bio tica e tecnologia
Download
Skip this Video
Download Presentation
Bioética e Tecnologia

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 21

Bioética e Tecnologia - PowerPoint PPT Presentation


  • 67 Views
  • Uploaded on

Bioética e Tecnologia. Avanços Tecnológicos e Dianóstico por Imagem. Docente: Enf. Herton Gomes Turma R8N, 24 de Setembro de 2013. Um fato que não podemos deixar de apresentar no início desta discussão é que da tecnologia surgem consequências boas e más.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Bioética e Tecnologia' - mitch


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
bio tica e tecnologia

Bioética e Tecnologia

Avanços Tecnológicos e Dianóstico por Imagem.

Docente: Enf. Herton Gomes

Turma R8N, 24 de Setembro de 2013.

slide2
Um fato que não podemos deixar de apresentar no início desta discussão é que da tecnologia surgem consequências boas e más.
  • Ninguém deve ser tecnofóbico e julgar que a tecnologia é um veneno que destrói a humanidade. Podemos melhorar nossa qualidade de vida com o auxílio da tecnologia, ter a possibilidade de curar doenças, minimizar o trabalho braçal, chegar a diagnósticos em tempo recorde, sempre pautados na ética e na reflexão.
slide3
Utilizando como ferramenta. De outro modo, se formos levianos e nos entregarmos como escravos, teremos a possibilidade de criar devastadoras novas doenças a acabar com o pouco equilíbrio que temos em nosso planeta.
  • No âmbito do diagnóstico por imagem tivemos uma explosão tecnológica desde o surgimento do equipamento de raios X até a ressonância Magnética Funcional.
slide5
Aparelho esse que não nos deu tempo hábil para a compreensão desse volume de novas possibilidades exatamente pela velocidade em que elas aparecem.
  • Quem aprende a fazer Tomografia Computadorizada, no mês seguinte tem dois ou três novos tipos de equipamentos a sua disposição.
slide7
Os aparelhos seguem com tecnologias cada vez mais avançadas, mais rápidas, menores, e com alto nível tecnológico.
  • Melhor capacidade de armazenamento de imagens ou melhor qualidade das imagens capitadas.
  • É a corrida sem fim na busca do aperfeiçoamento profissional e colocação no mercado de trabalho.
slide8
Cada vez que se olha para trás, um outro profissional passou por você e coloca em risco seu emprego por ter uma gama maior de conhecimentos que a sua. Essa é a realidade da sociedade atual, visto que vivemos uma revolução tecnológica que não se encerrará tão cedo.
slide9
O homem que produziu o fogo, hoje produz nanotecnologia. Este mesmo homem que admirava a natureza é o homem que hoje se considera deus e manipula a natureza.
  • A resposta é que o homem continue utilizando-se da tecnologia com consciência talvez seja a responsabilidade.
bio tica e tica profissional
Bioética e Ética Profissional
  • O código de Ética Profissional é um instrumento deontológico( ciência da moral, ética ou moralidade).
  • São normas que servem como padrão de conduta para os profissionais em suas relações com membros da própria categoria, com profissionais de outras categorias, com seus pacientes, clientes, famílias de pacientes, autoridades, Poder Judiciário, Administração, etc...
slide11
Esse enquadramento normativo acaba levando o profissional a considerar o Código de Ética como a “ receita de bolo” de sua vida profissional, reduzindo sua conduta ao que o Código permite e/ou não permite.
slide12
O Código de Ética deve ser entendido num contexto maior do que apenas uma série de artigos e parágrafos que teorizam sobre os direitos e os deveres de uma determinada profissão.
  • A análise do mesmo deve ser baseada numa visão inter, multi e trans disciplinar, com o intuito e sentimentos éticos enquanto profissional e ser humano.
slide13
O profissional técnico ou tecnólogo em Radiologia, não diferenciadamente de outros profissionais, pode contextualizar e integrar o conteúdo do código de Ética de maneira holística, ampliando o ângulo de visão.
  • O desafio é discutir o Código de Ética à luz da Bioética, apontando para uma mudança paradigmática que mostra a necessidade de reforma de sobre a importância da interpretação e vivência da ética e não somente sua teorização.
slide14
Bioética e cuidado Humano
  • O cuidador cuidando de si: uma visão do autocuidado.
  • São muitas as responsabilidades atribuídas ao profissional da saúde, aquele que cuida, que oferece ao outro em forma de serviço o resultado de seus talentos, preparos e escolhas. São também muitas as cobranças feitas aos cuidadores, que devem perceber o outro como ele se mostra, nos seus gestos, falas, em sua dor e limitação.
slide16
Porém são poucas as preocupações com o estado geral dos cuidadores, seus anseios e desejos, seu nível de saúde e de estresse.
  • O profissional de saúde é aquele que se coloca entre o paciente e os equipamentos, entre o componente humano e a tecnologia, pressionado pela quantidade de atendimentos e a otimização do tempo.
slide17
A atualidade massificante descaracteriza muitas vezes o valor do ser humano e coisifica o profissional, tornando- o escravo da tecnologia e do mercado, gerando um profissional que por falta opção, desvincula-se de seu auto-cuidado e autoconhecimento.
  • O auto cuidado é uma relaçao “eu-eu”, também passa a ser educativa quando o cuidador, para crescer interiormente, busca em sim mesmo orientação para desenvolver potenciais e incorporar novos conhecimentos.
slide18
O que nos motiva o ato do cuidar está relacionado a um sentimento, a um chamdo, a uma compulsão para ajudar alguém. Por gostar de si mesmo, o cuidador não deve ter um comportamento impenssado, mas consciente no sentido de responder a princípios e valores morais.
ad