cadeia de suprimentos um caso real na ind stria de cer mica branca n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Cadeia de Suprimentos – Um caso real na indústria de cerâmica branca PowerPoint Presentation
Download Presentation
Cadeia de Suprimentos – Um caso real na indústria de cerâmica branca

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 36

Cadeia de Suprimentos – Um caso real na indústria de cerâmica branca - PowerPoint PPT Presentation


  • 85 Views
  • Uploaded on

Cadeia de Suprimentos – Um caso real na indústria de cerâmica branca . Autor:Acácio Callim Doutor em Administração de Empresas e Logística Empresarial Professor da Universidade Unicarioca Consultor em logística empresarial Objetivo do trabalho :

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Cadeia de Suprimentos – Um caso real na indústria de cerâmica branca' - skylar


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide2

Autor:Acácio Callim

Doutor em Administração de Empresas e Logística Empresarial

Professor da Universidade Unicarioca

Consultor em logística empresarial

Objetivo do trabalho:

Detalhar a cadeia de suprimentos em um caso real – teoria aplicada na prática .

o que suprimento
O QUE É SUPRIMENTO?

“QUALQUER VARIÁVEL QUE POSSA ABALAR A VENDA DO PRODUTO

AO CONSUMIDOR”

slide5

P&D

MKT

Finanças

Administração da Produção

Fornecedores

RH

SUPRIMENTOS PRINCIPAIS

slide6

SUPRIMENTOS

O que o produto precisa?

Estoques

Compras/pesquisa

Fabrica

Meta

Fornecedores

Mão de obra

Retirada de materiais

Maquinários

Recebimento

Embalagem

Conferência

Estocar

Distribuição

Suprimentos secundários

0 mercado hoje n s empresa b versus concorrente
0 mercado hojenós(empresa B) versus concorrente
  • Empresa A: 15 anos no mercado

- Preço : $ 2100,00

  • Investimento em TI(2013)=4%
  • Share: 18%
  • Empresa B: 6 anos no mercado

- Preço: $ 900,00

  • Investimento em TI(2013)=17%
  • Share: 43%
slide8

Integração

Segurança

Automação

TI

Rapidez

Mobilidade

Economia

Dinamismo

A cadeia de suprimentos controlada pela tecnologia da informação

slide9

O declínio nunca.....

Estratégias são suprimentos?

slide10

TI é um suprimento?

  • Implica em:
  • mais qualidade;
  • menos refugo;
  • preço ao consumidor menor;
  • mais agilidade na produção;
  • tomada de decisão de forma mais precisa.
slide15

Os fatores decisivos na cadeia de suprimentos

para “just in time”:

*QUALIDADE

*PREÇO

*SATISFAÇÃO DO CONSUMIDOR

nossos processos
Nossos processos:

1-Preparo da massa(barro+gesso)

2-Enchimento dos moldes

3-Pintura dos moldes

4-Queima dos moldes

5-Colocação das peças metálicas

6-Controle de qualidade

7-Embalar

8-Estocar

9-Distribuir

processos dependentes
PROCESSOS DEPENDENTES

Se um parar, outra para.

Policiamento severo dos processos de produção.

Acompanhamento permanente de possíveis anormalidades nos processos que possam causar refugo de produto.

materias primas s o suprimentos
Materias primas são suprimentos?

30 dias de trabalho/mês

100 peças por dia

hidro= 5kg de barro+5kg de gesso

3000 hidros=15t de barro e gesso/mês

m o de obra suprimentos
Mão de obra- suprimentos?

PRIMEIRA ETAPA DA FABRICAÇÃO:

PREPARO DA MASSA

A)TEMPO DA MISTURA=40 MINUTOS

B)QUANTIDADE DE MASSA=NÍVEL 6

ESSES PARÂMETROS SÃO SUFICIENTES PARA ALIMENTAR AS 100 HIDROS /DIA.

CASO NÃO SEJA REGISTRADO ESSES VALORES -PROBLEMA NA LINHA DE PRODUÇÃO.

manuseios s o suprimentos
Manuseios são suprimentos?

MOLDES

A)QUANTIDADE DE BARRO E GESSO POR MOLDE – 5/5

B)NÍVEL DE ENCHIMENTO-NÍVEL 3

C)TEMPO DE ENCHIMENTO – 4MIN.

ESSAS 3 INFORMAÇÕES DEVEM SER PRECISAS PARA TODOS OS MOLDES CASO CONTRÁRIO – REFUGO DA PEÇA

maquin rios suprimentos
Maquinários-suprimentos?

PINTURA DOS MOLDES

A)TEMPO DE PINTURA -8 MIN.

B)QUANTIDADE DE TINTA – 0,002L.

Pistolas de jato de tinta com bico angular

CASO NÃO SEJA REGISTRADO ESSES VALORES A HIDRO SAI DE OUTRA COR DIFERENTE DA CARTELA DE CORES

o clima pode ser suprimento
O clima pode ser suprimento?

FORNO

A)TEMPO NO FORNO – 23MIN

B)TEMPERATURA DO FORNO-1100 GRAUS CELSIUS

C)CARGA NO FORNO – 10 HIDROS.

QUALQUER ANOMALIA AQUI A HIDRO RACHA.

empresas terceirizadas podem ser suprimentos
Empresas terceirizadas podem ser suprimentos?

PEÇAS METÁLICAS

(compradas de outras empresas)

o produto pronto ainda pode gerar novos suprimentos
O produto prontoainda pode gerar novos suprimentos?

Distribuição – transporte de carga

A)FAZER ROTA ÓTIMA DIÁRIA-horário

B)ARRUMAÇÃO DO CAMINHÃO

C)CHECAR CARGA DENTRO DO CAMINHÃO-NÚMERO DE PEÇAS

slide32

APÓS A VENDA DO PRODUTO AO CONSUMIDOR AINDA PODEM SURGIR NOVOS SUPRIMENTOS?

  • Pesquisa de satisfação ao consumidor - CRM
  • Recall
  • Garantia do produto
conclus o
CONCLUSÃO:

TI é um suprimento principal na cadeia logística?

Atualização( análise constante do mercado ) e espírito

inovador são suprimentos?

Salário hoje de um gestor de cadeia de suprimentos

R$28 mil - empresa de grande porte