Brasil: Dinâmica Demográfica - PowerPoint PPT Presentation

rossa
brasil din mica demogr fica n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Brasil: Dinâmica Demográfica PowerPoint Presentation
Download Presentation
Brasil: Dinâmica Demográfica

play fullscreen
1 / 43
Download Presentation
Brasil: Dinâmica Demográfica
106 Views
Download Presentation

Brasil: Dinâmica Demográfica

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Brasil: Dinâmica Demográfica Geografia da População Professora Rosaine Lima

  2. Crescimento Vegetativo • O crescimento natural ou crescimento vegetativo é a diferença entre os nascimentos e os óbitos, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, geralmente ele é expresso em porcentagem. O Crescimento vegetativo pode ser:Positivo: Quando o número de nascimentos é maior que o de mortes. Negativo: Quando o número de nascimentos é menor que o de mortes. Nulo: Quando o número de nascimentos é igual ao de mortes. 

  3. A nova questão demográfica: redução da natalidade • CAUSAS: • Crescente participação da mulher no mercado de trabalho. • Casamentos tardios. • Elevado custo para criação de filhos. • Grande difusão dos métodos anticoncepcionais. • Mudanças no estilo de vida da população. • Maior acesso a informações e a serviços médicos. • Aumento da taxa de escolaridade da população/mulher. • Urbanização.

  4. A queda da natalidade é fato

  5. Menos bebês. E daí?

  6. Cai a natalidade e aumenta a expectativa de vida da população.

  7. Causas do aumento da expectativa de vida dos brasileiros. • O rápido crescimento das cidades foi acompanhado pela chamada revolução médico sanitária. • Avanço da medicina. • Maior acesso a serviços médicos preventivos. • Vacinação em massa. • Melhoria geral da qualidade de vida da população.

  8. Consequências do Envelhecimento • Redução da força de trabalho/carência de mão de obra jovem. • Maior número de aposentados – déficit no sistema previdenciário. • Adequação de instalações para idosos – pisos antiderrapantes, calçadas com declive para cadeira de rodas, banheiros com suporte de sustentação etc. • Qualificação de profissionais cuidadores de idosos. • Aumento da demanda de médicos geriatras. • Necessidade de construção de asilos para idosos. • Redução da construção de creches e escolas infantis, etc.

  9. Famílias Menores

  10. Os idosos já definem o Brasil

  11. Brasil: Taxas de mortalidade infantil por estados da União. (por 1000)

  12. Vamos comparar?

  13. O que mudou nos últimos 20 anos

  14. Envelhecimento da população

  15. Envelhecimento da população • CAUSAS • Melhoria da qualidade de vida em geral. • Urbanização. • Avanço da medicina e da medicina preventiva : vacinas e acesso a consultas médicas periódicas. • Saneamento básico: coleta de lixo, água tratada, adoção de hábitos de higiene. • Alimentação balanceada. • Aumento da taxa de escolaridade: acesso à informação

  16. Consequência do aumento da longevidade • Diminuição da mão de obra jovem. • Aumento do número de cuidadores e internatos. • Necessidades de médicos geriatras. • Maior número de aposentados – maior custo com para a previdência social. • Adaptação das casas e das cidades para a locomoção do idoso: rampas, elevadores com portas largas, banheiros com barras de sustentação etc. • Aumento do turismo direcionado ao idoso.

  17. Quantos somos e quantos seremos

  18. Desafios demográficos do séc. XXI • Gigantesca população – 7 bilhões em 2010; • Envelhecimento da população; • Migrações em massa de pessoas do sul para o norte; • Racismo, preconceito étnico, racial, religioso, homofobia, xenofobia; • Fome X obesidade.

  19. IDH – Índice de Desenvolvimento Humano (escolaridade, expectativa de vida e renda)

  20. Os dados negam a realidade?

  21. Segundo a ONU o Brasil tem IDH de países desenvolvidos. Como? Assim?!

  22. (Ainda) Somos um País de Analfabetos.

  23. Analfabetismo Funcional Analfabeto funcional é a denominação dada à pessoa que, mesmo com a capacidade de decodificar minimamente as letras, geralmente frases, sentenças, textos curtos e os números, não desenvolve a habilidade de interpretação de textos e de fazer as operações matemáticas. Também é definido como analfabeto funcional o individuo maior de quinze anos e que possui escolaridade inferior a quatro anos, embora essa definição não seja muito precisa, já que existem analfabetos funcionais com nível superior de escolaridade.

  24. Acho que a ONU ignora esse dados

  25. Estão querendo nos enganar...Será?

  26. No passado, o Brasil imigrante

  27. Imigrantes europeus buscavam riquezas no Brasil Nas primeiras décadas do século XX ainda era intenso o movimento migratório para o Brasil. Milhares de famílias portuguesas, italianas, espanholas e alemãs imigravam para o Brasil.

  28. Hoje, o Brasil Emigrante

  29. Paradoxos

  30. Brasil, migrações Internas

  31. Novas Rotas - Descentralização

  32. Em busca de Oportunidades

  33. Mudando a Rota da História

  34. Envelhecimento da população

  35. Geografia do Brasil