Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal
Download
1 / 22

- PowerPoint PPT Presentation


  • 55 Views
  • Uploaded on

Seminário de Princípios Básicos em Pesquisa animal.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '' - tyanne


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

Artigo:Incidência de Piometra baseada em colônias de cães da raça Beagle(Incidence of Pyometra in Colony-raised Beagle dogs)Autor: Satoshi FukudaFonte: Laboratório Internacional de Radiação Espacial e Instituto Nacional de Ciências Radiológicas


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

Integrantes do grupo 10 (CatDog):Lucas de Sena LemeMarina Mendes Rios DuarteNathália Vieira SousaPérola Gonçalves FernandesRafaela Alves Fernandes RibeiroVivian Vanessa de Oliveira Mota



Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

Piometra é uma doença relativamente comum em cadelas não castradas. Trata-se do acúmulo de pus na cavidade uterina, ocasionando um rápido aumento do número de leucócitos e hipertrofia do útero. Apresenta-se como uma infecção bacteriana intra-uterina que determina uma série de alterações sistêmicas.


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

A resposta exagerada e anormal do endométrio a exposição crônica e repetida a progesterona permite um acúmulo de secreções glandulares uterinas, que proporcionam um excelente meio para o crescimento bacteriano. A fonte de bactérias é a flora normal da vagina, sendo a Escherichiacolia que está mais associada a essa doença.


Desenvolvimento
Desenvolvimento crônica e repetida a progesterona permite um acúmulo de secreções glandulares uterinas, que proporcionam um excelente meio para o crescimento bacteriano. A fonte de bactérias é a flora normal da vagina, sendo a


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

Exames periódicos observaram os seguintes aspectos: crônica e repetida a progesterona permite um acúmulo de secreções glandulares uterinas, que proporcionam um excelente meio para o crescimento bacteriano. A fonte de bactérias é a flora normal da vagina, sendo a - Rotina alimentar e ingestão de água;- Condições de fezes e urina;- Pesagem mensal;- Sangue e soro bioquímicos a cada três meses;


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

- A época de acasalamento de cada cadela; crônica e repetida a progesterona permite um acúmulo de secreções glandulares uterinas, que proporcionam um excelente meio para o crescimento bacteriano. A fonte de bactérias é a flora normal da vagina, sendo a - O pus excretado do colo do útero foi coletado diariamente para observar as alterações nas células e o número de bactérias.


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

Foi observado que: crônica e repetida a progesterona permite um acúmulo de secreções glandulares uterinas, que proporcionam um excelente meio para o crescimento bacteriano. A fonte de bactérias é a flora normal da vagina, sendo a - A Piometra foi detectada em 25 cães ao longo de doze anos; - A média de idade dos cães afetados foi de 9,36 anos, freqüentemente entre 8 e 11 anos;- A incidência dessa doença foi de 15,2% em todos os cães que viveram mais de quatro anos;


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

- A relação entre parto e a doença foi examinada e foi concluído que a patologia não foi observada depois do acasalamento e durante a gestação.- O tempo médio entre o término do período fértil e a manifestação da doença foi de aproximadamente quatro meses.


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

Radiografias realizadas de 0 a 17 dias antes da operação (Ovariohisterectomia ou ureterostomia) revelaram imagens do útero com hipertrofia possibilitando o diagnóstico preciso.


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal
Exames de sangue são bons auxiliares no diagnóstico visto que ocorre uma rápida elevação na contagem de leucócitos


Gr fico
GRÁFICO que ocorre uma rápida elevação na contagem de leucócitos


Conclus o
Conclusão que ocorre uma rápida elevação na contagem de leucócitos


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

- O tratamento através do uso de antibióticos e transfusão não foram eficazes;- A toxina liberada pelas bactérias provavelmente ocasiona uma piora no quadro clínico;


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

- A incidência de Piometra foi maior em cadelas virgens. transfusão não foram eficazes;- Outros sintomas observados foram fraqueza nas patas traseiras, sede, poliúria, lentidão, anorexia, desidratação, vômitos, febre e palpação abdominal.


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

- Existem resultados que indicam que a Piometra tem relação direta com a idade dos cães, provavelmente acompanhadas da diminuição da resistência fisiológica devido ao envelhecimento.


Refer ncias bibliogr ficas
Referências Bibliográficas relação direta com a idade dos cães, provavelmente acompanhadas da diminuição da resistência fisiológica devido ao envelhecimento.


Semin rio de princ pios b sicos em pesquisa animal

 Fukuda, S Incidence of Pyometra in colony-raised Beagle dogs; ExpAnim, v.50, n.4Dissertação de mestrado de Mauren Picada Emanuelli, Santa Maria, RS, Brasil – 2007


Obrigado
Obrigado! dogs; ExpAnim, v.50, n.4