Teoria de barker
Download
1 / 23

TEORIA DE BARKER - PowerPoint PPT Presentation


  • 101 Views
  • Uploaded on

TEORIA DE BARKER. Carlos Arcanjo. HIPÓTESE DA DOENÇA DOS ADULTOS.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'TEORIA DE BARKER' - neila


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
Teoria de barker

TEORIA DE BARKER

Carlos Arcanjo


Hip tese da doen a dos adultos
HIPÓTESE DA DOENÇA DOS ADULTOS

Doenças crônicas degenerativas como hipertensão arterial, diabetes e coronariopatia, AVC, seriam programadas intra-útero, principalmente por fatores nutricionais, que influenciariam o metabolismo e a fisiologia desse indivíduo por toda a vida

Carlos Arcanjo


Des e carcinoma de c lulas claras
DES e Carcinoma de Células Claras

  • Dietilestilbestrol é um estrógeno sintético usado nos anos 1950/60 nas grávidas

  • A exposição fetal ao DES foi ligado a câncer nas filhas nos anos 70.

  • Aumento de câncer mama nas mães,RR= 1,30

Carlos Arcanjo


Exposi es do feto e os efeitos tardios
Exposições do feto e os efeitos tardios

  • Radiação

  • Uso de álcool

  • Privação de nutrientes

  • Cigarro

  • Cocaina

  • Nutrição no útero: doença cardiovascular, AVC, diabetes, hipertensão, saúde mental

  • Nutrição pós-parto amamentação associado a função cognitiva, obesidade, doença cardiovascular

  • Peso ao nascer

Carlos Arcanjo


Teoria de barker1
TEORIA DE BARKER

  • Crescimento fetal danificado leva doenças no adulto

  • Crescimento fetal danificado causa permanente mudanças na estrutura do corpo e fisiologia

  • Potencial mecanismo inclui a P.A concentração de fibrinogênio e tolerância a glicose

From: Keith M Godfrey and David JP Barker

Fetal nutrition and adult disease

Am J ClinNutr 2000 71: 1344S-1352S.

Carlos Arcanjo



  • Herpshirt,Reino Unido 1911-1930

  • 100.000 homens e mulheres

  • Evidencia de que o peso ao nascer foi inversamente correlacionado com a morte precoce por doença cardiovascular

Carlos Arcanjo



Carlos Arcanjo





* Estudo Coorte em Pelotas

* Seguimento de 15 anos de 6mil Rn

Relação inversa entre o peso ao nascer e PA

Carlos Arcanjo


  • Ensaio clínico randomizado com dietas para prematuro

  • Dieta calórica normal e outra rica em proteína e carboidrato

  • Crianças que receberam dieta rica em gorduras e carboidratos apresentaram elevados de insulina- diabetes tipo II

Carlos Arcanjo




Perguntas que n o se calam
Perguntas que não se calam

  • Você acha que a hipótese de Barker foi confirmada?

  • O que futuras pesquisas possam ser necessários para ajudar a estabelecer a verdade ou não da hipótese?

  • Você pode pensar em outros fatores que levariam a uma explicação plausível?

  • Quais são as implicações desta hipótese na pratica da saúde publica?

Carlos Arcanjo


Abordagem do curso da doen a
Abordagem do curso da doença

  • Os fatores de risco se acumulam ao longo da vida.

  • Eventos iniciais podem ser tão ou mais importantes que eventos posteriores e ou pode interagir com os fatores mais tarde.

  • Fatores de risco atual podem ser biologicamente pouco convincente como causa da doença

Carlos Arcanjo


Prova es para hip tese de barker
Provações para Hipótese de barker

  • Como os gêmeos são de restrição de crescimento intra-útero, eles deveriam ter uma maior incidência de DCV do que na gravidez única.

  • Os resultados deveriam realizar ajustes para uma outra exposição fetal ( mãe fumante).

Carlos Arcanjo


Estudo coorte new zealand
ESTUDO COORTE NEW ZEALAND

  • Os gêmeos tiveram peso ao nascer e pa mais

  • Baixa em idades de 9 e 18 anos,

  • Bebês de fumantes menor peso ao nascer e pa

  • mais elevada

  • * O peso ao nascer teve efeito pequeno

From: Twins and maternal smoking: ordeals for the fetal origins hypothesis? A cohort study

Sheila Williams and Richie Poulton

BMJ 1999; 318: 897.

Carlos Arcanjo


Cr ticas metodol gicas
Críticas Metodológicas

  • Viés de seleção os indivíduos formam uma proporção muito pequena da coorte de nascimento devido as perdas: morte, migração, perda do acompanhamento.

  • Algumas análises foram realizadas com menos de 5% da coorte original

A nutrição fetal é representada adequadamente pelo peso fetal

O crescimento fetal parece estar protegido sob circunstâncias bastante adversas

Carlos Arcanjo


Cr ticas metodol gicas1
Críticas Metodológicas

  • Fatores genéticos que afetam o metabolismo fetal

  • Saúde materna: doença, infecção

  • O meio ambiente durante a vida : condições sociais e econômicas

  • Comportamento ao longo da vida

Carlos Arcanjo


Resultados pr ticos da teoria de barker
Resultados Práticos da Teoria de Barker

  • Afirmativo não, revolucionário

  • Maior atenção ao aleitamento materno e tabagismo

  • Ainda não se altera a nutrição intra-útero do feto com sucesso clinico

  • Maior atenção para nutrição materna, em vez de ganho de peso

  • Maior apoio aos programas de nutrição

  • Avaliação de curva de crescimento do Rn de forma talvez mais Barkerniana.

Carlos Arcanjo


ad