argamassa industrializada
Download
Skip this Video
Download Presentation
ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 19

ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA - PowerPoint PPT Presentation


  • 88 Views
  • Uploaded on

ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA. GANHOS COM SUA APLICAÇÃO. GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA. OBJETIVO: demonstrar as vantagens da utilização de argamassa industrializada em relação a argamassa produzida em obra TÓPICOS ABORDADOS:

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA' - salvador-spencer


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
argamassa industrializada

ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

GANHOS COM SUA APLICAÇÃO

slide2
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA
  • OBJETIVO:
  • demonstrar as vantagens da utilização de argamassa industrializada em
  • relação a argamassa produzida em obra
  • TÓPICOS ABORDADOS:
  • O problema das análises simplificadas quando da decisão de adoção de
  • argamassas produzidas em obra
  • Problemas potenciais da argamassa produzida em obra
  • Ganhos de eficiência com uso da argamassa industrializada
  • Argamassa industrializada viabiliza o uso de novas tecnologias
  • Conclusão
  • Bibliografia
slide3
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

O PROBLEMA DAS ANÁLISES SIMPLIFICADAS QUANDO DA DECISÃO

DE ADOÇÃO DE ARGAMASSAS PRODUZIDAS EM OBRA

+ 3,6

SERVENTES A

CADA 300 M2

Preparada

em obra

(19 fases)

Industrializada

(05 fases)

slide4
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

O PROBLEMA DAS ANÁLISES SIMPLIFICADAS QUANDO DA DECISÃO

DE ADOÇÃO DE ARGAMASSAS PRODUZIDAS EM OBRA (Cont.)

  • MAIOR QUANTIDADE DE FASES
  • MAIOR QUANTIDADE DE CONTROLES
  • MAIOR QUANTIDADE DE TRANSPORTE
  • MAIOR ESPAÇO DE ARMAZENAGEM
  • MAIOR TEMPO DE PREPARAÇÃO
  • MAIOR PERDA DE MATERIAL
  • MAIOR QUANTIDADE DE MÃO-DE-OBRA

Preparada

em obra

MAIOR UTILIZAÇÃO

DE MÃO-DE-OBRA

INCOMPATÍVEL COM

CONCEITOS DE

RACIONALIZAÇÃO

(19 fases)

  • DOSAGEM CONTROLADA DE ACORDO C/ NBR 13529
  • FORNECIDA EM ESTADO SECO E HOMOGÊNEO
  • NÃO REQUER PROCESSO DE MATURAÇÃO
  • SOMENTE ADIÇÃO DE ÁGUA
  • ESPECÍFICA PARA CADA APLICAÇÃO REQUERIDA
  • MENOR QUANTIDADE DE MÃO-DE-OBRA
  • MENOR PERDA DE MATERIAL
  • FACILIDADE DE REALOCAR ÁREA DE ARMAZENAGEM

Industrializada

(05 fases)

slide5
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

2. PROBLEMAS POTENCIAIS DA ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA

  • BAIXA QUALIDADE/GRANDE VARIABILIDADE DOS MATERIAIS
  • NECESSIDADE DE MAIOR QUANTIDADE DE CONTROLES
  • DE RECEBIMENTO PARA GARANTIR A QUALIDADE
  • ESTUDO PRÉVIO DE DOSAGEM E AMPLA DIVULGAÇÃO PARA
  • ENVOLVIDOS (PRODUÇÃO E SUPRIMENTOS)

CONTROLE

RECEBIMENTO

E QUALIDADE

MATERIAIS

DIFICIL CONTROLAR

QUALIDADE DA AREIA

(DIVERSAS IMPUREZAS E

UMIDADE)

MAIOR NÚMERO DE

CONTROLES -

MATÉRIAS–PRIMAS

PARA PREPARAÇÃO

EM OBRA

slide6
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

2. PROBLEMAS POTENCIAIS DA ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA (CONT.)

  • GRANDE ESPAÇO PARA ARMAZENAMENTO DE MATERIAIS
  • COMPARADO COM A ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA
  • ESPAÇO PARA ARMAZENAMENTO DA ARGAMASSA
  • INTERMEDIÁRIA

ARMAZENAMENTO

MATERIAIS

INDUSTRIALIZADA

ÁREAS NECESSÁRIAS

PARA ARMAZENAMENTO

DE MATERIAIS (equiv. a 280 scs de

argamassa industrializada)

Industrializada – 4,8 m2

Soma MPs preparada obra - 18,3 m2

PREPARADA EM OBRA

slide7
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA
  • PROBLEMAS POTENCIAIS DA ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA (CONT.)

PREPARADA

NA OBRA

RECEBIMENTO E ARMAZENAGEM AREIA

ARMAZENAGEM E

TRANSPORTE DE

CIMENTO E CAL ATÉ

LOCAL DE PREPARO

TRANSPORTE AREIA

ATÉ LOCAL DE PREPARO

slide8
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA
  • PROBLEMAS POTENCIAIS DA ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA (CONT.)

DESCARGA MECANIZADA

ARMAZENAGEM NO LOCAL

DA PREPARAÇÃO E APLICAÇÃO

INDUSTRIALIZADA

ÁREA

APLICAÇÃO

BETONEIRA

(MISTURADOR)

ARMAZENAGEM PALETIZADA

slide9
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

2. PROBLEMAS POTENCIAIS DA ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA (CONT.)

  • LOCAL ÚNICO DE PREPARO – PERDAS QUANTITATIVAS DE
  • ARGAMASSA NO TRANSPORTE E UTILIZAÇÃO EXCESSIVA
  • DO TRANSPORTE VERTICAL
  • LOCAIS VARIÁVEIS – DIFICULDADE NO CONTROLE DE
  • QUALIDADE E PERDAS NA MEDIÇÃO E TRANSPORTE
  • PARA ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA O PREPARO EM LOCAIS VARIÁVEIS É FAVORECIDO – PERMITE MENORES SOLICITAÇÕES DE TRANSPORTE VERTICAL (FORA DE HORÁRIOS DE PICO)

LOCAL DE PREPARO

DA ARGAMASSA

slide10
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

2. PROBLEMAS POTENCIAIS DA ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA (CONT.)

CENTRAL DE MISTURA COM

EQUIPAMENTO NÃO INDICADO

PREPARADA

NA OBRA

DOSAGEM E

PREPARO

DA ARGAMASSA

DOSAGEM E PREPARO

DA ARGAMASSA

slide11
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

2. PROBLEMAS POTENCIAIS DA ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA (CONT.)

  • MEDIÇÃO INDIVIDUAL DE TODOS OS MATERIAIS PODE
  • INDUZIR A ERROS QUE SE SOMAM
  • A MEDIÇÃO ESTÁ NAS MÃOS DE FUNCIONÁRIOS, AUMENTANDO A PROBABILIDADE DE ERROS
  • EVENTUAIS ADITIVOS RECOMENDADOS SÃO ADICIONADOS, EM GERAL, DE FORMA IMPRECISA POR SEREM EM QUANTIDADES MÍNIMAS E , DIFÍCEIS DE SEREM MEDIDAS EM CANTEIRO DE OBRAS
  • EQUIPAMENTOS DE MEDIÇÃO PERMITEM VARIAÇÕES DE VOLUME (VIDE FIG.)

MEDIÇÃO DOS

MATERIAIS

ARGAMASSA

INDUSTRIALIZADA

NÃO REQUER MEDIÇÃO DOS

MATERIAIS, EXCETO A ÁGUA

slide12
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

2. PROBLEMAS POTENCIAIS DA ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA (CONT.)

  • USO GENERALIZADO DE BETONEIRAS QUE NÃO SÃO INDICADAS - NÃO GARANTEM HOMOGEINIDADE DA MISTURA
  • AUSÊNCIA DE EQUIPAMENTOS ESPECÍFICOS PARA PREPARAÇÃO DE ARGAMASSAS NA OBRA – QUALIDADE
  • AREA DE MISTURA CENTRALIZADA GERA CONTAMINAÇÕES QUANDO DA TROCA DE TIPO - EX. DE REBOCO (C/CAL) PARA CONTRAPISO (S/ CAL) – CAIXA DE RECEPÇÃO EM GERAL NÃO É LIMPA PARA O TIPO SEGUINTE

MISTURA DA ARGAMASSA

ARGAMASSA

INDUSTRIALIZADA

TEM EQUIPAMENTO

ESPECÍFICO

PARA MISTURA

slide13
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

2. PROBLEMAS POTENCIAIS DA ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA (CONT.)

  • TRANSPORTE VERTICAL DE ARGAMASSA FEITA NA OBRA COM O USO DE GIRICAS (250 LITROS) É DE 500 KG DE ARGAMASSA OU 425 KG DE PÓ POR CICLO
  • VERSUS
  • 750 KG DE PÓ POR CICLO NO SISTEMA INDUSTRIALIZADO

TRANSPORTE DOS MATERIAIS

GANHO DE 76% NO TRANSPORTE DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

TRANSPORTE VERTICAL

OTIMIZADO E EM

HORÁRIOS QUE NÃO

ATRAPALHAM

DEMAIS OPERAÇÕES

slide14
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

2. PROBLEMAS POTENCIAIS DA ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA (CONT.)

  • PARA DESAFOGAR O TRNASPORTE VERTICAL, PODE SER UTILIZADA GRUA COM GARFO PARA ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA O QUE É IMPOSSÍVEL PARA AQUELA PREPARADA NA OBRA

TRANSPORTE DOS MATERIAIS (CONT.)

DESAFOGAR O TRANSPORTE VERTICAL

slide15
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA
  • COMPARATIVO DE CUSTOS ENTRE ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA
  • E INDUSTRIALIZADA

CUSTO

DA

ARGAMASSA

INDUSTRIALIZADA

GANHO C/ REDUÇÃO

DE ETAPAS(19=>5)

Custo final da Industrializada é

3% menor

GANHO C/ REDUÇÃO

PROBLEM. QUALIDADE

GANHO C/

ORGAN. CANTEIRO

GANHO

REDUÇÃO DE

MÃO-DE-OBRA

CUSTO

ARGAMASSA

PREPARADA EM

OBRA

CUSTO FINAL

ARGAMASSA

INDUSTRIALIZADA

slide16
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA
  • COMPARATIVO DE CUSTOS ENTRE ARGAMASSA PRODUZIDA EM OBRA
  • E INDUSTRIALIZADA (CONT.)
  • TEMOS :
  • PARA 300M2 DE ÁREA CONSTRUÍDA EM UMA SEMANA (ANDAR DE EDIFÍCIO)
  • SOMANDO-SE AS ARGAMASSA PARA ASSENTAMENTO, CONTRAPISO, REVESTIMENTO INTERNO E REVESTIMENTO EXTERNO
  • COM BASE NA LITERATURA E CÁLCULOS ATUALIZADOS PODEMOS AFIRMAR QUE NÃO EXISTEM DIFERENÇAS IMPORTANTES DE VALORES
  • A QUALIDADE, A GESTÃO FACILITADA E A POSSIBILIDADE DE EMPREGO DE NOVAS TECNOLOGIAS DE APLICAÇÃO É QUE FAZEM A DIFERENÇA A FAVOR DA INDUSTRIALIZADA
slide17
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA
  • ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA VIABILIZA O USO DE NOVAS TECNOLOGIAS
  • – MAIOR PRODUTIVIDADE E MELHORIA DA QUALIDADE -

FLUIDEZ GARANTIDA PARA BOMBEAMENTO DE ARGAMASSA

GRANULOMETRIA HOMOGÊNEA, FLUIDEZ E ADITIVOS ESPECÍFICOS GARANTEM EXCELENTES RESULTADOS

BOMBA DE TRANSPORTE DE ARGAMASSA

FLUIDEZ GARANTIDA E ADITIVOS ESPECÍFICOS

PISO

AUTONIVELANTE

APLICAÇÃO DE ARGAMASSA POR PROJEÇÃO

slide18
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

5. CONCLUSÃO

  • ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA POSSUI GRANDE POTENCIAL PARA GANHOS DE EFICIÊNCIA:
      • MENOR DEMANDA E GESTÃO GERAL DE MÃO-DE-OBRA
      • REDUÇÃO DE PRAZOS (MOBILIZAÇÃO DO CANTEIRO)
      • MINIMIZAÇÃO DAS PERDAS DE MATERIAIS
      • ESTOCAGEM SIMPLIFICADA E MAIOR CONTROLE SOBRE O CONSUMO
  • NÃO EXISTE DIFERENÇAS DE CUSTOS DIRETOS (GRANDE POTENCIAL DE REDUÇÃO DOS CUSTOS INDIRETOS E DE ADMINISTRAÇÃO PELA REDUÇÃO DA NECESSIDADE DE M.O.)
  • SALIENTA-SE O GANHO COM QUALIDADE FINAL COM USO DA INDUSTRIALIZADA:
      • FORNECIMENTO DE TIPOS ESPECÍFICOS PARA CADA APLICAÇÃO
      • EVITA PROPORCIONAMENTO INADEQUADO DE COMPONENTES COM CONSEQUENTE PERDA DE DESEMPENHO OU CUSTOS ELEVADOS DE MP
      • APENAS A ÁGUA DEVE SER ACRESCIDA – EVITA , NOVAMENTE, OS ERROS PROPORCIONAMENTO POR LIDAR COM SOMENTE UMA VARIÁVEL
  • NOVAS TECNOLOGIAS SÃO VIABILIZADAS COM A ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA
slide19
GANHOS COM A UTILIZAÇÃO DE ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA

6. BIBLIOGRAFIA

REGATTIERI, Carlos Eduardo; SILVA, Luciano Luis Ribeiro da, GANHOS POTENCIAIS NA UTILIZAÇÃO DA ARGAMASSA INDUSTRIALIZADA, 2001, São Paulo

SOUZA, U. E. L. , MÉTODO PARA A PREVISÃO DA PRODUTIVIDADE DA MÃO-DE-OBRA E DO CONSUMO UNITÁRIO DE MATERIAIS PARA SERVIÇOS DE FORMAS, ARMAÇÃO, CONCRETAGEM, ALVENARIA, REVESTIMENTOS COM ARGAMASSA, CONTRAPISO, REVESTIMENTOS COM GESSO E REVESTIMENTOS CERÂMICOS. , 2001, Escola Politécnica, USP, São Paulo

ad