II CONGRESSO DE UNIVERSITÁRIOS DA ACN CDE - 7 de S etembro - PowerPoint PPT Presentation

tate
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
II CONGRESSO DE UNIVERSITÁRIOS DA ACN CDE - 7 de S etembro PowerPoint Presentation
Download Presentation
II CONGRESSO DE UNIVERSITÁRIOS DA ACN CDE - 7 de S etembro

play fullscreen
1 / 41
Download Presentation
II CONGRESSO DE UNIVERSITÁRIOS DA ACN CDE - 7 de S etembro
71 Views
Download Presentation

II CONGRESSO DE UNIVERSITÁRIOS DA ACN CDE - 7 de S etembro

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. II CONGRESSO DE UNIVERSITÁRIOS DA ACN CDE - 7 de S etembro Maracanaú, CE 20 a 22 de abril de 2012, OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO.Autor:Matusalém Alves Oliveira matusala@terra.com.br Fone: (83) 3337-2054 (83) 99323389 UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  2. Desde os primórdios da humanidade o ser humano em seu imaginário coletivo admiti a existência de heróis e mitos civilizadores cujos caminhos se cruzam entre diversas comunidades, oferecendo-lhes afinidades sociais. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  3. Categoricamente podemos citar o mito Sumé no qual se tornou uma incógnita em toda a extensão do Continente Americano. Conhecido por diversos nomes: Sumé, Xumé, Pai Abara entre nossos índios, Quetzalcoatl nas culturas de Mesoamérica, Sommay entre os Caríbas; no Haiti era Zemi, na América Central era Zamima UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  4. O Mito do Sumé-Tomé rapidamente espalhou-se por toda a colônia brasileira e colônias espanholas da América do Sul e teria deixado várias evidências. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  5. A tradição conta que muito tempo atrás, quando os brancos não tinham ainda chegado por aqui, Pai Sumé se manifestou, andou, comeu e ensinou entre os nativos. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  6. Pai Sumé ou Suman é considerado o protetor da terra do Brasil. Este ensinamento tradicional é conservado por alguns pajés indígenas e caboclos. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  7. Ressaltamos que sempre foram vistas por muitos padres, estudiosos e mesmo por pessoas comuns relato de pegadas em rochas, que dariam o testemunho da passagem e dos trabalhos do “Apóstolo São Tomé”.

  8. Os vestígios de pés humanos, gravados em pedras, foram mostrados pelos índios aos primeiros portugueses que chegaram ao Brasil.

  9. Sergio Buarque de Holanda em sua obra VISÃO DO PARAÍSOnos informa que os portugueses já conheciam da influência da passagem de São Tomé na África, onde cultuavam o mesmo tipo de relíquias que na América foram atribuídas ao Santo. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  10. Através da ampla comunicação entre os jesuítas o mito do Apostolo Tomé foi recriado e vastamente divulgado. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  11. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  12. Em quase todas as citações Sumé aparece relacionado a antigas marcas em pedras, desde "pegadas" quanto a gravuras diversas interpretadas como "letras". UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  13. São João do Cariri - PbPedra da Pegada do Índio Pé de Pai Sumé - petróglifo na Baía de Paranaguá, PR UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  14. Suposta Pegada do Índio UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  15. Idiana Matusalém Jones e seu fiel Escudeiro UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  16. Pé de Pai Sumé - petróglifo na Baía de Paranaguá, PR UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  17. A pegada de Deus, no riacho Pouca Vergonha, em Oeiras-Piauí. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  18. O austríaco Schwennhagen também estudou o pétreo símbolo oeirense, por volta de 1927. Diz ele: “Mesmo sinal existe em Oeiras, no Piauí, e o povo sempre venerou esse sinal, desde a antiguidade. A forma do pé, gravada numa chapa de pedra, é uma placa comemorativa, usada  pelos povos antigos para indicar que naquele lugar esteve um homem, que  foi um benfeitor do povo... UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  19. ... A travessia de São Tomé pelo Atlântico nada tem de milagrosa. Naquela época a população das Canárias e das ilhas do Cabo Verde tinham ainda bons conhecimentos do Brasil e o zeloso apóstolo procurou uma caravela para ir com seus amigos pregar a nova religião aos povos do outro lado do oceano”. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  20. Peabiru, a mais antiga estrada brasileira UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  21. Peabiru, a mais antiga estrada brasileira UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  22. Dentre os muitos registros atribuidos a Sumé, onde ele poderia ter ensinado aos grupos primitivos da região encontra-se a Pedra do Ingá um dos mais importantes sitios arqueologicos do Brasil. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  23. Ao observamos com detalhes à Pedra do Ingá podemos constatar figuras que se assemelham a astros, figuras antropormofa, Zoomorfa, fitomorfas ou mesmo gravuras desconhecidas. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  24. Abordaremos a Pedra do Ingá no contexto das informações dos habitantes da região, relacionadas com a história de Sumé. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  25. Relatos que convergem para um entendimento de um dilúvio universal registrado por povos nos pontos mais longínquos dos continentes. Conforme os seguintes relatos: UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  26. Na Suméria, o mito sumério de Gilgamesh UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  27. A mitologia greco-romana nos conta a história de Deucalião e Pirra, sobreviventes do dilúvio imposto por Zeus com o propósito de exterminar a raça humana. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  28. Baisbasbata na mitologia hindu foi salvo do Dilúvio. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  29. Coxcox, Teocipactli ou Tezpi se salvou junto com sua esposa num barco, deixando a arca no Monte Colhuacau. Existem pinturas retratando o grande dilúvio encontrado entre os astecas, os mistecas, os zapotecas, os tlascalanos e muitos outros; UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  30. Os maias deixaram crônicas gravadas em hieróglifos, quase destruídas pelos espanhóis durante a dominação. Seu conteúdo permaneceu vivo na memória das pessoas e foi transcrito para o latim, intitulada PopolVuh, retrata um grande um dilúvio ocorrido em uma terra a qual era considerada o paraíso na Terra; UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  31. Os hopi sustentam que houve um lugar destruído por conta da violência e da corrupção e narram que apenas um homem, uma mulher e um casal de cada raça animal se salvou. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  32. Na Colômbia, os índios chibchas possuem uma lenda em que um deus que sustentava os céus (e às vezes a Terra) enviou um grande dilúvio no qual as águas teriam escorrido através de um buraco aberto na superfície da Terra. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  33. Entre os incas há uma lenda inca que conta que as chuvas teriam durado 60 dias e 60 noites, ou seja, 20 a mais da narração bíblica. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  34. A lenda de Tamandaré, dos índios guaranis, também retrata um dilúvio e a salvação de um casal no alto de uma montanha. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  35. Antigos habitantes fazem uma narração referente a Itacoatiara do Ingá, mostrando as gravuras relacionadas com criação e a destruição do mundo através de um dilúvio. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  36. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  37. UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  38. Sumé e a Narração do Dilúvio UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  39. 1º Momento Fitomorfos 2º Momento Zoomorfos 3º Momento Antropomorfos UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  40. OS MISTÉRIOS DE SUMÉ Letra e música - Zé Ramalho Cavalgando trovões enfurecidosDoma o raio lutando com PlutãoNas estrelas-cometa de um sertãoQue foi um palco de mouros enlouquecidosUm altar para deuses esquecidosConstruiu sem temer a LúciferNo oceano banhou-se na maréE nas montanhas deflorou a madrugadaNas paredes da pedra encantadaOs segredos talhados por SuméSacrifique o cordeiro inocenteEntre os seios da mãe-d'água sertanejaNuma peleja de violas se desejaÉ que o sol se derrube lentamenteQue a noite se perca de repenteNum dolente piado de guinéNos cabelos da ninfa SaloméNos espelhos de tez enluaradaNas paredes da pedra encantadaOs segredos talhados por Sumé Quando as tiras do véu do pensamentoDesenrolam-se dentro de um espaçoAdquirem poderes quando eu passoPela terra solar dos caririsHá uma pedra estranha que me dizQue o vento se esconde num sopéQue o fogo é escravo de um pajéE que a água há de ser cristalizadaNas paredes da pedra encantadaOs segredos talhados por SuméUm cacique de pele coloridaConquistou docilmente o firmamentoNum cavalo voou no esquecimentoDos saberes eternos de um druidaPela terra cavou sua jazidaCom as tábuas da Arca de NoéComo lendas que vêm do AbaetéE como espadas de luz enfeitiçadaNas paredes da pedra encantadaOs segredos talhados por Sumé UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.

  41. FIM ! UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – UEPB//PROGRAGRAMA DE CONSCIENTIZAÇÃO ARQUEOLOGICA-PROCA - Campina Grande/PB – Brasil >>> 2010 >>> VII Seminário A Filosofia das Origens >>> Rio de Janeiro/RJ. >>>>> 2010>OS ENSINAMENTOS DE SUMÉ E A TRADIÇÃO ITACOATIARA NO CONTEXTO DA PEDRA DO INGÁ E DO DILÚVIO BIBLICO Prof. Matusalém Alves Oliveira e Prof. Washigton Luís Alves de Menezes – Todos os Direitos Reservados Aos Autores.