Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Alcinda Maria da Costa Anacleto PowerPoint Presentation
Download Presentation
Alcinda Maria da Costa Anacleto

Alcinda Maria da Costa Anacleto

119 Views Download Presentation
Download Presentation

Alcinda Maria da Costa Anacleto

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Solarengos Alcinda Maria da Costa Anacleto Escola Secundária Morgado de Mateus Vila Real – Vila Real 5+1 8º ano + Ciências Físico-Químicas (extra-aulas)

  2. O trabalho consistiu na construção de um forno solar. Para a construção do mesmo foram reutilizamos materiais (caixas de cartão, jornais, esferovite…). Isolou-se as partes laterais para evitar perdas de energia para o exterior e forrou-se a alumínio para que haja reflexões para o interior do forno, o recipiente a usar é preto e o tampo é de vidro para deixar entrar a radiação solar e evitar que saia. Vai também ser forrada a alumínio o tampo que servirá também como reflector da radiação para o interior do forno. Forno na fase quase final Início da construção

  3. Após a proposta de construção de um forno solar seguiu-se a pesquisa e recolha de informação, decidindo de seguida o modelo a construir e os materiais a utilizar, passando à recolha dos mesmos e à execução do projecto. Materiais utilizados: Estrutura: cartão (reutilizado), quer na parte interior quer na exterior. Isolamento: Placa de esferovite e papel de jornal Reflectores: folha de alumínio Tampo transparente: vidro Recipiente: de alumínio revestido a preto Esquema do forno a construir Pesquisa de informação

  4. Os alunos estiveram envolvidos em todas as fases do projecto. . Como apoio ao projecto foram feitas pesquisas e foram visualizados alguns vídeos. Destacamos: http://www.youtube.com/watch?v=96qPRgmfbXc ; http://solarcooking.org/ e o GUIA DA ENERGIA SOLAR – Concurso Solar - Padre Himalaya fornecido pela Ciência Viva. Após a pesquisa e a discussão do projecto os alunos realizaram-no sem grandes dificuldades. A maior dificuldade prendeu-se com o facto de o projecto ter de ser desenvolvido extra-aula, exigindo compatibilidade de horário e de local de trabalho, não tendo sido sempre o mesmo. O projecto teve a duração de aproximadamente 5 manhãs. Desenvolvimento da projecto

  5. O forno solar foi construído com objectivos didácticos. As aprendizagens estendem-se a nível de desenvolvimento de destrezas manuais, de Educação Ambiental, de conhecimento em áreas como a Física e a Matemática. Conceitos envolvidos: sistema, transferência / transformação de energia solar, mau/ bom condutor de calor, propriedades da luz (absorção, reflexão, e refracção) , relação da cor com a absorção da radiação, temperatura e sua medição, correntes de convecção, orientação solar, gestão sustentável dos recursos, poluição, fonte renovável de energia,… No projecto iremos destacar a relação com o currículo da disciplina de Ciências Físico-Químicas( ensino Básico) embora tenha relação com o de outras disciplinas e com o de outros anos de escolaridade. Relaciona-se com o tema Energia (Fontes e Formas) no 7º ano, evidenciando-se aí a polémica sobre a dependência dos combustíveis fósseis os processos de transferência de calor; com o tema Luz e visão, no 8º ano e com a unidade IV, do 8º ano – Gestão Sustentável dos Recursos. Foi divulgada a execução do projecto na escola mas o Projecto será divulgado a toda a comunidade nos dias 7 e 8 de Junho,inserido na actividade “Saber Mais Fazer Melhor “e na edição do Jornas da Escola a sair no final de Maio.