organiza o do tempo e do espa o na educa o infantil pesquisas e pr ticas autor nono ma vi anabel n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE Acadêmica : Juliana Pedroso . Professora: Cintia. PowerPoint Presentation
Download Presentation
Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE Acadêmica : Juliana Pedroso . Professora: Cintia.

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 12

Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE Acadêmica : Juliana Pedroso . Professora: Cintia. - PowerPoint PPT Presentation


  • 70 Views
  • Uploaded on

Organização do Tempo e do Espaço na Educação Infantil – Pesquisas e Práticas . AUTOR : NONO, Maévi Anabel . Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE Acadêmica : Juliana Pedroso . Professora: Cintia.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE Acadêmica : Juliana Pedroso . Professora: Cintia.' - walda


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
organiza o do tempo e do espa o na educa o infantil pesquisas e pr ticas autor nono ma vi anabel

Organização do Tempo e do Espaço na Educação Infantil – Pesquisas e Práticas.AUTOR: NONO, MaéviAnabel.

Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE

Acadêmica: Juliana Pedroso.

Professora: Cintia.

slide2

[...] A organização do tempo nas creches e pré – escolas deve considerar as necessidades relacionadas ao repouso, alimentação, higiene de cada criança, levando-se em conta sua faixa etária, suas características pessoais, sua cultura e estilo de vida que traz de casa para a escola (NONO p. 2, apudBARBOSA; HORN, 2001).

slide3

[...] Se o educador planeja as atividades de acordo com a ideia de que as crianças aprendem através da memorização de conceitos; se mantém uma atitude autoritária sem discutir com as crianças as regras do convívio em grupo; se privilegia a ocupação dos espaços nobres das salas de aula com armários (onde somente ele tem acesso) mesas e cadeiras, a concepção que releva é eminentemente fundamentada em uma prática pedagógica tradicional. Conforme Farias (1998), a pedagogia se faz no espaço realidade e o espaço, por sua vez, consolida a pedagogia. (NONO p.2, apud, HORN, 2004, p.61).

slide4

As educadoras Maria, Cândida, Marta e Francisca pensaram o espaço de seu berçário, levando em conta três partes da sala: o chão, o teto e as paredes. Em cada uma dessas partes, elas enxergaram possibilidades de garantir experiências interessantes e desafios para as crianças, por meio do uso de divisórias de diversos brinquedos, canaletas para os bebês passarem por dentro, muretas para impedi-los de seguir em frente e obrigá-los a experimentar outros trajetos, cortinas, espelhos, móbiles etc. (NONO, p. 3).

slide5

Ainda a respeito do espaço para os bebês, as educadoras alertam: “Os espaços devem ser sempre atraentes e estimulantes para os bebes. Portanto, eles devem ser observados, avaliados e mudados pelos educadores na medida em que eles se desenvolvem e se interessam por coisas novas”. (NONO p. 3, apud, ROSSETI-FERREIRA, 2007, p.148).

slide6

Pensar no espaço em sala de aula, fazer possíveis modificações para melhorar o ambiente para as crianças brincarem, elas precisam ter a disposição diversos objetos para o manuseio, desde brinquedos e livros, por exemplo, as crianças possuem vontade própria e não é possível e nem contribui para o desenvolvimento delas pretender que cada uma faça a mesma coisa ao mesmo tempo, pois cada criança é singular e merece respeito quanto a sua identidade e autonomia.

slide7

Alguns Obstáculos...

  • É claro que, muitas vezes, o professor ou a professora desejam reorganizar o espaço de sua sala mas encontram alguns obstáculos como falta de recursos, falta de apoio da equipe gestora da escola, condições inadequadas da própria escola de Educação Infantil. Mas, em muitos casos, há mesmo uma lacuna na formação do professor que o impede de pensar a or­ganização de sua sala em termos de um arranjo espacial semi-aberto. (NONO, p. 06).
slide8

Zonas Circunscritas

  • Quando as crianças brincam em zonas circunscritas ou “cantos” elas interagem mais com as outras crianças, se envolvem nas brincadeiras, transformam seu mundo de fantasia para o mundo real, vivenciando as experiências que os “cantos” permitem desempenhar e promovem diversos papéis da vida real, favorecendo proteção e privacidade para elas, através das brincadeiras pelo lúdico.
slide9

É necessário haver zonas circunscritas, mas também outras áreas delimitadas em sala de aula para que elas desenvolvam diversas atividades como atividades de colagem, por exemplo, é necessário espaços com mesinhas e cadeiras e espaços para leitura de livros e histórias possibilitando um local confortável e aconchegante com almofadas no chão para as crianças se sentarem.

arquitetura escolar
Arquitetura escolar
  • Ao construir uma creche ou uma pré – escola deve-se levar em conta que esse local será habitado por crianças e sua estrutura deve ser pensada e analisada em um espaço acolhedor e seguro para elas, deve possibilitar conforto, aconchego, alegria, qualidade de vida e uma educação visando todos os aspectos integrais da criança.
para refletir
Para Refletir...
  • Os espaços de nossa infância nos marcam profundamente. Sejam eles ber­ço, casa, rua, praça, creche, escola, cidade, país, sejam eles bonitos ou feios, confortáveis ou não, o fato é que influenciam definitivamente nossa maneira de vermos o mundo e de nos relacionarmos com ele. (NONO p. 8, apud, CAMAR­GO, 2008, p. 45).
refer ncia
Referência

NONO, MaéviAnabel. Organização do Tempo e do Espaço na Educação Infantil - Pesquisas e Práticas. UNESP – Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas Departamento de Educação São José do Rio Preto.