relat rio geral reflex es desafios propostas curiosidades n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Relatório geral Reflexões, desafios, propostas Curiosidades PowerPoint Presentation
Download Presentation
Relatório geral Reflexões, desafios, propostas Curiosidades

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 47

Relatório geral Reflexões, desafios, propostas Curiosidades - PowerPoint PPT Presentation


  • 73 Views
  • Uploaded on

Relatório geral Reflexões, desafios, propostas Curiosidades. Reflexões, desafios, propostas Informação na Internet.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Relatório geral Reflexões, desafios, propostas Curiosidades' - vivian


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
relat rio geral reflex es desafios propostas curiosidades
Relatório geral

Reflexões, desafios, propostas

Curiosidades

slide2
Reflexões, desafios, propostas

Informação na Internet

slide3
...um passeio pelas idéias de Paul Otlet - para muitos um dos pais do conceito de Hipertexto - em conjunto com autores contemporâneos da Internet e da Web - buscando mapear as rupturas e ou transformações dos recursos informacionais na sociedade em rede
a internet em fichas de papel as tr s gera es da web a revolu o nos conceitos de autor
A internet em fichas de papel

As três gerações da Web

A revolução nos conceitos de autor

slide5
A beleza da Internet está em conectar pessoas e não em ser uma instituição

Como profissionais, olhar para o futuro sem medo do passado

slide6

Por que será que está ocorrendo esta enorme agitação a respeito do surgimento de uma nova Web?

Vivemos na sociedade do conhecimento ou em MAIS UMA sociedade do conhecimento?

O usuário MUDOU

slide7
Web 1.0 – levou as pessoas à informação

Web 2.0 – irá levar a informação às pessoas

As bibliotecas devem explorar as ferramentas

da Web 2.0 para distribuir informação aos seus

usuários, e para encorajá-los a buscar

informações

slide8
Cada usuário deverá ter o controle dos seus dados, construir suas páginas

Com o acesso livre à informação, como fica a proteção dos direitos de autor e à criação??

slide9
Como os jornalistas/profissionais se apropriam da Informação científica disponível na internet?

Como a internet permite aproximar ciência e

sociedade?

Como garantir a credibilidade dos dados no

oceano de informação da web?

slide10
Quais os riscos de uma cobertura globalmente uniformizada?

Proposta: criar um portal de informação científica que centralize o conteúdo produzido em várias instituições

slide11
O importante é o quanto cada sociedade se apropria socialmente da tecnologia para o exercício da cidadania. Neste processo, a educação exerce papel central.

A rede é instrumento de solidariedade, democracia e fraternidade ?

A internet é um dos recursos fundamentais no processo de inclusão digital?

slide12
A Web é um meio poderoso que pode ser usado para popularizar a ciência... Pode ser usada para a educação pública e circulação da informação científica, então, a Web desempenha o principal papel na popularização da ciência e na disseminação da informação

É a divulgação científica, componente indispensável para inclusão social?

slide13
Qual o significado da expressão “publicação” no meio virtual?

As redes eletrônicas ampliam a audiência da ciência publicada nos periódicos científicos eletrônicos?

Configura-se uma nova situação de aproximação de públicos especializados e não especializados?

slide14
Preservar para garantir o acesso

Direitos do autor

Preservação dos conteúdos

Cerceamento da liberdade de acesso à informação e da liberdade intelectual

Lixo que a tecnologia produz

slide15
Instrumentalizar as organizações arquivísticas

Estabelecer normas, padrões, protocolos, formatos

Segurança da informação digital

Inserção dos documentos digitais em programas de gestão arquivística de documentos

slide16
Preocupação da IFLA com o uso da Internet nas bibliotecas

FAIFE/IFLA – Comitê sobre Livre Acesso à Informação e Liberdade de Expressão para

promover livre acesso à informação e

liberdade de expressão em todos os aspectos

direta ou indiretamente relacionados a

bibliotecas e biblioteconomia.

slide17
Problemas:

Não adoção de formato ideal

Não adoção adequada de metadados

Necessidade de estabelecer critérios para

Preservação

Proposta: Criação de programas de pós-

graduação com linhas de pesquisas específicas

sobre o tema e implantação de laboratórios

digitais

slide18
Gerenciando conteúdos na WEB

Quais são as práticas e preferências dos usuários?

Que atitudes tem os usuários com relação a compartilhar e receber informação?

Quais são as práticas e preferências dos bibliotecários?

slide19
Para continuarem a ser vitais para a sociedade,

as bibliotecas devem adotar novos objetivos.

Em particular, elas devem se esforçar para

participar com indivíduos em suas atividades

culturais; serviço passivo e despersonalizado não

é mais o suficiente

slide20
Propostas para a organização de arquivos de

documentos fotográficos

Proposta conteudística

Biblioteconomia,recuperação da informação, gestão de informações, identificação peça a peça, documentos fotográficos agrupados como uma única série

slide21
Propostas contextualizadoras

Arquivologia, gestão de documentos, recuperação de conjuntos documentais, um mesmo fundo pode ter diferentes séries compostas

Documento imagético de arquivo como

documento de arquivo

slide22
Compatibilizar um modelo em que poucos detêm

o poder, mas buscam estabelecer padrões e

regras com um modelo em que muitos têm voz

ativa e poder de decidir e criar

O que muda na gestão de conteúdos da web,

hoje?

slide23
Desafios

Conciliar o velho e o novo

Democratizar a gestão do acesso a conteúdos

Incentivar a produção de conteúdos

Elaborar estudos de modo a observar mudanças no comportamento de produção, busca e uso da informação com apoio das tecnologias de mídia social e buscar oportunidades para novas aplicações

slide24
Demanda por novas pesquisas e impactos sobre as atividades do profissional da informação

Novos conhecimentos

Novas Habilidades

Colaboração em rede

slide25
Na nova web o que muda é a semântica

A organização da informação na Internet passa pela arquitetura da informação

Necessidades de padrões

Necessidades de avaliação

slide26
Biblioteca Pública como espaço para a geração comunitária de conteúdo local

Biblioteca capacitando usuários para utilizar a Internet

Biblioteca convocando comunidade a participar de conteúdos

slide27
Na web 1.0 Bibliotecas como repositório da identidade local

Na web 2.0 Bibliotecas como espaço de comunicação com outras identidades

Web 1.0 Publicação de conteúdos

Web 2.0 Participação em redes

Biblioteca Digital Européia tornar acessível a todos o patrimônio da Europa com base no conteúdo cultural, informação científica

slide28
A inclusão digital não pode ser feita sem a inclusão linguística no mundo digital

A criação de um mundo digital multilingue é tarefa gigantesca

No Brasil, cerca de 180 comunidades reivindicam o reconhecimento de sua língua maternal

slide29
A conciliação entre as utopias cultural e comercial só pode ser alcançada com ações indutoras, como parte das políticas nacionais, incluindo investimentos para disponibilizar conteúdos digitais nas línguas de cada comunidade.
slide30
O mundo empresarial voltado não só para as questões da tecnologia da informação, como para a disponibilização e acessibilidade dos conteúdos de informação
slide31
Se toda mudança na relação entre Governo e Sociedade afeta o que se entenda por público,

que mudanças e qual o teor das mudanças que aconteceriam na ação informacional do Governo se mediada pela Internet?

A quem se dirige a ação informacional do governo?

slide32
O Estado hoje, é o maior produtor e consumidor de informação

Escassez de políticas públicas de informação, considerando a dimensão política e técnica

Proposta: Manifestação a favor da alteração da situação legal e legislação compatível com o regime democrático brasileiro, para acesso à informação

slide33
Construir pontes para permitir que todas as pessoas tenham acesso ao conhecimento

Sem o uso e apropriação da informação não existe inclusão digital

Inclusão digital pressupõe o domínio da informação

Considerar o uso das tecnologias da informação e da comunicação como instrumentos de inclusão social.

slide34
ações de inclusão digital podem ser vistas como ações de informação que buscam difundir os benefícios sociais da tecnologia digital de comunicação da informação na população

criar oportunidades para que tudo aquilo que as pessoas aprenderem possa ser empregado no cotidiano da vida e do trabalho — para transformar conhecimento em ação social e produtiva, respeitando a identidade e culturas locais.

slide35
Importância da mediação humana no processo de inclusão digital

Desafios para a era da Internet:

infra-estrutura, modelos e marcos regulatórios

Atuação do Comitê Gestor da Internet no Brasil: fomentar o desenvolvimento de serviços Internet e recomendar padrões e procedimentos técnicos operacionais para a Internet no Brasil

Incentivo à digitalização municipal

slide36
Inclusão digital se faz com tecnologia e mediadores (recursos humanos)‏

Ninguém está excluído da sociedade da informação, seja como usuário consulente, seja como objeto de inclusão de informações

Governança na internet é problema de cada cidadão

A não visibilidade do bibliotecário como mediador da informação

slide37
Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva

O “Fenômeno Informação” e suas correlações :

Gestão da Informação

Gestão do Conhecimento

Aprendizagem Organizacional

Organizações de Aprendizagem

Capital Intelectual

Gestão de competências

Inteligência competitiva

slide38
A “informação” representa o insumo essencial

dos modelos e sistemas de gerenciamento

Os indivíduos assimilam a “informação”, na

interpretação de eventos, criam

“conhecimento”, num esforço de

“aprendizado”, promovendo ações/decisões

“inteligentes” nas organizações

slide39
Os indivíduos que fazem parte da organização representam o “capital intelectual” que desenvolvem suas capacidades potenciais como “competências”(conhecimento, habilidades e atitudes).

Os demais recursos gerenciáveis, como recursos financeiros e materiais tornaram-se secundários na Sociedade da Informação e Conhecimento.

Prof. José Alexandre da Costa Alves

slide41
Curiosidades

Com relação aos participantes

Inscrições

Nacionais 770

Estrangeiros (Cuba) 02

Total 772

slide42
Categoria profissional

Profissionais 620

Estudantes 152

Total 772

Representação institucional

Administração Pública 13

Setor privado 09

Sociedade civil 19

Academia 41 (50%)‏

Total 82

slide43
Número deinstituições representadas 110

Instituições com maior número de representantes

IBICT 213

Caixa Econômica Federal 184

ABRAIC 30

Mediateca 25

Biblioteca Nacional Brasília 19

Câmara dos Deputados 17

ECT 16

ABDF 16

Ministério Público federal 10

Destaque: Iate Clube de Brasília02

slide44
Representatividade geográfica

18 estados brasileiros representados

Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Bahia, Paraná, Rio Grande do SuL, Pará, Pernambuco, Santa Catarina, Paraíba, Espírito Santo, Alagoas, Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Sergipe, Ceará

09 estados brasileiros não representados

Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondonia, Roraima, Tocantins

slide45
Palestrantes e moderadores

Moderadores 23

Painelistas 67

Conferencistas 02

Total 92

Convidados estrangeiros 10

slide46
Capacitação dos painelistas e moderadores

Especialização 05

Mestrado 18

Doutorado 58

Sem informação 11

Total 92

slide47
Parabéns a todos pela disposição de aprender SEMPRE

E que Deus os leve em PAZ

Muito obrigada!!!!!