ludwing mies van der rohe n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Ludwing Mies van der Rohe PowerPoint Presentation
Download Presentation
Ludwing Mies van der Rohe

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 18

Ludwing Mies van der Rohe - PowerPoint PPT Presentation


  • 344 Views
  • Uploaded on

Ludwing Mies van der Rohe. Alunos: Fabiano Hallisson Moacir Rony. Professora: Solange Smolarek . Em 1866 nasce o filho de um pedreiro de Aachen, na Alemanha que vem a se chamar Mies van der R ohe, um dos maiores nomes da Arquitetura Moderna.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Ludwing Mies van der Rohe' - sandra_john


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
ludwing mies van der rohe
Ludwing Mies van der Rohe

Alunos: Fabiano

Hallisson

Moacir

Rony

Professora: Solange Smolarek

slide2

Em 1866 nasce o filho de um pedreiro de Aachen, na Alemanha que vem a se chamar Mies van der Rohe, um dos maiores nomes da Arquitetura Moderna.

Considerado um dos 4 grandes; grupo dos arquitetos mais influentes do século XX, onde seriam estes, Walter Gropius, Mies Van der Rohe, Frank Lloyd Wright e Le Corbusier, recebem este “título” por representarem e definirem as maiores tendências da Arquitetura Moderna.

slide3

Mies, aos 21 anos, projetou seu primeiro edifício, uma casa neoclássica, serviu como engenheiro durante a primeira Guerra Mundial e deu início a seqüência de projetos construídos e não construídos.

Foi um pioneiro do “arranha céu”, projetou várias edificações comerciais, utilizou-se do aço e do vidro, materiais clássicos como mármores, metal, espaços amplos, grandes vãos livres, plantas livres, paredes móveis, movimentação de planos, vidro, elemento rico de reflexos e sombras em que a luz intersecta as superfícies curvas.

slide4

As suas obras são marcadas por uma organização cubista, minimalista, regras rigorosas de dimensionamento, proporções.

“Menos é mais”,

e também

“Deus está no detalhe”, eram ditos famosos de Mies.

Algumas de suas obras mais famosas:

slide5

Conjunto Weissenhof (1927) em Stuttgart, Alemanha

Os apartamentos eram compostos por janelas grandes e portas de vidro.

O aço era crucial à visão arquitetural de Mies neste projeto, considerou o sistema o mais apropriado para a construção, onde conseguiu a limitar o uso de paredes contínuas às separações entre apartamentos, introduzir paredes de divisórias móveis, e abrir extensivamente as fachadas com vidro.

slide6

Pavilhão de Barcelona, Barcelona 1928 – 1929

O pavilhão é constituído por divisórias de materiais selecionados e sua única função é ser elegante e representativo. Os espaços se abrem largamente para a esplanada.

Dois espelhos d'água ornamentam o terraço do pavilhão, cuja laje, sustentada por oito pilares cromados.

Os materiais empregados nas divisórias são o ônix dourado cor de mel e o mármore verde de Tínos, num conjunto completado por vidros foscos.As placas e ônix determinam o pé direito de 3.10 metros do pavilhão.

slide7

Pavilhão de Barcelona, Barcelona 1928 – 1929

O único painel externo envidraçado filtra a iluminação através do vidro fosco: essa luz difusa é a única fonte de iluminação no interior do pavilhão.

PRIMEIROS ESBOCOS

ACESSOS AO PAVILHAO

slide8

Casa Tugendhat, Brno, República Tchecca, 1928 – 1930

Em uma extremidade o vidro é dobrado para fornecer um conservatório estreito que funciona a profundidade da planta. Uma bela edificação, que faz considerável uso do vidro e de materiais nobres, classificada ao lado da Villa Savoye, de Lê Corbusier, e da Casa Robie, de Frank Lloyd Wright, como uma das três mais importantes casas do século XX.

slide9

Casa Tugendhat, Brno, República Tchecca, 1928 – 1930

O esquema de cores discreto, quase neutro, empregado dentro e fora é realçado pelo glorioso cenário natural.

Onde

“MENOS É MAIS”.

slide10

LANDHAUS LEMKE

Projetou a "Landhaus Lemke" casa para Karl Lemke em 1932. É a última casa que Mies construiu na Alemanha antes que imigrasse para os EUA em 1938. O edifício aconteceu durante o período entre o fechamento da Bauhaus. Embora em comparação com outros trabalhos de Mies, esta casa de tijolo é bastante simples e modesta, é todavia uma demonstração de sua inconfundível expressão formal.

A casa está só em nível de solo e tem um telhado plano. Uma transparência incomum é criada pelas grandes áreas de vidro integradas no lado do jardim. Os quartos são visualmente conectados pelo terraço. A qualidade e caráter distintivo desta casa revelam a sensação de claridade e proporção.

slide11

Farnsworth House, Plano

Illinois 1945 – 1951

Essa casa de um único ambiente está localizada na superfície plana de um prado em meio a grandes árvores. A parte habitada dá para o rio (o Fox) que delimita o terreno ao sul.As lajes da cobertura e do piso são sustentadas por uma série de pilares metálicos e as fachadas são de vidro.

Um núcleo central de madeira natural contém as instalações sanitárias e cria a separação entre a cozinha, os dormitórios e a sala de estar.A casa se prolonga em direção ao prado por um terraço, e os diferentes níveis se comunicam de degraus.

slide12

Farnsworth House, Plano

Illinois 1945 – 1951

Os degraus, o terraço e o piso são revestidos de placas de travertino de 2 × 3 pés. Os elementos metálicos são pintados de branco. As áreas envidraçadas são guarnecidas de cortinas de xantungue cru.

As dimensões da casa são de 77 × 29 pés. A plataforma do terraço mede 55 ×22 pés, e o pé direito da construção é de 9½ pés. O espaçamento dos pilares é de 22 pés.

slide13

Lake Shore Drive Apartments, Chicago

Illinois 1948 – 1951

As primeiras torres gêmeas de apartamentos, revestidas a aço e vidro em que os apartamentos são necessariamente efetuados em padrão. Sendo rápidos e baratos de construir os seus clientes viram isso como um reforço da virtude da supremacia tecnológica Americana.

slide14

Crown Hall, Chicago Illinois 1950 – 1956

Um dos últimos edifícios de Mies erigido no instituto de Illinois, exemplo de seus projetos desobstruídos da extensão. O telhado é suspenso do lado de baixo, que é carregados por sua vez por oito colunas de aço exteriores.

Estas colunas são espaçadas 60 pés.

Têm uma planta simétrica sobre sua linha central curta. As divisórias na altura das janelas subdividem parcialmente o espaço.

slide15

Crown Hall, Chicago Illinois 1950 – 1956

Somente dois dutos, incluídos do serviço interrompem o teto. Pelo interior é possível chegar a um nível do porão, usado para oficinas, escritórios, quartos do toalete e o equipamento mecânico. A ventilação natural que é fornecida por grelhas no nível do assoalho.

slide16

Edificio Seagram,

Nova York 1954 – 1958

O Arranha-céu de 39 pavimentos localiza-se na Park Avenue, no coração da área comercial de Manhattan. O edifício está recuado em relação ao alinhamento das demais construções e ergue-se sobre um terraço que o rodeia.

O esqueleto metálico é revestido, a partir do pavimento térreo, de 24 pés de altura, e uma parede-cortina de bronze e vidro marrom, que protege contra o sol e na qual se destaca o aspecto altamente elegante do bronze.

slide17

Edificio Seagram,

Nova York 1954 – 1958

No pavimento térreo, os materiais utilizados são as lajes de granito para o piso interno e do terraço, e placas de travertino para as paredes externas das caixas dos elevadores. Os pilares são revestidos de bronze.O pé direito dos escritórios é de 9 pés. O eixo dos pilares, nos quais se inserem as 6 unidades de janelas, é de 28 pés em ambos os sentidos. As subdivisões dos escritórios correspondem aos montantes das janelas.

slide18

Um dos maiores arquitetos de todos os tempos, morreu em 1969; sua influencia sobre os arquitetos e a aparência de nossas casa e cidades foi incalculável. Contudo sempre seria difícil igualar sua perfeição.

As Palavras Do Criador

“A essência do espaço não é determinada pela mera presença de limitar superfícies mas pelo princípio espiritual desta limitação. A tarefa verdadeira da arquitetura é deixar a estrutura articular o espaço; não é o edifício que é o trabalho de arte mas de espaço."