FUNÇÕES INORGÂNICAS - PowerPoint PPT Presentation

slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
FUNÇÕES INORGÂNICAS PowerPoint Presentation
Download Presentation
FUNÇÕES INORGÂNICAS

play fullscreen
1 / 71
FUNÇÕES INORGÂNICAS
304 Views
Download Presentation
reid
Download Presentation

FUNÇÕES INORGÂNICAS

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. FUNÇÕES INORGÂNICAS

  2. As principais funções inorgânicas são: Ácidos Bases ou Hidróxidos Sais Óxidos

  3. As substâncias químicas podem ser agrupadas de acordo com suas PROPRIEDADES COMUNS Estas propriedades comuns são chamadas de PROPRIEDADES FUNCIONAIS Em função dessas propriedades podemos agrupar as substâncias em grupos aos quais chamaremos de Funções Inorgânicas

  4. Para compreender os conceitos das funções deveremos distinguir os fenômenos de: IONIZAÇÃO E DISSOCIAÇÃO

  5. + H O H Cl H IONIZAÇÃO É a quebra da ligação covalente, devido à diferença de eletronegatividade entre os átomos ligantes, com a formação de íons

  6. + Cl H – Cl + H2O H3O + H O + Cl H H + H + Cl H O H A IONIZAÇÃO ocorre com alguns COMPOSTOS MOLECULARES

  7. H O H H O + Cl Na H DISSOCIAÇÃO Neste fenômeno os íons apenas são separados A dissociação ocorre com os compostos iônicos

  8. Quando as espécies químicas estão em solução aquosa, nem todas sofrem ionização ou dissociação A porcentagem de espécies que sofrem estes fenômenos é dada pelo ( a ) Grau de Ionização ou Dissociação

  9. ( a ) Grau de Ionização ou Dissociação número de moléculas ionizadas (ni) a = número de moléculas dissolvidas (n)

  10. 01) Adicionam-se 600 moléculas de HCl à água. Sabendo que 540 moléculas estarão ionizadas, podemos afirmar que o grau de ionização desta espécie química é: a) 11,4 %. b) 10,0 %. c) 11,1 %. d) 60,0 %. e) 90,0 %. n = 600 moléculas ni = 540 moléculas a = ? ni 540 a a = 90 % = = 0,90 n 600

  11. 02) Adicionando-se 500 moléculas de um certo eletrólito à água, teremos, para um grau de ionização igual a 0,9, quantas moléculas ionizadas? a) 90. b) 50. c) 450. d) 45. e) 250. n = 500 moléculas a = 0,9 ni = ? moléculas ni a = 0,9 ni = 0,9 500 x n 500 ni = 450

  12. ÁCIDOS Conceito de ARRHENIUS

  13. Segundo ARRHENIUS toda substância que em solução aquosa sofre ionização produzindo como cátion, apenas o íon H , é um ÁCIDO + H2O – + + HCl H Cl H2O 2– + + H2SO4 2 H SO4 H2O 3– + + H3PO4 3 H PO4 H2O 4– + + H4P2O7 4 H P2O7

  14. Hoje, sabemos que o íon H liga-se à molécula de água formando íon H3O , chamado de HIDRÔNIO ou HIDROXÔNIO + + – + + + HCl H2O H3O Cl 2– + + H2SO4 + 2 2 H3O SO4 H2O

  15. Classificação dos Ácidos 1 ) Quanto ao número de hidrogênios ionizáveis MONOÁCIDOS + Na ionização, a molécula produz apenas 1 H H2O – + + HCl H Cl H2O – + + HCN H CN H2O – + + HNO3 H NO3

  16. DIÁCIDOS + Na ionização, a molécula produz apenas 2 H H2O 2– + + H2CO3 2 H CO3 H2O 2– + + 2 H2SO4 H SO4 TRIÁCIDOS + Na ionização, a molécula produz apenas 3 H H2O 3– + + H3PO4 3 H PO4 H2O 3– + + 3 H3BO3 H BO3

  17. TRETRÁCIDOS + Na ionização, a molécula produz apenas 4 H H2O 4– + + H4P2O7 4 H P2O7 H2O 4– + + 4 H4SiO4 H SiO4 CUIDADO H2O 2– + + H3PO3 2 H HPO3 (DIÁCIDO) H2O – + + H3PO2 1 H H2PO2 (MONOÁCIDO)

  18. 2 ) Quanto à presença do oxigênio HIDRÁCIDOS São ácidos que não possuem o elemento químico OXIGÊNIO HCl HCN H2S H4[Fe(CN)6] OXIÁCIDOS São ácidos que possuem o elemento químico OXIGÊNIO HNO3 H2CO3 H2SO4 H3PO4

  19. 3 ) Quanto ao número de elementos químicos BINÁRIOS Possuem apenas dois elementos químicos HCl H2S TERNÁRIOS Possuem apenas três elementos químicos H2CO3 HCN H2SO4 QUATERNÁRIOS Possuem apenas quatro elementos químicos H4[Fe(CN)6]

  20. 4 ) Quanto ao grau de ionização FRACOS a £ Possuem 5% a= 0,2% H2CO3 MODERADOS a Possuem 5% < < 50% a= 27% H3PO4 FORTES Possuem a³50% a= 92% HCl

  21. Quando não conhecemos o grau de ionização podemos aplicar as seguintes observações para classificar o ácido Para os HIDRÁCIDOS FORTES HCl HBr HI MODERADO HF FRACOS Todos os demais hidrácidos

  22. Para os OXIÁCIDOS calculamos número de átomos de oxigênio número de hidrogênios ionizáveis x = x = 0 Ácido fraco ácido fraco x = 3 – 3 = 0 H3BO3 x = 1 Ácido médio ácido médio H3PO4 x = 4 – 3 = 1 x = 2 Ácido forte ácido forte x = 4 – 2 = 2 H2SO4 x = 3 Ácido muito forte ácido muito forte HClO4 x = 4 – 1 = 3

  23. 01) O ácido de fórmula HCN é: • forte. • b) oxiácido. • c) binário. • d) possui 3 hidrogênios ionizáveis. • e) tem grau de ionização menor que 5%. Falso: Entre os hidrácidos temos FORTES (HCl, HBr e HI) MÉDIO (HF) e FRACOS os demais. Falso: É um hidrácido, pois não possui oxigênio em sua estrutura. Falso: É ternário, pois possui 3 elementos químicos. Falso: Possui apenas um hidrogênio ionizável. Verdadeiro: Por ser um ácido fraco tem grau de ionização menor que 5%.

  24. Propriedades dos Ácidos Sabor Apresentam sabor azedo.

  25. Condutibilidade elétrica Em solução conduz a corrente elétrica.

  26. Ação sobre indicadores FENOLFTALEINA AZUL DE BROMOTIMOL

  27. NOMENCLATURA DOS ÁCIDOS HIDRÁCIDOS + + ÁCIDO ELEMENTO FORMADOR ÍDRICO H Cl ácido clor ídrico H Br ácido brom ídrico H2 S ácido sulf ídrico H CN ácido cian ídrico

  28. OXIÁCIDOS ELEMENTO CENTRAL FORMA UM ÚNICO OXIÁCIDO + + ÁCIDO ELEMENTO FORMADOR ICO H2 C O3 ácido carbôn ico H3 B O3 ácido bór ico

  29. ELEMENTO CENTRAL FORMA DOIS OXIÁCIDOS DIFERENTES OSO < Nox + + ÁCIDO ELEMENTO FORMADOR ICO > Nox H2 S O3 ácido sulfur oso H2 S O4 ácido sulfúr ico H N O2 ácido nitr oso H N O3 ácido nítr ico

  30. ELEMENTO CENTRAL FORMA QUATRO OXIÁCIDOS DIFERENTES HIPO OSO OSO ELEMENTO FORMADOR ÁCIDO + + aumento do Nox ICO PER ICO H Cl O ácido hipo clor oso H Cl O2 ácido clor oso H Cl O3 ácido clór ico H Cl O4 ácido per clór ico

  31. Existem casos em que o mesmo elemento central forma ácidos diferentes, porém com o mesmo Nox Nestes casos, a diferença se encontra no GRAU DE HIDRATAÇÃO e usamos os prefixos ORTO, METAe PIRO

  32. O prefixo ORTO é usado para o ácido com o maior GRAU DE HIDRATAÇÃO H3PO4 ácido orto fosfór ico O prefixo META é usado para o ácido obtido de uma molécula do “ORTO" pela retirada de uma molécula de água H3PO4 H2O = HPO3 ácido meta fosfór ico

  33. O prefixo PIRO é usado para o ácido obtido quando de duas moléculas do “ORTO" retiramos apenas uma molécula de água 2 H3PO4 = H6P2O8 H2 O ácido piro fosfór ico H4P2O7

  34. BASES ou HIDRÓXIDOS Conceito de ARRHENIUS

  35. Segundo ARRHENIUS toda substância que em solução aquosa sofre dissociação iônica, libertando como ânion, apenas o íon OH , é uma BASE ou HIDRÓXIDO H2O – + + NaOH Na OH H2O – 2+ + Ca(OH)2 Ca 2 OH H2O – 3+ + Fe(OH)3 Fe 3 OH H2O – 4+ + Pb(OH)4 Pb 4 OH

  36. Classificação das Bases 1 ) Quanto ao número de oxidrilas MONOBASES Na dissociação, a molécula liberta apenas uma oxidrila (hidroxila) H2O – + + NaOH Na OH H2O – + + KOH K OH H2O – + + NH4OH NH4 OH

  37. DIBASES Na dissociação, a molécula liberta duas oxidrilas H2O – 2+ + Ca(OH)2 Ca 2 OH H2O – 2+ + Zn(OH)2 Zn 2 OH TRIBASES Na dissociação, a molécula liberta três oxidrilas H2O – 3+ + Fe(OH)3 Fe 3 OH H2O – 3+ + Al(OH)3 Al 3 OH

  38. TETRABASES Na dissociação, a molécula liberta quatro oxidrilas H2O – 4+ + Pb(OH)4 Pb 4 OH H2O – 4+ + Sn(OH)4 Sn 4 OH

  39. 01) Qual das espécies abaixo é uma base? a) HCN. b) NaCl. c) CaO. d) NH4OH. e) HNO2.

  40. 2 ) Quanto à força FORTES São as bases em que a oxidrila se liga a um metal alcalino ou alcalino terroso NaOH KOH LiOH Ca(OH)2 Ba(OH)2 Mg(OH)2 FRACAS São as bases em que a oxidrila se liga aos demais cátions AgOH NH4OH Al(OH)3 Zn(OH)2 Fe(OH)3 Pb(OH)4

  41. 3 ) Quanto à solubilidade em água SOLÚVEIS São as bases em que a oxidrila se liga a um metal alcalino ou o hidróxido de amônio NH4OH NaOH KOH LiOH POUCO SOLÚVEL São as bases em que a oxidrila se liga a um metal alcalino terroso Ca(OH)2 Ba(OH)2 PRATICAMENTE INSOLÚVEIS São as demais bases

  42. 01) A base LiOH pode ser classificada como : a) monobase, forte e insolúvel. b) monobase, fraca e insolúvel. c) dibase, forte e solúvel. d) tribase, fraca e insolúvel. e) monobase, forte e solúvel. LiOH: Tem uma oxidrila monobase forte e solúvel O cátion é metal alcalino

  43. 02) A base mais forte entre as citadas abaixo é: a) AgOH. b) NH4OH. c) Fe(OH)3. d) KOH. e) Zn(OH)2. A base mais forte, entre as citadas abaixo, é a que apresenta um metal alcalino (KOH)

  44. Propriedades das Bases Sabor Apresentam sabor cáustico, lixívia ou adstringente

  45. Condutibilidade elétrica Em solução conduz a corrente elétrica.

  46. Ação sobre indicadores FENOLFTALEINA AZUL DE BROMOTIMOL

  47. Nomenclatura das Bases O cátion forma uma única Base + + de HIDRÓXIDO NOME DO CÁTION NaOH hidróxido de sódio hidróxido de lítio LiOH NH4OH hidróxido de amônio Ca(OH)2 hidróxido de cálcio Ba(OH)2 hidróxido de bário

  48. O cátion forma duas Bases diferentes OSO < Nox + + HIDRÓXIDO NOME DO CÁTION ICO > Nox Fe(OH)2 hidróxido ferroso Fe(OH)3 hidróxido férrico Pb(OH)2 hidróxido plumboso Pb(OH)4 hidróxido plúmbico

  49. Para as bases constituídas por cátions com duas valências diferentes, podemos substituir as terminações OSO ou ICO pelas suas valências em algarismos romanos Fe(OH)2 hidróxido de ferro II Fe(OH)3 hidróxido ferro III de de Pb(OH)2 hidróxido chumbo II Pb(OH)4 hidróxido de chumbo IV

  50. 01) Uma das bases mais importantes no nosso cotidiano é a soda cáustica, que possui fórmula e nome, respectivamente, iguais a: a) KOH e hidróxido de potássio. b) LiOH e hidróxido de lítio. c) Ca(OH)2 e hidróxido de cálcio. d) NaOH e hidróxido de sódio. e) Au(OH)3 e hidróxido aúrico. Soda cáustica é o nome comercial do HIDRÓXIDO DE SÓDIO (NaOH)