slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
“ A ESPIRITUALIDADE APOSTÓLICA É LUZ E FONTE DE VIDA” PowerPoint Presentation
Download Presentation
“ A ESPIRITUALIDADE APOSTÓLICA É LUZ E FONTE DE VIDA”

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 46

“ A ESPIRITUALIDADE APOSTÓLICA É LUZ E FONTE DE VIDA” - PowerPoint PPT Presentation


  • 95 Views
  • Uploaded on

Patrimônio Espiritual Marista. “ A ESPIRITUALIDADE APOSTÓLICA É LUZ E FONTE DE VIDA”. DOIS FÓRUNS. 1- DE DEPOIMENTOS. 2- DE DISCUSSÃO . 1 – fórum de depoimentos. Para uma nova edição do Teleformar, nós o indicaríamos porque. ... foi motivador quando. ... provocou mudanças em... .

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '“ A ESPIRITUALIDADE APOSTÓLICA É LUZ E FONTE DE VIDA”' - starr


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Patrimônio Espiritual Marista

“ A ESPIRITUALIDADE APOSTÓLICA É LUZ E FONTE DE VIDA”

slide2

DOIS FÓRUNS

1- DE DEPOIMENTOS

2- DE DISCUSSÃO

slide3

1 – fórum de depoimentos

Para uma nova edição do

Teleformar, nós o indicaríamos porque..

... foi motivador quando...

... provocou mudanças em... 

No entanto modificaria .......

slide4

1 – fórum de depoimentos

Você teria alguma experiência

especial que gostaria de partilhar

com os “telefornautas” ?

O espaço é seu!

slide5

2 – fórum de discussão

De acordo com os conteúdos

desenvolvidos no Teleformar, todos

que atuam nas Obras Maristas,

são Educadores Maristas.

Dê sua opinião.

slide6

ONDE????

http://www.maristas.org.br

Clicar em: Canais/teleformar/Fórum

fazer a experi ncia de deus
FAZER A EXPERIÊNCIA DE DEUS

no mundo, na ação educativa,

na vida, pois são luga-

res privilegiados

de encontro

com

DEUS

slide11

Ter OLHOS

e

CORAÇÃO de DEUSpara LER os SINAIS

slide12

Descobrir e amar a Deus no MUNDO,

na ESCOLA,

e ali escutá-lo,

amá-lo e servi-lo

slide13

Sinais de experiência de Deus

Não se trata de levitações, nem arrebatamentos; absolutamente nada que foge da condição humana.

slide14

É a certeza interior de uma força propulsora que sentimos para o bem e que não nasce de nós mesmos;

é uma experiência desprovida, muitas vezes, da razão.

slide15

O que nos permite reconhecer a experiência de Deus?

Capacidade de misericórdia

Capacidade de olhar o mundo com senso crítico, mas com misericórdia e com ternura; é experimentar o efeito salvador da ternura.

slide16

A gratuidade: como motivação e como exercício.

Significa: capacidade de doação sem resposta; priorizando a necessidade do outro acima dos próprios interesses ou, capacidade de amar “o não amável”, relativizando o êxito, como exercício de paciência.

slide17

O SERVIÇO EVANGÉLICO

A gratuidade se torna gesto concreto no serviço evangélico.

Serviço sem pretensões, sem ostentação e nem recompensas.

Serviço que é colocar a própria vida à disposição dos outros e em função dos outros, sentindo um gozo inefável, que não se entrega ao cansaço, nem à dor.

slide18

O AMOR AOS

POBRES,

AOS FRACOS...

Quem faz a experiência da presença de Deus em sua vida acaba vendo as coisas de outro modo: COMO DEUS AS VÊ, preferindo o necessitado deste mundo, o fraco, o desprezado, o excluído...“os preferidos de Deus”.

Buscar Deus na vida requer paixão, amor e paciência.

slide19

Inácio de Loyola

Definia a

maturidade

espiritual na

“capacidade

de encontrar

Deus

em qualquer

hora e lugar”.

slide20

M. Champagnat

“Me encontro

com DEUS

nas ruas de Paris

tanto quanto

nosbosques

de L’Hermitage”.

meios pr ticos para encontrar deus
Meios práticos para encontrar Deus

Atenção, escuta, capacidade e paciência para buscar Deus

Prestar atenção nos detalhes

Capacidade de observação

Tempo e espaço que nos ajudem a parar.

slide22

Ritmo de vida

humano e

equilibrado

Onde haja espaço para a atenção.

O descanso, escutar Deus e os demais.

Muitas vezes, a vida nos impõe um ritmo muito forte.

Às vezes, nós mesmos forçamos o ritmo de nossa vida

slide23

Liberdade

interior e

exterior

  • Liberdade interior frente aos impulsos que nos enganam.
  • Liberdade exterior frente às exigências da sociedade.
slide24

Numa sociedade como a nossa, onde Deus é tão pouco relevante, é ilusão querer encontrar Deus, sem ter grande capacidade de autonomia.

slide25

Não será através de longas orações e nem de êxtases místicos

E sim, por meio de uma forte sensibilidade para ver e sentir Deus no cotidiano.

slide26

Se desvincular-mos Deus do cotidiano, corremos o risco de ficarmos sem Ele.

Nunca foi fácil encontrar Deus no dia a dia. É mais fácil fugir e buscá-lo nos espaços e tempos especiais.

slide27

SURPRESAS

DE DEUS

AQUELE QUEESTÁ EM SINTONIA COM DEUS,SEMPRE É PRESENTEADO COMSURPRESAS AGRADÁVEIS DE SUA PRESENÇA AMOROSA.

as crian as del cias de jesus
As crianças, delícias de Jesus

Intuição básica

Fundamento

pedagógico

Pedagogia do

AMOR

as crian as pre o do sangue de jesus
As CRIANÇAS, preço do SANGUE DE JESUS

Nutriente do seu

zelo pedagógico

Toda sua vida será

um ECO do ensino

Formá-los à VIRTUDE

jesus recompensa o trabalho com as crian as
JESUS recompensa o TRABALHO com as CRIANÇAS

Viver a parábola do Juízo Final

na escola: BELA RECEPÇÃO

Consagrar a vida

na atenção, cuidado

e formação dos

“preferidos de Jesus”

estar com as crian as am las imitando jesus
Estar com as CRIANÇAS, AMÁ-LAS, imitando JESUS

IDEAL do Educador

ESTAR com as crianças

AMÁ-LAS

ZELAR por elas

HUMIDADE

conduzir as crian as a jesus
CONDUZIR as crianças a JESUS

META da educação MARISTA

EVANGELIZAÇÃO

EDUCAÇÃO INTEGRAL

slide33

ORIGEM

EVANGÉLICA

DO CARISMA

MARISTA:

“André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram as palavras de João, e o haviam seguido. Encontrou seu irmão, Simão e lhe disse: ‘Encontra-mos o Messias’. ELE O CONDUZIU A JESUS” (Jo 1,40-42).

slide34

Atitude

pedagógica

Marista:

Estar com as crianças

AMÁ-LAS

ConduzÍ-las a JESUS

slide35

1

Cultivar um AMOR

APAIXONADO por

JESUS CRISTO

e fazer dele a

MOTIVAÇÃO CENTRAL

de nossa

AÇÃO EDUCATIVA

slide36

“Se no nosso modo de viver o Evangelho

Jesus Cristo não

estiver no centro

Nossa vida não tem sentido nem

para nós e nem para os outros”

slide37

A maior ou menor

VITALIDADE

do colégio marista depende

da maior ou menor

presença de SINAIS

EVANGÉLICOS

slide38

2

Ser homens e mulheres

CONTEMPLATIVOS

Contemplativos na AÇÃO

Ver Deus em todas

as coisas e todas as coisas em Deus

slide39

Ser contemplativo

na AÇÃO é:

Ver e escutar Deus no colégio

Contemplá-lo nos êxitos/fracassos

Consciência de ser um instrumento

nas mãos de Deus

Toda a ação educativa/apostolado

é lugar de encontro com Deus

slide40

Manter uma relação

vital e profunda com

CRISTO

Nos sacramentos

Na oração

Na leitura da Palavra

Na ação educativa

PARA...

slide41

Sair da anemia espiritual

Adquirir sensibilidade

contemplativa de ver Deus

em tudo

ABRASAR O

Ser testemunho, “pessoa de Deus”

que vive para os outros

Nadar contra a corrente

slide42

Cultivar o profetismo

e através dele avançar na

fidelidade criativa do

CARISMA MARISTA

3

É o que define

nossa

CREDIBILIDADE

sinais prof ticos
SINAIS PROFÉTICOS

Educação dos valores

Partilha e fraternidade

Solidariedade

Afirmação da Transcendência

Compaixão

Misericórdia

Discernimento

slide44

4

Fazer da EDUCAÇÃO um

lugar de SANTIFICAÇÃO

O EDUCANDO, um

sacramento de DEUS

slide45

Cinco experiências

EDUCATIVAS

onde podemos fazer a

EXPERIÊNCIA DE DEUS

A experiência dos

encontros pessoais

A experiência da beleza

slide46

A experiência do mal

A experiência do vazio

A experiência do convite

à superação