slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
UNCTAD - Junho/2004 Daniel Pedroso Agência Nacional do Petróleo PowerPoint Presentation
Download Presentation
UNCTAD - Junho/2004 Daniel Pedroso Agência Nacional do Petróleo

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 30

UNCTAD - Junho/2004 Daniel Pedroso Agência Nacional do Petróleo - PowerPoint PPT Presentation


  • 250 Views
  • Uploaded on

NOT AN OFFICIAL UNCTAD RECORD. PERSPECTIVAS PARA O SETOR BRASILEIRO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL. UNCTAD - Junho/2004 Daniel Pedroso Agência Nacional do Petróleo. Demanda atual e futura de energia. Demanda mundial de energia 200 milhões de barris equivalentes 60% energia fóssil

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'UNCTAD - Junho/2004 Daniel Pedroso Agência Nacional do Petróleo' - paul


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

NOT AN OFFICIAL UNCTAD RECORD

PERSPECTIVAS PARA O SETOR BRASILEIRO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL

UNCTAD - Junho/2004

Daniel Pedroso

Agência Nacional do Petróleo

demanda atual e futura de energia
Demanda atual e futura de energia
  • Demanda mundial de energia
    • 200 milhões de barris equivalentes
      • 60% energia fóssil
      • Solar, eólica: ainda insignificantes
  • Perspectivas
    • Papel dominante do petróleo e gás nas próximas décadas
    • Previsões de produção futura
      • Uma única verdade: todas as previsões estão erradas
demanda mundial de petr leo
Demanda mundial de petróleo
  • Atual: 27 bilhões de barris/ano
  • Histórica: 950 bilhões de barris desde 1850
    • Predominantemente de reservatórios convencionais
  • Reservas provadas atuais: 1 trilhão de barris
    • 70% Oriente Médio
    • 15% Américas
    • 15% Ásia, África e Oceania
slide4

Demanda projetada em 2020

(EIA/DOE)

MacKenzie, James J.: Oil as a Finite Resource: When is Global Production Likely to Peak?, World Resources Inst., Washington, D.C. (2000).

demanda futura de petr leo
Demanda futura de petróleo
  • Óleo: crescimento de 1,7% a.a. até 2030
  • Gás natural: demanda mundial vai dobrar
  • Produção de reservatórios convencionais
    • Pico entre 2005 e 2020
  • Balanço da demanda mundial será de reservatórios não-convencionais e produção oriunda de águas profundas e ultra-profundas
    • Óleos pesados, óleo de xisto, hidratos de gás
    • Reservas não convencionais da Venezuela e Canadá são próximas a 3 trilhões de barris
    • Offshore: Brasil, África e Golfo do México
o tri ngulo dos recursos
O Triângulo dos Recursos

Masters, J.A.: "Deep Basin Gas Trap, Western Canada," AAPG Bulletin (1979) 63, No. 2, 152.

import ncia do g s natural
Importância do gás natural
  • Produção em novas áreas
  • Gás também passa a ser uma commodity
    • Demanda crescente
    • Altos preços
  • Demanda crescente exige:
    • Novas tecnologias
    • Novos métodos
    • Menor tempo explorar, produzir e comercializar
import ncia da utiliza o de novas tecnologias
Importância da utilização de novas tecnologias
  • Parte substancial das novas reservas vêm da utilização de novas tecnologias e métodos de avaliação
    • Previsão IEA
      • US$ 6 trilhões em atividades de E&P até 2030
        • 75% manutenção de produção
        • 25% para novas descobertas
pol tica de licita es resolu o n 8 do cnpe
Política de licitaçõesResolução nº8 do CNPE
  • Compete ao MME explicitar e à ANP implementar as políticas e diretrizes do setor
    • Adequação dos procedimentos licitatórios voltados à identificação de novas áreas para investimentos e aumento das reservas e da produção nacional de petróleo e gás natural
    • Estabelece como política nacional a expansão da produção de petróleo e gás natural de forma a atingir e manter a autosuficiência do País e a intensificação da atividade exploratória, objetivando incrementar os atuais volumes de reservas do País
atingir e manter a auto sufici ncia

Produção

Desenvol-

vimento

Avaliação

Exploração

PNRod

Produção

PRod6

PAv

PRod1-5

PDes

Reservas Provadas

produção

Tempo

Atingir e manter a auto-suficiência

demanda

intensificar a atividade explorat ria
Intensificar a atividade exploratória

Passado

Futuro

Elevado Potencial

Bacias Maduras

Novas Fronteiras

Tempo

uma oportunidade para o brasil
Uma oportunidade para o Brasil
  • O Brasil tem todas as ferramentas para o desenvolvimento do setor de E&P
    • Arcabouço legal estabelecido e estável
    • Sistema de licitações competitivo
  • Competência técnica
    • Histórico de sucesso
  • 29 bacias com potencial para petróleo e gás
    • Somente 9 são produtoras, todas com potencial remanescente
  • Capacidade e tecnologia para fornecimento de bens e serviços
uma oportunidade para o brasil15
Uma oportunidade para o Brasil
  • Elevados preços de gás nos EUA e Europa
    • Wall Street Journal (fev 2004)
      • "Continued high natural gas prices in the US are taking an increasing toll on a range of companies, forcing them to change how they operate and even to shift work to parts of the world where energy prices are cheaper"
    • Passado: migração de investimentos em busca de mão de obra barata
    • Hoje e futuro: investimentos buscam confiabilidade e preço de gás e energia
o passado e presente mostram crescimento sustentado
O passado e presente mostram crescimento sustentado

Crescimento na produção de petróleo e gás natural

Fonte: ANP

decr scimo na depend ncia energ tica externa
Cenário aponta para a auto-suficiência

Dependência energética externa (% em relação ao consumo)

Decréscimo na dependência energética externa

50%

40%

30%

20%

Energia total

10%

Óleo

0%

1987

1988

1989

1990

1991

1992

1993

1994

1995

1996

1997

1998

1999

2000

2001

2002

Fonte: Balanço Energético Nacional 2003 - MME

oportunidades na explora o de petr leo e g s natural
Oportunidades na Exploração de Petróleo e Gás Natural
  • As bacias sedimentares brasileiras oferecem inúmeras oportunidades do ponto de vista geológico
    • Diferentes estágios de exploração
    • Grandes extensões inexploradas
  • 29 bacias com interesse para petróleo
    • Blocos em bacias maduras
    • Blocos de grande potencial em áreas produtoras
    • Blocos de novas fronteiras, em terra e mar
    • Grandes bacias interiores
  • Somente 3% sob concessão
  • 22 mil poços perfurados
  • Oportunidades para empresas de todos os portes e perfis
principais campos em produ o jan 2004

Campo

Bacia

Produção (boe/dia)

MARLIM

Campos

539711

MARLIM SUL

Campos

173940

ALBACORA

Campos

148943

RONCADOR

Campos

99116

LESTE DO URUCU

Solimões

52666

RIO URUCU

Solimões

49173

MARIMBÁ

Campos

41250

NAMORADO

Campos

39801

CANTO DO AMARO

Potiguar

32910

ESPADARTE

Campos

26718

CHERNE

Campos

24504

PAMPO

Campos

24194

CARAPEBA

Campos

23992

CARMÓPOLIS

Sergipe

20638

MIRANGA

Recôncavo

19312

Principais campos em produção (Jan/2004)

Em 2010 a lista de campos produzindo mais de 20.000 boe/dia também incluirá áreas nas bacias de:

  • Santos
  • Sergipe-Alagoas (mar)
  • Espírito Santo
  • Camamu-Almada

*Considerando os planos de avaliação e desenvolvimento em andamento

bacias mar timas da margem leste

Campos

Santos

Bacias marítimas da margem leste
  • Bacias relacionadas à abertura do Atlântico
  • Bacia de Campos
    • 80 % da produção brasileira
    • Mais de 90% das reservas provadas
campos santos uma hist ria de persist ncia23
Campos & SantosUma história de persistência

1ª descoberta em Campos

1º gigante em Campos

1ª descoberta em Santos

Flexibilização do monopólio

1º gigante em Santos

bacias mar timas da margem equatorial
Evolução geológica complexa

Bacias pouco exploradas

Indícios consistentes de presença de hidrocarbonetos

Potiguar, Ceará, Barreirinhas, Pará-Maranhão e Foz do Amazonas

Bacias marítimas da margem equatorial

Foz do Amazonas

Potiguar

grandes bacias paleoz icas
Grandes Bacias Paleozóicas
  • Novas fronteiras exploratórias
  • Dados antigos e pouco adensados
  • Solimões: 100.000 boe/d
  • Paraná: Posição estratégica

Descobertas de gás

  • Amazonas: Descobertas de gás

AMAZONAS

SOLIMÕES

PARNAÍBA

PARANÁ

PARANÁ

slide26

Fronteiras

Bacias maduras

BRASIL ROUND 6

Elevado potencial

e o futuro
E o futuro?
  • Investimentos em Planos de Desenvolvimento
    • Descobertas já realizadas
  • Investimentos em Planos de Avaliação de descobertas
    • Descobertas já realizadas
  • Investimentos na Exploração
    • Novas descobertas
    • Novas províncias
as condi es adequadas est o estabelecidas
As condições adequadas estão estabelecidas
  • Regime estável
  • Sistema fiscal competitivo
  • Ótimas perspectivas para a demanda doméstica de petróleo e gás natural
  • Excelente capacitação local para o fornecimento de bens e serviços
  • Sistema licitatório competitivo e transparente
  • Novas fronteiras: Plano Decenal de Aquisição de Dados da ANP
slide29
.

Conclusões

  • O setor de petróleo e gás, no Brasil, apresenta oportunidades para empresas operadoras de todos os portes e perfis
  • O setor apresenta, ainda, inúmeras oportunidades de investimentos aos fornecedores de bens e serviços
  • As bacias sedimentares brasileiras são pouco exploradas
    • Perspectivas de curto e médio prazo: Camamu-Almada, Sergipe-Alagoas, Espírito Santo
    • Perspectivas de longo prazo: Amazonas, Barreirinhas, Pará-Maranhão, Solimões, Parnaíba, São Francisco, Paraná
slide30
PERSPECTIVAS PARA O SETOR BRASILEIRO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL

UNCTAD - Junho/2004

Daniel C. Pedroso

Agência Nacional do Petróleo