slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Escola Secundária M aria L amas – Torres N ovas Física e Química A – 10º Ano Nelson Alves Correia PowerPoint Presentation
Download Presentation
Escola Secundária M aria L amas – Torres N ovas Física e Química A – 10º Ano Nelson Alves Correia

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 29

Escola Secundária M aria L amas – Torres N ovas Física e Química A – 10º Ano Nelson Alves Correia - PowerPoint PPT Presentation


  • 135 Views
  • Uploaded on

1. EVOLUÇÃO DA ATMOSFERA TERRESTRE : BREVE HISTÓRIA 1.1. DA ATMOSFERA PRIMITIVA À ATMOSFERA ACTUAL 1.2 . ALTERAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO DOS COMPONENTES VESTIGIAIS DA ATMOSFERA. DOSE LETAL DE UM PRODUTO QUÍMICO. UNIDADE 2 – NA ATMOSFERA DA TERRA: RADIAÇÃO, MATÉRIA E ESTRUTURA.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Escola Secundária M aria L amas – Torres N ovas Física e Química A – 10º Ano Nelson Alves Correia' - rasia


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

1. EVOLUÇÃO DA ATMOSFERA TERRESTRE: BREVE HISTÓRIA1.1. DA ATMOSFERA PRIMITIVA À ATMOSFERA ACTUAL1.2. ALTERAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO DOS COMPONENTES VESTIGIAIS DA ATMOSFERA. DOSE LETAL DE UM PRODUTO QUÍMICO

UNIDADE 2 – NA ATMOSFERA DA TERRA: RADIAÇÃO, MATÉRIA E ESTRUTURA

Escola Secundária Maria Lamas – Torres NovasFísica e Química A – 10º AnoNelson Alves Correia

slide2

Objectivos

  • Relacionar a evolução da atmosfera com os gases nela existentes.
  • Comparar a composição provável da atmosfera primitivacom a composição média actual da troposfera.
  • Indicar a composição média da troposfera actual em termos de componentes principais(O2, N2, H2O e CO2) e vestigiais (óxidos de azoto, metano, amoníaco, monóxido de carbono, hidrogénio...).
  • Justificar a importância de alguns gases da atmosfera(O2, N2, H2O e CO2) face à existência de vida na Terra.
slide3

Objectivos

  • Explicar como alguns agentes naturais e a actividade humana provocam alterações na concentração dos constituintes vestigiais da troposfera, fazendo referência a situações particulares de atmosferas tóxicas para o ser humano.
  • Exprimir o significado de dose letal (DL50) como a dose deum produto químico que mata 50% dos animais de uma população testada e que se expressa em mg do produto químico por kg de massa corporal do animal.
  • Compararvalores de DL50para diferentes substâncias.
  • Comparar os efeitos de doses iguais de uma substância em organismos diferentes.
slide4

CONTEÚDOS

  • Atmosfera Primitiva da Terra
  • Atmosfera Actual da Terra
  • Importância do Oxigénio
  • Importância do Azoto
  • Importância do Vapor de Água e do CO2
  • Causas da Alteração da Concentração dos Componentes Vestigiais da Atmosfera
  • Dose Letal de um Produto Químico
slide5

Atmosfera Primitiva da Terra

  • A Terra primitiva era muito diferente da Terra actual.
  • No início, a Terra não tinha atmosfera (o hidrogénioe o hélio escaparam para o espaço devido à sua baixa densidade).
  • A atmosfera primitiva formou-se quando os vulcões libertaram gases do interior da Terra.
slide6

Atmosfera Primitiva da Terra

  • A atmosfera primitiva não tinha oxigénio.
  • Acomposição da atmosfera variou muito ao longo dos anos.
slide7

Atmosfera Primitiva da Terra

  • O vapor de água condensou, formando a chuva, ediminuiu muito na atmosfera.
  • A chuvaformou os oceanos(aparecimento da água líquida)e dissolveu o CO2, que diminuiu muito na atmosfera.
  • As moléculas de metano e de amoníaco foram destruídaspela radiação solar.
  • O oxigénio formou-se porque as radiações ultravioletas do Sol transformaram as moléculas de água (2H2O  2H2 + O2) edevido à fotossíntese das cianobactérias.
slide8

Atmosfera Primitiva da Terra

  • Constituição da atmosfera há cerca de 2300 milhões de anos:
    • Vestígiosde água, CO2 e oxigénio;
    • O azotoera o componente principal (cerca de 100%).
slide9

Atmosfera ACTUAL DA TERRA

  • Há cerca de 1500 milhões de anos, a atmosfera tinha a composição actual, nos seus principais gases:
    • O azoto é o gás que existe em maior quantidade (78,1%);
    • O oxigénioé o segundo gás mais abundante (20,9%).
  • Devido à força gravítica, cerca de 80% da massa da atmosfera encontra-se na camada mais próxima da superfície da Terra,a Troposfera.
slide11

IMPORTÂNCIA DO OXIGÉNIO

  • O oxigénio é importante para:
    • Os animais e as plantas respirarem;
    • Formar a camada de ozono, que absorve as radiações ultravioletas solares com mais energia, mortais para osseres vivos.
  • Uma atmosfera com muito oxigénio tornaria a vida impossível, pois é um forte oxidante (oxida as substâncias) e um bom comburente (provoca as combustões, como os fogos).
slide12

IMPORTÂNCIA DO AZOTO

  • O azoto é importante para:
    • A alimentaçãoe crescimentodos seres vivos(as proteínas e os ácidos nucleicos têm átomos de azoto);
    • A produção de fertilizantes, que fornecem azoto às plantas.
slide13

IMPORTÂNCIA DO VAPOR DE ÁGUA E DO CO2

  • O vapor de água e o CO2 são importantes para a fotossíntese, a respiração e a regulação do clima na Terra.

.

slide14

IMPORTÂNCIA DO VAPOR DE ÁGUA E DO CO2

  • Efeito de estufa - O CO2 e outros gases vestigiais da atmosfera (metano, dióxido de enxofre, dióxido de azoto, vapor de água…) absorvem uma parte da radiação infravermelha libertada pela Terra, aquecendo-a.
slide15

Causas da alteração da concentração

dos componentes vestigiais da atmosfera

  • Componentes vestigiais da atmosfera:
    • Dióxido de carbono (CO2);
    • Metano (CH4);
    • Monóxido de carbono (CO);
    • Clorofluorcarbonetos (CFC);
    • Óxidos de azoto (N2O, NO e NO2 = NOx);
    • Dióxido de enxofre (SO2);
    • Sulfureto de hidrogénio (H2S);
    • Ozono (O3).
slide16

Causas da alteração da concentração

dos componentes vestigiais da atmosfera

  • Desde o início do século XX que a composição da atmosfera sofreu alterações nos seus componentes vestigiais:surgiram novos gases e a sua concentração aumentou.
  • Estes gases tornam-se poluentes, quando a sua quantidadeaumenta muito, sendo perigosospara os seres vivos e alterando o clima.
  • Isto acontece quando a velocidade de lançamento dos gases para a atmosfera é superior à velocidade da sua remoção.
slide17

Causas da alteração da concentração

dos componentes vestigiais da atmosfera

slide18

Causas da alteração da concentração

dos componentes vestigiais da atmosfera

slide19

Causas da alteração da concentração

dos componentes vestigiais da atmosfera

slide20

Causas da alteração da concentração

dos componentes vestigiais da atmosfera

  • Existem dois tipos de causas que explicam o aumento da concentração destes gases na atmosfera:
    • Causas naturais;
    • Causas antropogénicas.
  • As causas naturais são:
    • Vulcões(libertam SO2, CO e H2S);
    • Biosfera(as bactérias anaeróbias libertam metano, nomeadamente as que se encontram no estômagodos ruminantes).
slide21

Causas da alteração da concentração

dos componentes vestigiais da atmosfera

  • As causas antropogénicasresultam da actividade humana e libertamCO2, CO, SO2, NOx, CFC, NH4e O3:
slide22

Causas da alteração da concentração

dos componentes vestigiais da atmosfera

  • Consequências dos gases poluentes sobre o ambiente:
    • Aumento do efeito de estufa (CO2, CH4, CFC, N2O);
    • Destruição da camada de ozono (CFC);
    • Chuvas ácidas (SO2, NO2);
    • Smog – Nevoeiro com fumo e partículas em suspensão ­ (NOx, SO2);
    • Aparecimento do ozono junto ao solo (NO2).
slide23

DOSE LETAL DE UM PRODUTO Químico

  • Os produtos químicos podem ser prejudiciais (tóxicos) paraos seres vivos, provocando doenças ou a morte.
  • A toxicidadevariade produto para produto, dependendodo tempo de exposição, da dose (quantidade do produto),do modo como entram no organismo (inalação, ingestão, absorção pela pele) e com a espécie de ser vivo.
  • Há produtos que, ao serem inalados ou ingeridos em doses fracas, não têm efeitos imediatos (chumbo e mercúrio).No entanto, como não são expulsos pelo organismo, se o tempo de exposição aumentar, os seus efeitos vão-se acumulando (efeitos cumulativos), tornando-se tóxicos.
slide24

DOSE LETAL DE UM PRODUTO Químico

  • Dose letal (DL50) - Quantidade de um produto químico necessária para provocar a morte de 50% dos indivíduos (animais ou plantas).
  • Mede-se em miligramas do produto químico por cada quilograma de massa corporal (mg/kg).
  • Quanto menor for a dose letal, mais tóxico é o produto.
slide29

BIBLIOGRAFIA

  • Dantas, M., & Ramalho, M. (2008). Jogo de Partículas A - Física e Química A - Química -­ Bloco 1 ­- 10º/11º Ano.Lisboa: Texto Editores.