o que est em jogo n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
O que está em jogo ... PowerPoint Presentation
Download Presentation
O que está em jogo ...

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 25

O que está em jogo ... - PowerPoint PPT Presentation


  • 60 Views
  • Uploaded on

O que está em jogo. É a disputa por recursos, pois existe o sistema de COOPERAÇÃO financeira; Aumenta a defasagem entre o sistema educacional e o sistema econômico;. Outros pontos. Com a criação do CFE e Conselho estadual as escolas particulares ganham direito a representação.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'O que está em jogo ...' - scott


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
o que est em jogo
O que está em jogo ...
  • É a disputa por recursos, pois existe o sistema de COOPERAÇÃO financeira;
  • Aumenta a defasagem entre o sistema educacional e o sistema econômico;
outros pontos
Outros pontos...
  • Com a criação do CFE e Conselho estadual as escolas particulares ganham direito a representação.
  • torna-se inevitável disputas por recursos...
movimentos de educa o popular
Movimentos de educação popular
  • Momento de grande produção teórica;
  • Grande ação efetiva dos movimentos de educação popular na década de 60, principalmente na primeira metade.
centros populares de cultura cpc
Centros Populares de Cultura (CPC)
  • 1961 o primeiro criado pela UNE;
  • Entre 1962 e 1964 espalharam-se;
movimentos de cultura popular mcp
Movimentos de Cultura popular(MCP)
  • Surge em 60 ligada a prefeitura de Pernanbuco;
movimento de educa o de base
Movimento de Educação de Base
  • Criados 1961 pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil);
  • Na composição ideológica dos grupos há tanto influência marxista quanto cristã;
  • Era um momento muito rico as atividades destes grupos iam desde peças de teatro até publicações, exposições, exibição de filmes e documentários, alfabetização rural e urbana;
em 1964
Em 1964
  • Esses grupos passam a ser considerados subversivos os seus lideres são penalizados, com exceção do MEB, que sofre alteração na sua orientação e diminuição das suas atividades;
cr ticas
Críticas...
  • Populista;
  • Paternalista;
  • Autoritários dada a orientação dos intelectuais...
  • Mas há que se considerar o seu tempo, portanto contexto...
a ditadura e a educa o
A ditadura e a educação

Início dos anos 60:

O Brasil vive ideologia política

X

Modelo econômico

ideologia politica
Ideologia Politica
  • Nacionalismo;
  • Busca pela identidade nacional;
  • Anseio pela independência econômica;
  • Populismo;
modelo econ mico
Modelo econômico
  • se internacionaliza;
  • e se submete ao controle estrangeiro;
  • O golpe militar de 64 opta pelo aproveitamento do capital estrangeiro e liquida com nacional desenvolvimentismo;
  • A recuperação econômica se dá por um modelo concentrador de renda que favorece uma camada restrita da população e arrocha os salários dos trabalhadores
xodo rural
Êxodo rural
  • Aprofunda os problemas que chega a níveis de miserabilidade;
  • Os brasileiros perdem o poder de participação e crítica;
  • Lei de Segurança Nacional;
  • Prisões
  • Inquéritos,exílios, etc...
reflexos na educa o
Reflexos na educação;
  • UNE fora da lei;
  • Elimina-se representação nacional;
  • Controle nas escolas de nível médio os grêmios são transformados em centros cívicos sob a direta orientação do professor de Moral Cívica (sempre alguém de confiança da direção);
slide14
1968
  • Em congresso clandestino da UNE, em Ibiúna, 900 estudantes foram presos e torturados.
slide15
1968
  • Ano marcado mundialmente pela revolta dos estudantes inclusive revolta iniciada em Paris;
  • Em novembro reforma universitária
  • Em dezembro AI-5-concede ao presidente da República poderes do executivo e legislativo;
  • Em fevereiro de 1969 decreto 447 proíbe professores e alunos de qualquer manifestação de caráter político;
reforma da ldb 5692 71
Reforma da LDB 5692/71
  • Três pilares:
  • Educação e desenvolvimento- formação de mão de obra para mercado em expansão;
  • Educação e segurança; formação do cidadão consciente(civismo,moral e cívica, OSPB - imposição da ideologia da ditadura)
  • Educação e comunidade:visando estabelecer a relação entre escola e comunidade, com a criação de empresários e mestres;(interferência da empresa na escola,modelo na estrutura organizacional burocratizada e hierarquizada)
lei 5692 71 vantagens aparentes
Lei 5692/71 vantagens aparentes
  • Extensão da obrigatoriedade do 1º grau (1ª a 8ª séries)
  • Escola única superação da seletividade com a eliminação do dualismo escolar, já que não existe separação entre o secundário e o técnico.
  • Profissionalização a nível médio para todos:superação do nível médio propedêutico.
lei 5692 71 vantagens aparentes1
Lei 5692/71 vantagens aparentes
  • Integração geral do sistema do sistema educacional do primário ao superior continuidade;
  • Cooperação das empresas na educação
os preju zos e fracassos
Os prejuízos e fracassos
  • Não há recursos materiais e humanos para atender a demanda da obrigatoriedade do ensino de 8 anos;
  • Escolas inadequadas para profissionalização

(sem estrutura);

  • Ninguém se profissionalizava mas era lançado no mercado um “exército de reserva” de mão de obra barata.
os preju zos e fracassos1
Os prejuízos e fracassos
  • As escolas particulares não se submetem a letra da lei, mas apresentam um programa oficial para efeitos de formalidade, na prática continuam preparando para o vestibular
  • Processo de privatização do ensino;
  • Cursos criados nos moldes empresariais que não significa sinônimo de qualidade pedagógica;
os preju zos e fracassos2
Os prejuízos e fracassos
  • Criação indiscriminada de cursos superiores;
  • Faculdades particulares de baixo nível voltada para os pobres, pois não estavam preparados para a disputa pelas vagas;
o fundamental da lei 5692 71
O fundamental da lei 5692/71
  • Caráter tecnocrático;
  • Eficiência e produtividade, que resulta em despolitização;
  • Eficiência e produtividade com fim em si mesmo e se sobrepõem aos valores pedagógicos;
  • Fortalece e camufla estruturas de poder;
o fundamental da lei 5692 711
O fundamental da lei 5692/71
  • Reforma aparentemente apolítica foi essencialmente política;
em 1980
Em 1980
  • Lei 7044/82 dispensa as escolas da obrigatoriedade da profissionalização, voltando a ênfase para a formação geral;
  • Estava em curso um lento processo de abertura política;
  • Pelo parecer do CFE nº342/82 ressurge a disciplina de Filosofia como disciplina optativa;
  • Processo envolveu muita luta
a partir de 1985
A partir de 1985
  • Primeiro governo civil
  • Diretas Já
  • 1978 mobilização dos professores;