hist ria e comunica o n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
História e Comunicação PowerPoint Presentation
Download Presentation
História e Comunicação

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 13

História e Comunicação - PowerPoint PPT Presentation


  • 92 Views
  • Uploaded on

História e Comunicação. Comunicação e Mundo Contemporâneo Prof. Sabine Mendes Moura. Os textos. INDÚSTRIA DA COMUNICAÇÃO NA CONTEMPORANEIDADE: A publicação da opinião dos leitores em meios digitais Carla Fregni Meios de Comunicação como armas de guerra - Carlos Azevedo. Os nomes.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'História e Comunicação' - marged


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
hist ria e comunica o

História e Comunicação

Comunicação e Mundo Contemporâneo

Prof. Sabine Mendes Moura

os textos
Os textos
  • INDÚSTRIA DA COMUNICAÇÃO NA CONTEMPORANEIDADE: A publicação da opinião dos leitores em meios digitais
  • Carla Fregni
  • Meios de Comunicação como armas de guerra

- Carlos Azevedo

os nomes
Os nomes...
  • Modernidade Tardia, Era da Informação, Era do Conhecimento, Era Pós-Fordista, Era Pós-Industrial, Era Digital.
formas de ver
Formas de ver...
  • “Uma sociedade cheia de contradições e pluralidades.” (KUMAR,1995)
  • “As linhas divisórias entre os diferentes reinos da sociedade - político, econômico,social e cultural - estão tênues.” (ibidem)
  • “O sujeito fixo e estável baseado nas idéias cartesianas da razão e da ciência tem sua identidade descentrada para tornar-se aberta, contraditória, inacabada e fragmentada.” (HALL, 1992 - p.46)
  • “As mudanças, em todos os setores da vida, têm ritmo acelerado que leva a um fluxo caótico do cotidiano.” (HARVEY, 1989 - p.49)
  • “Tendência à obsolescência instantânea que leva à descartabilidade do que não é novo.” (idem, p.258)
  • “A Telecomunicação através da convergência das mídias.” (SANTAELLA, 2003)
comunica o de massa e da ind stria cultural
Comunicação de Massa e da Indústria Cultural
  • Interatividade
  • Fragmentação
  • Segmentação de mercado feita de forma maciça.
  • “A segmentação é importante, mas deve ser aplicada de forma globalizada”.
capitalismo e seus efeitos
Capitalismo e seus efeitos
  • “Toda a práxis da indústria cultural transfere, sem mais, a motivação do lucro às criações espirituais. A partir do momento em que essas mercadorias asseguram a vida de seus produtores no mercado, elas já estão contaminadas por essa motivação.” (in LIMA org. 1990, p.288).
  • Segundo muitos sociólogos, os efeitos da Cultura de Massa(2) são: passividade da audiência, doutrinação pelos meios de comunicação, destituição do pensamento próprio, alienação e reificação.
p s modernidade e seus efeitos
Pós-modernidade e seus efeitos
  • (...) diminuição da polaridade de poder da Indústria Cultural, em relação à audiência. Essa já não é tão ingênua como se concebia. Ela está mais ciente das regras do Capitalismo e entra pra jogar. Os meios são obrigados, hoje em dia, a maiores flexibilidades principalmente no que diz respeito a lidar com seu público-alvo. A hipótese é que, diante dessa “Nova Era”, torna-se cada vez mais necessário se ter um jogo de “ganha-ganha” entre as indústrias de comunicação e a massa. O que significa a manutenção do status-quo das empresas de comunicação e uma participação maior do público-leitor.
a ind stria cultural e a guerra
A Indústria Cultural e a Guerra
  • “A primeira vítima de uma guerra é a verdade.Com certeza, em época de conflitos bélicos mundiais, tal afirmação aplica-se muito bem ao papel da mídia”.
  • “A história, senão a origem dos media, depende em grande parte da história

das próprias armas”.

cinema
Cinema
  • (...) surgiu inicialmente como arte civil, no começo do Século 20, como um divertimento sem maiores pretensões, com seu desenvolvimento industrial, passou logo a instrumento de propaganda ideológica para o imperialismo norte-americano e para o regime nacional-socialista de Adolf Hitler.
d w griffith
D. W. Griffith
  • The Birth of a Nation (1915)

- Favorecendo o racismo e uma abordagem positiva da Ku Klux Khan.

capit o america 1940 marvel
Capitão America (1940 - Marvel)

Um heroi que define toda uma nação. Esse é o Capitão América. Criado na década de 1940 pela Marvel, usando um uniforme nas cores da bandeira americana, o Capitão América defendeu o país dos nazistas. Uma bela estratégia de levantar a moral da nação, sondada pela Segunda Guerra Mundial. Steve Rogers, seu alter-ego, era apenas um soldado magro e patético(...) a arma secreta dos Estados Unidos para vencer a Segunda Guerra Mundial.

leni riefenstahl
Leni Riefenstahl
  • Suas obras mais famosas são os filmes de propaganda que ela realizou para o Partido Nazista alemão.
  • “O triunfo da vontade” (1935)
outros meios
Outros meios
  • Rádio – estratégia e discursos hitlerianos
  • ARPA (Advanced Research Projects Agency) – 1969 – Guerra Fria.
  • TV – Guerra do Golfo (1990-1991)

Tratava-se de uma guerra “limpa” segundo a ideologia

Difundida pelos americanos.Versão acriticamente

Comprada pelas tvs brasileiras que aplaudiram esse novo

tipo de guerra “sem sangue nem mutilações”. No entanto,

a realidade foi bem diferente, uma guerra como as

outras, só que o cerco ao inimigo também foi feito pela

mídia.Enfim, uma guerra midiática, disputa pela

hegemonia da “verdade”.