colecistite aguda sendo tratada com ATB + HV. Perda ponderal de 10Kg, procurou o serviço de gastroenterologia com massa epigástrica.
caso cl nico1
Caso clínico
  • H.P.P: HAS - Atenolol 25mg

Anemia megaloblastica

Obesidade

  • H.S: Nega tabagismo, etilismo.
  • H.G: GIV PII AII, menopausa, sem terapia de reposição hormonal
  • H.F: Pai falecido , causa ignorada

Mãe falecida por CA uterino?

caso cl nico2
Caso clínico
  • Exame físico:

-RCR 2T BNF 150 x 90 mmHg

-MVUA simétrico sem adventícios

-Abdome: Globoso flácido indolor com massa palpável em epigástrio

- Peso 84Kg

caso cl nico3
Caso clínico
  • Conduta: - TC abdominal mostrando massa cística em corpo e calda pancreática.

18/02/04 -EDA com coleta de material turvo e drenagem transgástrica com prótese ( TC de controle, em 19/02/04 mostrou prótese bem posicionada).

- Amilase do líquido cístico 4831U/L.

- CEA 2,36 Ng/ml ( referencia até 4 Ng/ml).

- Nova TC abdominal mostrando cisto resolvido, visualizada a prótese e colecistolitiase.

caso cl nico4
Caso clínico
  • Na cirurgia geral:- Realizada colecistectomia VL, sem intercorrências em 14/06/04.

Alta hospitalar 24hs após a cirurgia

pseudocisto pancre tico conceito
Pseudocisto PancreáticoConceito

- Cavidade cística , organizada em pseudocápsula fibrótica,contendo tecido

pancreático inflamado e suco pancreático

rico em amilase.Aparecendo normalmente

3 a 4 semanas após surto de pancreatite

aguda ou no curso de pancreatite crônica.

pseudocisto pancre tico fisiopatologia
Pseudocisto PancreáticoFisiopatologia

Sandberg A.A-J.O.P 2004: 5 (1) 8-24

pseudocisto pancre tico cl nica
Pseudocisto PancreáticoClínica
  • As manifestações clínicas mais comuns são:

- Dor abdominal

- Náuseas e vômitos

- Icterícia

*Ocorrem também de forma assintomática, esses com indicação de conduta expectante

Ferrari Jr A.P E.P.M 2000 SOBED

pseudocisto pancre tico diagn stico
Pseudocisto PancreáticoDiagnóstico
  • Tomografia computadorizada:
pseudocisto pancre tico classifica o
Pseudocisto PancreáticoClassificação

Bradley E.L. Arch Surg 1993 128:586-90

  • Coleção aguda de líquido:Ocorre no curso da pancreatite,próximo ou no tecido pancreático, sem organização em pseudocapsula e seu conteúdo é um exudato infamatório semelhante ao plasma
  • Pseudocisto agudo:Surge após pancreatite aguda ou trauma pancreático, organizado com tecido de granulação,contendo suco pancreático
pseudocisto pancre tico classifica o1
Pseudocisto PancreáticoClassificação

Bradley E.L. Arch Surg 1993 128:586-90

  • Pseudocisto crônico:Sem antecedente de pancreatite aguda.Constituição semelhante ao agudo.
  • Abscesso pancreático:Coleção purulenta, no tecido pancreático e proximidades, após trauma pancreático,pancreatite aguda ou crônica
pseudocisto pancre tico classifica o anat mica
Pseudocisto PancreáticoClassificação Anatômica

Nealon NH,Walser E,Ann Surg 2002 235.751-8

  • Tipo I: Não comunicante, com ducto normal
  • Tipo II: Comunicante, com ducto normal
  • Tipo III: Não comunicante, com ducto estenosado
  • Tipo IV: Comunicante, com ducto estenosado
  • Tipo V: Ducto rompido
  • Tipo VI: Não comunicante, pancreatite crônica
  • Tipo VII: Comunicante, pancreatite crônica
pseudocisto pancre tico hist ria natural
Pseudocisto PancreáticoHistória Natural
  • Mecanismos de resolução espontânea :

1)Drenagem pelos ductos pancreáticos

2)Reabsorção peritoneal (Ascite)

Sandberg A.A-J.O.P 2004: 5 (1) 8-24

pseudocisto pancre tico hist ria natural1
Pseudocisto PancreáticoHistória Natural

Resolução espontânea

Sandberg A.A-J.O.P 2004: 5 (1) 8-24

pseudocisto pancre tico hist ria natural2
Pseudocisto PancreáticoHistória Natural
  • Risco de complicação: Aumenta com o tempo de evolução. Segundo Bradley E.L et all.

-Até 6 semanas: 20%

-7 a 12 semanas: 46%

- Acima de 12 semanas: 75%

Sandberg A.A-JOP 2004 5(1) ; 8-24

pseudocisto pancre tico hist ria natural3
Pseudocisto PancreáticoHistória Natural
  • Risco de complicação:Segundo Yeo C.J et all

-Em 1 ano: 60% resolução completa

-Em 1 ano: 37,3% estável ou redução

-Em 1 ano: 2,7% complicação*

*Hemorragia

Sandberg A.A-JOP 2004 5(1) ; 8-24

pseudocisto pancre tico tratamento
Pseudocisto PancreáticoTratamento
  • Clínico:

- NPT

- Análogo de somatostatina

- Drenagem percutânea

Ferrari Jr A.P E.P.M 2000 SOBED

pseudocisto pancre tico tratamento1
Pseudocisto PancreáticoTratamento
  • Endoscópico: indicado quando há compressão da parede do estômago ou duodeno. Quando não, o ultra-som endoscópico auxilia na identificação do ponto de drenagem fugindo de vasos intramurais.

-Drenagem pseudocistogastrica

-Drenagem pseudocistoduodenal

-Drenagem transpapilar,quando comunicante

Ferrari Jr A.P E.P.M 2000 SOBED

pseudocisto pancre tico tratamento2
Pseudocisto PancreáticoTratamento
  • Cirúrgico: Drenagem interna

-Pseudocistogastrostomia

-Pseudocistoduodenostomia

-Pseudocistojejunostomia

pseudocisto pancre tico tratamento3
Pseudocisto PancreáticoTratamento
  • Cirúrgico: Drenagem externa

- Quando há pseudocisto infectado

  • Videolaparoscópico.
hospital municipal cardoso fontes

Hospital Municipal Cardoso Fontes

Gráficos do Serviço de Cirurgia Geral

p a causas principais
P.A. Causas Principais

Experiência do serviço:1978-Fev2004

p a causas secund rias
P.A. Causas Secundárias

Experiência do serviço:1978-Fev2004

total x pseudocistos
Total X Pseudocistos

Experiência do serviço:1978-Fev2004

ad