Ensaios de Pureza - Impurezas Orgânicas - Impurezas Inorgânicas - PowerPoint PPT Presentation

slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Ensaios de Pureza - Impurezas Orgânicas - Impurezas Inorgânicas PowerPoint Presentation
Download Presentation
Ensaios de Pureza - Impurezas Orgânicas - Impurezas Inorgânicas

play fullscreen
1 / 33
Ensaios de Pureza - Impurezas Orgânicas - Impurezas Inorgânicas
174 Views
Download Presentation
tuyet
Download Presentation

Ensaios de Pureza - Impurezas Orgânicas - Impurezas Inorgânicas

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Ensaios de Pureza - Impurezas Orgânicas - Impurezas Inorgânicas

  2. Ensaios de Pureza Pureza = qualidade do que é puro Termos farmacêuticos : Impureza é definida como toda substância diferente ao fármaco / excipiente, originada de seu processo de obtenção, acondicionamento, conservação ou manipulação. Fonte de impurezas: Processo de obtenção (solventes utilizados, purificação), instabilidade química do fármaco, recipientes utilizados, contaminação atmosférica. Farmacopéias: Fornecem limites máximo de impurezas , sendo específico para cada MP

  3. Ensaios de Pureza Impurezas Orgânicas – São relativamente específicas/ particulares para cada produto / insumo farmacêutico. Cada monografia descreve a metodologia a ser aplicada na determinação de impurezas e seus limites. Formas de contaminação Intrínsecas Extrínsecas Intrínsecas: Decorrente do processo de decomposição. Por ex. Ác. salicílico – Ác. Acetil salicílico Extrínsecas: decorrem de contaminação ambiente, falhas no processo , estando associadas aos processos de obtenção dos produtos. Ex. processo de purificação

  4. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas orgânicas: • Métodos Instrumentais : Os métodos de separação são os mais aplicados. • HPLC / CLAE • CCD • Métodos eletroanalíticos: • Potenciometria • Condutometria

  5. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas orgânicas: • HPLC / CLAE : • - A pureza da amostra será determinada em função do perfil do cromatograma. • Observa-se a quantidade de picos e também sua intensidade • Quando as impurezas são frequentes e bem estabelecidas, pode-se utilizar padrões específicos e quantificá-las.

  6. Ensaios de Pureza Lamivudina Figure 1: HPLC chromatogram of lamivudine and its related impurities Monographs for antiretrovirals Lamivudina: Fármaco indicado para o tratamento de infecção por HIV, tipos 1 e 2.

  7. Ensaios de Pureza • Fig.1 show the UV and MS chromatograms of Erythromycin A oxime (Ery-AO) which is a macrolide antibiotic produced by a strain of bacteria known as Saccaropolysporaerythraea. Some impurities are indicated.

  8. FIGURA 2:Cromatogramas obtidos em análises de piridoxina em geléia real por CLAE.  A= padrão de piridoxina (VITAMINA B6) e B= amostra de geléia real. Utilizou-se a metodologia de cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), em sistema isocrático composto por bomba, auto-injetor e detector de fluorescência (padrão piridoxina Sigma   P-5669).

  9. Ensaios de Pureza

  10. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas orgânicas: • CCD ( Cromatografia em camada Delgada) • Técnica simples e de baixo custo • Pode ser utilizada na avaliação de pureza de uma determinada amostra. • Estima-se o grau de pureza em função do número de manchas na placa e sua intensidade.

  11. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas orgânicas: • Outros métodos utilizados: • Faixa de Fusão (Ponto de Fusão) • Rotação Óptica • Determinação de pH • Observação: Métodos descritos em ensaios de identificação.

  12. Ensaios de Pureza Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: Podem ser : a) Quantitativos b) Semi-quantitativos Contaminantes inorgânicos mais comuns: Água, íons metálicos, cloretos, sulfatos e outros ânions.

  13. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • Métodos Quantitativos • São essencialmente gravimétricos ( determinação da massa /separação e pesagem) • Exceções: Método de Karl fisher (volumétrico) • Teor de Umidade (Aquametria) • Teor de substâncias voláteis e não voláteis • Determinação de substâncias solúveis e insolúveis totais • Teor de cinzas • Teor de cinzas sulfatadas • Teor de cinzas insolúveis e ácido clorídrico

  14. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • Métodos Semiquantitativos • Baseados em reações químicas, as quais produzem turbidez ou mudança de cor visualmente detectáveis. • Ensaio limite para Cloretos • Ensaio limite para Sulfatos • Ensaio limite para amônia • Ensaio limite para Ferro • Ensaio limite para Metais pesados • Ensaio limite para Arsênio

  15. Ensaios de Pureza Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: Métodos Quantitativos 1) Teor de umidade ( Aquametria) Métodos Físicos – Método Gravimétrico b) Balança semi-analítica com Infravermelho c) Métodos Químicos – Karl Fisher (Volumétrico)

  16. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • Métodos Quantitativos • 1) Teor de umidade - Método Gravimétrico • Determina a porcentagem de água na amostra após a secagem da amostra em determinadas condições de T e t, conforme monografia. • Utilizar pesa filtro de fundo chato, previamente dessecado e tarado. Pesar aprox. 1g – 2g da amostra. • Secagem do Fármaco até peso constante.

  17. Secagem em estufa (usual 105ºC – 2horas) : Produtos termoestáveis. • Produtos termolábeis: secagem em T mais baixas, abaixo do Ponto de Fusão. • Resfriar em dessecador • A porcentagem de água na amostra é determinada pela pesagem da amostra antes e após a secagem. • % Umidade : Pa – Ps / Pa • Ps: Peso amostra seca • Pa: Pesa – filtro com amostra

  18. Dessecador É usado para guardar substâncias em ambiente com pouco teor de umidade Pesa filtro com fundo chato

  19. - Pode -se também determinar a umidade através de balança acoplada com secador Infra vermelho Balança semi-analítica acoplada a secador por infra-vermelho permitem obter medições de umidade de alta precisão.

  20. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • 1) Teor de umidade - Karl Fisher (Método volumétrico) • Baseia-se na reação quantitativa entre água e reagente Karl Fisher (iodo+ dióxido de enxofre+ piridina+ metanol). • Reação de Titulação ( O I2 é reduzido a I ) • Ponto final da reação: quando acaba toda a água da amostra, a reação cessa e o ponto final pode ser visto visualmente ( mudança de tom amarelo para amarronzado). • Teor de umidade: V.T / TE • V:Volume do titulante • T: Titulo do reagente de Karl Fisher • TE: quantidade da amostra

  21. Figura: Aparelho de Karl-Fischer Aparelhos de Karl-Fischer automáticos determinam diretamente a porcentagem de água presente na amostra.

  22. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • 2) Teor de substâncias voláteis e não voláteis • Mesmo princípio gravimétrico de aquametria, de acordo com a monografia. • 3) Teor de substâncias solúveis e insolúveis • Pesar a amostra e diluir em solvente conforme monografia. • Filtrar em funil de vidro sinterizado previamente tarado • Levar o funil à estufa e secar até peso constante. • % solúveis: Pa – Pp/ Pa x 100 % Insolúveis: Pp / Pax100 • Pp: Peso precipitado seco Pa: Peso amostra

  23. Funil de vidro que possui uma placa de vidro sinterizado, capaz de reter as partículas

  24. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • 4) Teor de cinzas • Determina resíduos de sólidos inorgânicos metálicos • Pesar 3g de amostra • Incinerar a 450º C até peso constante (Mufla)

  25. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • 5) Teor de cinzas sulfatadas • Determina resíduos de sólidos inorgânicos metálicos • - Adiciona-se H2SO4 • Pesar 1g de amostra e Adicionar H2SO4 SR ( solução reagente) • Aquecer até a carbonização e desprendimento de gases • Incinerar a 800ºC, resfriar , add 1 mL de H2SO4 SR, carbonizar e reincinerar . • - Resfriar, adicionar carbonato de amônia e incinerar até peso cte.

  26. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • 6) Teor de cinzas insolúveis e Ácido clorídrico • Determina resíduos de sólidos inorgânicos metálicos • Utiliza-se Ácido clorídrico (Elimina interferência de sais de metais de sódio e potássio ) e a cinza obtida no processo anterior. • Aquecer em 25 mL de HCl • Lavar a quente e incinerar a 500 C até peso cte. • % = ( Pr – Pa) x 100, onde Pa = peso amostra e P r :peso do resíduo

  27. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • Métodos Semiquantitativos • Ensaios limites para Cloretos • - Visa determinar se a amostra ultrapassa um valor máximo de íons Cloreto. • Reação com Nitrato de Prata. • Cl­ + AgNO3AgCl + NO­ 3 • Comparação com a turbidez observada em tubo de Nessler. • ( Tubo com amostra e tudo com concentração padrão de cloreto)

  28. Observação : Esquema demonstrativo. Lembrando que para Ensaio de Cloretos é verificada a TURBIDEZ. Amostra Padrão

  29. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • Métodos Semiquantitativos • 2) Ensaios limites para Sulfatos • - Visa determinar se a amostra ultrapassa um valor máximo de íons Sulfatos • Reação com Cloreto de Bário em meio clorídrico. • SO4 ­ + BaCl2 BaSO4 + 2 Cl ­ • Comparação com a turbidez observada em tubo de Nessler. • ( Tubo com amostra e tudo com concentração padrão de cloreto)

  30. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • Métodos Semiquantitativos • 3) Ensaio limite para Amônia • - Visa determinar se a amostra ultrapassa um valor máximo de Amônia na amostra. • Reação de coloração. Compara-se a cor do tubo com concentração padrão de amônia com o tubo contendo a amostra.

  31. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • Métodos Semiquantitativos • 4) Ensaio limite para Ferro • - Visa determinar se a amostra ultrapassa um valor máximo de Ferro na amostra. • Baseia-se em reações de complexação com ácido glicólico ou Tiocianato de Potássio. • Reação de coloração. • A cor do tubo contendo a amostra não deve ser mais forte que a do padrão.

  32. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • Métodos Semiquantitativos • 5) Ensaio limite para Metais pesados • - Visa determinar se a amostra ultrapassa um valor máximo de metais pesados na amostra – Pb • Baseia-se em reações colorimétricas. • Reação colorimétrica entre impurezas metálicas e sulfato. • A cor do tubo contendo a amostra não deve ser mais forte que a do padrão.

  33. Ensaios de Pureza • Metodologias empregadas na determinação de impurezas Inorgânicas: • Métodos Semiquantitativos • 5) Ensaio limite para Arsênio • - Conversão de arsênio em Arsina ( AsH3) • Compara-se visualmente a cor obtida pela amostra com a cor do padrão ou realiza-se leitura em espectrofotômetro ou colorímetro.