slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
GEOPOLÍTICA DE TRANSPORTES PowerPoint Presentation
Download Presentation
GEOPOLÍTICA DE TRANSPORTES

Loading in 2 Seconds...

  share
play fullscreen
1 / 28
Download Presentation

GEOPOLÍTICA DE TRANSPORTES - PowerPoint PPT Presentation

muhammed-femi
103 Views
Download Presentation

GEOPOLÍTICA DE TRANSPORTES

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. MODAIS DE TRANSPORTE E SEGUROS GEOPOLÍTICA DE TRANSPORTES Profa. Valdnéa Santos valdnea@hotmail.com

  2. Antecedentes Geográficos 47,7% do continente sul-americano • Área: 8.511.965 km2 • Fronteiras terrestres: 15.170 km

  3. Antecedentes Geográficos NORTE • Ponto mais elevado do território nacional • Grandes dificuldades para transposição terrestre

  4. Antecedentes Geográficos NOROESTE • Floresta amazônica adentra os países limítrofes • Principal meio de transporte: bacia hidrográfica do rio Amazonas com aproximadamente 24.000 km navegáveis • Fator de integração regional • Não alcança as principais cidades e centros comerciais dos vizinhos de fronteira

  5. Antecedentes Geográficos OESTE • Cordilheira dos Andes impõe-se como obstáculo natural à transposição terrestre • Única passagem por Paso de Mendoza (Argentina)

  6. Antecedentes Geográficos SUDOESTE • Planície do Pantanal, possui enchentes sazonais • Sistema hidroviário dos rios Paraná e Paraguai possui conexão com a Bacia do Prata • Bacia do Prata: complexo de rios que passam pelos territórios do Brasil, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina

  7. Antecedentes Geográficos SUL • Boas ligações rodoviárias e fluviais com Uruguai e a Argentina • Ponto de favorecimento das trocas comerciais no âmbito do Mercosul

  8. Antecedentes Geográficos LESTE • Costa do Atlântico, com extensão de 7.408 km • Liga o Brasil com seus principais parceiros comerciais

  9. Vocação marítima… Estão próximos do nosso litoral: • Todas as concentrações urbanas com mais de 1 milhão de habitantes, exceto Brasília e Manaus • Todas as refinarias de petróleo, exceto a de Manaus • 97% de toda a produção industrial • 90% do consumo de energia elétrica • 85% de toda a população do país • 83% de todas as receitas da União • 75% das rodovias pavimentadas

  10. Infra-Estrutura de Transportes no Brasil (ANTT – Agência Nacional Transportes)

  11. Tipos Transportes Rodoviário – realizado em estradas de rodagem, vantagem em ligar países Limítrofes Ferroviário - realizado em estradas de ferro, também tem vantagem em ligar Países limítrofes Aéreo – totalmente diferente dos demais, realizado por navegação aérea, Através de aeronaves Aquaviário – Pode ser: Marítimo – realizado por navios em oceanos e mares, podendo ser de cabotagem ( nacional) ou de longo curso (internacional) Fluvial – realizada em rios, portanto, interna ou seja dentro do país ou continente *** se juntar a costa de um país e um ou mais rios, será considerado cabotagem Lacustre – realizada em lagos e tem como característica a ligação de cidades e Países circuvizinhos (também é uma navegação de interior, como a fluvial) Dutoviário – transporte via dutos e pode ser dividido em oleodutos, minerodutos e gasodutos

  12. 72 mil km de malha 58 mil km pavimentados

  13. Ferrovias 28 mil km de ferrovias, operados pelo setor privado

  14. Portos 30 portos marítimos e 10 portos interiores, operados, basicamente, pela iniciativa privada

  15. Hidrovias 28 mil km de vias navegáveis interiores e potencial de aproveitamento de mais 15 mil km de novas vias

  16. Matriz de Transportes Brasileira 4,2% Modo: 0,4% 13,6% 20,7% 61,2% T o t a l: 794 bilhões de TKU (Tonelada por Km Útil) DADOS DE 2004

  17. Matriz de Transportes BrasileiraAno: 1990 (em % do total)

  18. Matriz de Transportes BrasileiraAno: 2004 (em % do total) Fonte: ANTF, 2004.

  19. Matriz de Transportes BrasileiraAno: 2006 (em % do total) Fonte: ANTT, 2006

  20. Matriz de Transportes BrasileiraAno: 2025 (objetivo) • pretende-se diminuir a participação do modal rodoviário de 58% para 33%, • distribuindo tal carga entre os outros modais • O ferroviário passaria de 25% para 32%, • o hidroviário de 13% para 29%, • o dutoviário de 3,6% para 5% e • o aéreo de 0,4% para 1%. Fonte: ANTT, 2006

  21. 15 Vagões “JUMBO HOPPERS” 100 t 15 x 100 t = 1.500 t 60 Caminhões 25 t 60 x 25 t = 1.500 t = 1 Barcaça 1500 t = Comparativo entre transportes

  22. HIDROVIA FERROVIA RODOVIA Comparativo entre Fretes R$ POR 1.000 KM/T 36,00 60,00 95,00 Fonte: Caramuru

  23. Custos Logísticos x Transportes • Os custos de transporte representam 2/3 do custo logístico total Custos logísticos x PIB: Países% do PIB • Peru 24,0 • Argentina 21,0 • Brasil 20,0 • México 18,0 • Hong Kong 13,7 • Alemanha 13,0 • Taiwan 13,0 • Portugal 12,7 • Canadá 12,0 • Japão 11,3 • Holanda 11,3 • Itália 11,2 • Reino Unido 10,6 • Estados unidos 10,5 • O Brasil possui um custo logístico muito alto se comparado aos demais países, Tal fato deve-se principalmente à dependência nacional das rodovias na matriz de transporte.

  24. Desafios do governo… • Atender com eficiência à demanda decorrente do crescimento interno e do comércio exterior • Permitir a ligação do Brasil com os países limítrofes, fortalecendo a integração na América do Sul • Reduzir os níveis de ineficiência: • Acidentes • Tempos de viagem • Custos de transportes • Estruturar os corredores estratégicos de transportes • Estimular a participação dos modais hidroviário e ferroviário, com maior utilização da intermodalidade • Apoiar o desenvolvimento da indústria do turismo

  25. A Origem dos Problemas Investimentos em Transportes / PIB (%) % (1) (1) Fundo Rodoviário Nacional – período 1945 a 1988. ANO

  26. Matriz de transportes no Mundo Hidrovia

  27. Matriz de transportes no Mundo Ferrovia

  28. Matriz de transportes no Mundo Rodovia * Brasil ainda possui aproximadamente 5% de utilização de aerovias e dutos