totalitarismo n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
TOTALITARISMO PowerPoint Presentation
Download Presentation
TOTALITARISMO

Loading in 2 Seconds...

  share
play fullscreen
1 / 32
Download Presentation

TOTALITARISMO - PowerPoint PPT Presentation

siusan
344 Views
Download Presentation

TOTALITARISMO

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. TOTALITARISMO

  2. Tópicos • I- Teorias clássicas do totalitarismo • II- Totalitarismo moderno e experiências políticas representantes • III- Totalitarismo fascista e totalitarismo comunista • IV- O problema da extensão do conceito de totalitarismo • V- Conclusão

  3. TEORIAS CLÁSSICAS DO TOTALITARISMO

  4. Quando começou a ser falado do estado totalitário? Começou a ser falado na Itália, por volta da metade da década de 20, com a intenção de significar as características do estado fascista em oposição ao estado comunista Já na Alemanha o termo não teve tanta voga, eles preferiam falar de estado autoritário. Entretanto o termo começa a ser usado para designar todas as ditaduras monopartidárias

  5. Características originais do governo totalitário Em 1940, no simpósio sobre “estado totalitário”, >monopolização de todos os poderes no seio da sociedade >a necessidade de gerar uma sustentação de massas >o recurso as modernas técnicas de propaganda Carlton H. Hayes

  6. O que é totalitarismo de acordo com H. Arendt? O totalitarismo é uma forma de domínio radicalmente nova porque tende a destruir os próprios grupos e instituições que formam o tecido das relações privadas do homem, tornando-o estranho ao mundo e privando-o até de seu próprio eu. Plano organizado ideologia totalitária Partido único terror totalitário

  7. O que é partido único? É uma formação elitista que cultiva uma crença fanática. Sincronização ideológica de todos os tipos de grupos e de instituições sociais. >polinização das áreas mais remotas da política >polícia secreta O que é ideologia totalitária? Pretende explicar com clareza absoluta e de maneira total o curso da história, torna-se por isso, independente de toda experiência ou verificação fatual e constrói um mondo fictício...

  8. O que é terror totalitário? Ele serve para traduzir na realidade, o mundo fictício da ideologia e confirmá-la, tanto em seu conteúdo, quanto em sua lógica deformada. Estrutura do regime totalitário Multiplicação e uma sobreposição de funções e de competências da administração estatal, do partido e da política secreta. Ausência de estruturas Esta de acordo com o movimento e a imprevisibilidade próprios do regime totalitário e que têm origem na vontade absoluta do ditador, o qual sempre está em grau de fazer flutuar o centro do poder totalitário de uma para outra hierarquia.

  9. Chefe É o único a quem compete decidir quem será o próximo inimigo potencial ou objetivo ...isso não faz dele explicitamente um terceiro pilar da noção de totalitarismo ( ao lado do terror e da ideologia). Arendt

  10. O que é totalitarismo de acordo com Carl j. Friedrich e com Zbigniew K. Brzezinski Define o totalitarismo como base nos traços característicos que podem ser encontrados na organização dos regimes totalitários. >uma ideologia oficial >uma partido único de massa >um sistema de terrorismo policial >monopólio absoluto sob todos os meios de comunicação >monopólio absoluto sob a tecnologia moderna, de todos os instrumentos da luta armada >um controle e uma direção central de toda a economia

  11. Modo de abordar o tema Arendt 1- se preocupa em determinar o fim essencial do totalitarismo 2- fala sobre a personalização do poder totalitário e sobre a importância do chefe 3-ele aborda que o regime esta apenas na Alemanha (hitlerista) e na Rússia(stalinista)

  12. Friedrich e Brzezinski 1-Não conhecem nenhum fim no totalitarismo 2-não enfatiza a questão da personalização do totalitarismo e nem define a importância do chefe 3- para eles é totalitarista alem do regime nazista e soviético, o regime fascista italiano, comunista chinês e os regimes comunistas do leste europeu. Pontos de acordo 1-ambos vêem o totalitarismo como uma forma de dominação política 2-ambos definem; ideologia oficial, terror policial e partido único

  13. Conclusão Neste sentido pode-se dizer que o regime totalitário da pouca importância à distinção tradicional entre estado e sociedade. Revisão de três aspectos do totalitarismo Desde a época que foram apresentadas as teorias de Arendt , de Friedrich e Brzezinski houve a tendência de reproduzir três aspectos do totalitarismo por parte de muitos autores.

  14. > o partido, a ideologia e o terror Raymond Aron No início da década de 60, delimitou-se as direções que deveriam tomar esses três aspectos >a novidade do totalitarismo >a similaridade entre o totalitarismo fascista e o comunista >a extensão do conceito de totalitarismo a todos os regimes comunistas

  15. Eficácia das revisões >menor eficácia Pesquisas de precedentes históricos >maior eficácia Análise das relações entre totalitarismo fascista e comunista Tendência revisionista si preocupou apenas com as teorias de Friedrich e não teve em vista as teorias de Arendt

  16. TOTALITARISMO MODERNO E EXPERIÊNCIAS POLÍTICAS PRECEDENTES

  17. Vários autores identificaram precedentes de regimes totalitários tanto na antiga greco-romana quanto despotismo oriental e também em experiências políticas na Europa moderna: Acepções Franz Neumann, fala da antiguidade greco-romana, salientadamente deduz, que tanto o regime espartano quanto o regime do império romano do tempo de Diocleciano eram ditaduras totalitárias.

  18. Fundamentação Karl A. Wittfogel, fala do depostismo oriental, salientadamente deduz, partindo da concepção marxista sobre o “modo de produção asiática”. Espartano Império Romano Domínio sobre os ilotas Polícia de Arregimentação social

  19. Barrington Moore, embora não compartilhando da mesma concepção de Karl A, ele estuda o depostismo indiano e chinês em particular(...) ele também fala da ditadura Calvino que ocorreu em genebra: Calvino: queria construir ou criar um estado cristão sobre o modelo teocrático israelita, ou seja, proibindo festas, passatempos preferidos de genebra, decretar o corte das roupas, o tipo de sapato.

  20. TOTALITARISMO FASCISTA E TOTALITARISMO COMUNISTA

  21. O PROBLEMA DA EXTENSÃO DO CONCEITO DE TOTALITARISMO

  22. Critica revisionista Ataca a tendência representada por Friedrich >alargar a aplicação do conceito de totalitarismo a todos os regimes comunistas Os críticos são contra essa aplicação, eles si preocupam em abordar; >A heterogeneidade substancial entre o regime stalinista e outros regimes comunistas >A descontinuidade entre o regime stalinista e o regime soviético pós-stalinista.

  23. Atenção para: # A diversidade do papel e do peso do terror # A diversidade da personalização do poder # A importância da ideologia Terror, elemento fundamental Os primeiros autores que elaboraram o conceito do totalitarismo, classificaram o terror como elemento fundamental.

  24. Terror totalitário # terror do regimes autoritários Atinge Inimigos objetivos e outras vítimas inocentes >neste caso as vítimas: objeto de terror inimigos traidores >terror é um instrumento que inibe qualquer tipo de oposição, força...

  25. Onde si encontra o terror totalitário? >Na Rússia stalinista >Na Alemanha Hitlerista Onde não si encontra? >Na Itália Fascista >Nos países comunistas do leste europeu >Na Rússia pós-stalinista

  26. Na Rússia stalinista terror totalitário Na Rússia pós-stalinista não há terror >Isso ocorre por causa do declínio substancial do terror Esta mudança está expressa nas inovações normativas e institucionais >Abolição da comissão especial do ministério do interior >Abolição dos processos secretos contra as pessoas acusadas de delitos contra o estado >As limitações impostas à jurisdição dos tribunais militares

  27. Conclusão E a mesma de Arendt ...a limitação do conceito do totalitarismo aplica-se apenas aos regimes de Hitler na Alemanha e de Stalin na Rússia. Vários autores preferiam modificar esse conceito, no sentido de dar uma atenção ao papel do terror >Estender sua aplicação a todos os regimes comunistas e à Rússia pós-stalinista.

  28. CONCLUSÃO

  29. Os elementos constitutivos do totalitarismo >A ideologia, o partido único, ditador e o terror A ideologia totalitária >Explica o curso histórico, critica as situações existentes e propõe uma transformação radical do sistema de governo. O ditador totalitário >Exerce um poder absoluto

  30. Hitler e Stálin impõe o poder Mussolini não conseguiu jamais reunir em suas mãos um poder comparado com o de Hitler e Stálin. Mobiliza a sociedade Mobiliza a sociedade inteira ao mesmo tempo que lhe destrói a autonomia.

  31. Denota de uma experiência política real Experiência política real, nova e de grande relevo que deixou uma marca indelével na história e na consciência dos homens no século XX. Conseqüências Miséria, revolta, morte...

  32. EQUIPE: Maria Elisa Dias Hudson Lopes Gracy Conceição Tércia Resende