adolesc ncia
Download
Skip this Video
Download Presentation
adolescência

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 18

adolescência - PowerPoint PPT Presentation


  • 323 Views
  • Uploaded on

adolescência. Cláudia Cibele Bitdinger Cobalchini CRP08/07915. Classificação da Adolescência. OMS Pré-adolescência: 10 a 14 anos; Adolescência propriamente dita: 15 a 19 anos; Juventude: 15 a 24 anos. MS (Portaria 980 de 21/12/1989) Adolescência: 10 a 20 anos ECA (13/07/1990)

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'adolescência' - ramla


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
adolesc ncia

adolescência

Cláudia Cibele BitdingerCobalchini

CRP08/07915

classifica o da adolesc ncia
Classificação da Adolescência

OMS

  • Pré-adolescência: 10 a 14 anos;
  • Adolescência propriamente dita: 15 a 19 anos;
  • Juventude: 15 a 24 anos.

MS (Portaria 980 de 21/12/1989)

  • Adolescência: 10 a 20 anos

ECA (13/07/1990)

  • Adolescente: entre 12 e 18 anos.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA (1998)

  • Adolescência: 10 a 20 anos.
slide4
A palavra ‘adolescência’ tem sua origem etimológica no Latim “ad” (‘para’) + “olescere” (‘crescer’); portanto ‘adolescência’ significaria, strictu sensu, ‘crescer para’.
fase natural
É Fase? É natural?
  • Normatização na sociedade ocidental contemporânea: “todo adolescente é assim”
  • Transição: período de latência social
  • Historicamente: diferenças nas sociedades
necessidade de uma grande adapta o
necessidade de uma grande adaptação
  • Puberdade: caracteres sexuais secundários
  • Processos mentais: capacidade de pensamento lógico, abstração (capacidade de prever consequencias), hipotetizar, campo das possibilidades
caracter sticas emocionais
Características emocionais
  • Tempo: urgência
  • Exagero de sentimentos
  • Egocentrismo
  • Auto-estima baixa
  • Alterações de humor
  • Oposição à autoridade
  • Comportamento transgressor
slide11
A intelectualização é também um recurso muito utilizado pelo adolescente, que tem muito mais conteúdo para subsidiá-la. Ele é capaz, por exemplo, de dar explicações teóricas sobre o próprio comportamento a fim de justificar-se, utilizando-se inclusive da capacidade de metaforizar.
adolescer morrer em parte como crian a e nascer como adulto
Adolescer é morrer em parte, como criança, e nascer como adulto.
  • Frustração
  • Pais não são mais heróis
  • Modelo do mundo adulto é repelido
  • Luto pela perda do mundo infantil: corpo e pais
  • Sentimentos ambíguos, contraditórios
  • Revolta: conflito de gerações
osorio 1989 p 30
OSORIO (1989, p.30)

Afirma que podemos avaliar o término da adolescência a partir de algumas aquisições do indivíduo, tais como:

  • o estabelecimento de uma identidade sexual;
  • a possibilidade de estabelecer relações afetivas estáveis;
  • a capacidade de assumir compromissos profissionais e manter-se economicamente;
  • aquisição de um sistema de valores morais pessoais;
  • a relação de reciprocidade como a geração precedente.
slide15
o adolescente precisa elaborar diversos lutos como a perda dos pais da infância, do corpo infantil, do próprio lugar de criança. Ele precisa deixar de ser quem é em prol de um vir a ser alguém que ainda não conhece, precisa desapegar-se de sua identidade infantil que já não dá conta de quem ele está se tornando. Em outras palavras, o adolescente já não é e ainda não é.
slide16
grande tarefa do adolescente é dar conta de produzir uma identidade estável que lhe viabilize o ingresso no mundo adulto. Isto talvez ocorra em reação à instabilidade do adolescente à insistência com o adolescente não se deixa, muitas vezes, "grudar" por identidade nenhuma, preferindo "ser essa metamorfose ambulante”, que se reflete nas rápidas mudanças de humor, de atitudes, de roupas, de idéias.
emancipa o
emancipação
  • Processo de individuação: identificação e diferenciação
  • Tendência grupal
  • Para pais: independência, vida sexual, iminência da saída de casa, luto pela função de pais/provedores, conflito casal pela assunção de papeis de não pais
ad