Tomada de decisão nas Organizações
Download
1 / 26

- PowerPoint PPT Presentation


  • 98 Views
  • Uploaded on

Tomada de decisão nas Organizações Uma visão multidisciplinar. Abraham Sin Oih Yu (coord.). 1ª Edição | 2011 |. Capítulo 3 Abordagem integrada. Sandra Lilian de Oliveira Façanha Abraham Sin Oih Yu Colaboração de Guilherme Martins. Capítulo 3 Abordagem integrada. Capa da Obra.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '' - mai


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
1 edi o 2011

Tomada de decisão nas Organizações

Uma visão multidisciplinar

Abraham Sin Oih Yu (coord.)

1ª Edição| 2011 |


1 edi o 2011

Capítulo 3

Abordagem integrada

Sandra Lilian de Oliveira Façanha

Abraham Sin Oih Yu

Colaboração de Guilherme Martins


1 edi o 2011

Capítulo 3

Abordagem integrada

Capa

da Obra

  • Abordagem descritiva

    • Enfoca como as pessoas de fato tomam suas decisões no dia a dia, seja de forma individual e/ou de forma coletiva, na vida pessoal e/ou profissional.

  • Abordagem prescritiva

    • Enfoca como as pessoas deveriam agir para tomar decisões, tendo por base um processo decisório estruturado,com o auxílio de técnicas- sejam de natureza qualitativa ou quantitativa – de apoio à tomada de decisão.


1 edi o 2011

Capítulo 3

Abordagem integrada

Capa

da Obra

  • Círculo virtuoso das abordagens

+

Abordagem descritiva

(teoria)

Abordagem descritiva

(prática)

+


1 edi o 2011

Capítulo 3

Abordagem integrada

Capa

da Obra

Breve histórico das abordagens

  • Metade do século XX

  • Utilização de ferramentas de cunho quantitativo para auxiliar a tomada de decisão.

  • Lançamento dos fundamentos da teoria clássica da tomada de decisão.

  • Embrião da abordagem prescritiva, baseadas em teorias normativas.

  • Teoria clássica

  • Racionalidade do indivíduo;

  • Baseia-se nas seguintes premissas:


1 edi o 2011

Capítulo 3

Abordagem integrada

Capa

da Obra

Breve histórico das abordagens

  • Problema claramente definido, assim como critérios, objetivos,

  • alternativas e respectivas consequências devidamente explorados.

  • Década de 1960

  • Os pesquisadores Richard Cyert e James March propuseram que a essência da teoria da tomada de decisão nas empresa baseia-se na racionalidade limitada.

  • Princípios fundamentais da racionalidade limitada:

    • quase resolução do conflito entre os diferentes objetivos da organização;

    • minimização da incerteza ou do risco envolvido;


  • 1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Breve histórico das abordagens

    • busca de uma solução satisfatória (em detrimento de uma solução ótima),em torno de um objetivo principal;

    • aprendizagem constante e adaptação da organização.

  • Principal pilar de evolução da abordagem descritiva.


  • 1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Breve histórico das abordagens

    • Modelo da teoria clássica e da racionalidade limitada

    Fonte: adaptado de BATEMAN, Thomas S.; SNELL, Scott. Administração: novo cenário competitivo. 2ed. São Paulo: Atlas, 2006.


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Breve histórico das abordagens

    • A moderna abordagem prescritiva, apesar de continuar baseada na teoria clássica, tenta incorporar aspectos referentes à racionalidade limitada.

    • Teorias e abordagens em decisões

    Decisões

    Prescritiva

    Normativa

    Descritiva


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Prescritiva

    • Racionalidade limitada do ser humano;

    • As teorias racionais associadas ao processo de tomada de decisão partem de duas consideração: consequências e preferências;

    • As consequências são avaliadas em termos de preferências pessoais;

    • Dificuldades relacionadas com o processo de tomada de decisão:

      • Complexidade da decisão;

      • Incerteza relacionada com a situação em que a decisão ocorre;

      • Existência de múltiplos objetivos e critérios, muitas vezes conflituosos.


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Prescritiva

    • Fatores que podem contribui para a complexidade de um problema:

      • quanto maior for o número e os respectivos valores que cada variável pode assumir;

      • número de objetivos;

      • cenários para a tomada de decisão que seja predominantemente de risco e incerteza.

    • Contexto da tomada de decisão

    Gradações de Risco

    Certeza

    Incerteza

    Menor risco

    Maior risco


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Prescritiva

    • Ferramentas predominantemente quantitativas que auxiliam no processo de tomada de decisão:

      • Árvore de decisão;

      • Ferramentas da área financeira:

        • valor presente líquido (VPL);

        • desconto de fluxo de caixa (DCF);

        • payback.

      • Ferramentas da área de pesquisa operacional e estatística:

        • programação linear;

        • teoria das filas;

        • teorema de Baynes.


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Prescritiva

    • AHP (Analytic Hierarchy Process) ou método analítico hierárquico

      • utiliza múltiplos critérios na apreciação da melhor alternativa para determinado processo de tomada de decisão.

    • Sistemas de Apoio à Decisão (SAD ou DSS, Decision Support Systems)

      • Tem o objetivo de prover o devido suporte às decisões com médio ou alto grau de complexidade.

      • Exemplo: Macbeth (Measuring Attractiveness by a categorical Based Evaluation Technique)


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Prescritiva

    • Técnica qualitativas relacionadas com a teoria da decisão

      • diagrama de influência;

      • brainstorming;

      • diagrama da espinha de peixe;

      • tabela de estratégias,

      • mapa cognitivo etc.


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Descritiva

    • Adquiriu maior peso na última década do século XX;

    • A psicologia cognitiva é sua força motriz;

    • Psicologia cognitiva – trata o ser humano como um sistema que absorve e interpreta as informações do meio ambiente, de acordo com modelos mentais que processam especificidades, como emoções, atitudes, memórias, etc.

    • A sociologia é relevante para a abordagem descritiva;

    • Sociologia – estuda o comportamento dos seres humanos em função do meio e dos processos que os interligam de forma interdependente em associações, grupos e organizações.


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Descritiva

    • É baseada em observações do mundo real das organizações e das pessoas como decisores;

    • Os decisores

    • Entende que o comportamento dos decisores é influenciado pelo meio ambiente, bem como por um elemento de irracionalidade;

    • No ambiente da racionalidade limitada, os decisores olham as alternativas de forma sequencial, não de forma simultânea;

    • Trabalham com uma solução que seja suficientemente satisfatória.


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Descritiva

    • Pilares e processos da racionalidade limitada

    Atenção

    Memória

    Compreensão

    Comunicação

    Processos da Racionalidade Limitada:

    Edição, Decomposição, Heurística e Encaixe


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Descritiva

    • Motivos importantes para explicar a racionalidade limitada:

      • atenção

      • memória

      • compreensão

      • comunicação

    • Processos empregados para simplificar o processo racional de tomada de decisão:

      • edição

      • decomposição

      • heurística

      • “encaixe” – framing.


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Descritiva

    • Principais modelos de abordagem descritiva

    Modelo administrativo

    Modelo Carnegie ou coalizacional

    Abordagem descritiva

    Modelo incremental (Mintzberg et al.)

    Modelo da lata de lixo (Garbage Can)

    Modelo político


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Descritiva

    • Modelo administrativo – tem seus alicerces principais no trabalho de Herbert Simon, que trouxe dois elementos essenciais para a tomada de decisão: racionalidade limitada e solução satisfatória.

    • Modelo Carnegie– aplica-se às decisões que envolvem vários gestores, cujo resultado usualmente é alcançado por meio de coalizões.

    • Modelo do processo de decisão incremental – foi desenvolvido por Mintzberg em um artigo versando a respeito de diferentes segmentos.


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Descritiva

    • Modelo da lata de lixo – é formado pelos elementos:

      • mecanismo de decisão (estrutura ou instância para tomar uma decisão);

      • problemas (propostas apresentadas ao mecanismo de decisão);

      • soluções dos problemas: uma ou mais alternativas de decisão escolhidas para cada problema.

    • A dificuldade na tomada de decisão é resultante da anarquia organizacional que ocorre em função da:

      • falta de clareza para identificar, definir e selecionar determinado problema;


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Descritiva

    • dificuldade em descrever, aplicar e/ou avaliar o uso de tecnologias e ou experiências anteriores ao caso em questão;

    • existência de múltiplas condições ou restrições impostas ao problema;

    • participação irregular, esporádica ou inadequada de pessoas ou grupos de pessoas, o que faz com que o foco na solução do problema seja muito irregular.

  • Soluções para os problemas propostos:

    • decisão satisfatória

    • decisão de abandono

    • decisão com exame superficial

    • decisão sem qualquer discussão.


  • 1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Descritiva

    • Modelo político – é útil para a tomada de decisões não programadas, quando as condições são incertas, a informação é limitada e não há acordo entre os gestores.

    • Formação de alianças informais ou coalizões entre os gestores para apoiar determinado curso de decisão.

    • Suposições básicas a respeito do processo decisório político:

      • As organizações são formadas por grupos cujos interesses, metas e valores não são, necessariamente, convergentes;

      • As informações não são completas e, em muitos casos, são contraditórias;


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Descritiva

    • Os gestores não tem recursos necessários, sejam internos ou externos para identificar todas as dimensões do problema;muito menos processar todas as informações relevantes;

    • Os gestores se engajam em um debate para decidir metas e discutir alternativas.

  • Aspectos individuais e coletivos vis-à-vis elementos da abordagem descritiva

  • Elementos da abordagem descritiva

    Estratégia

    Heurística e intuição

    Indivíduo Grupo Organização Núcleo de decisão


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Integrada

    • Integração das abordagens descritiva e prescritiva

    • Meio-termo

    • Círculo virtuoso;

    • Considerações na busca do que seria ideal para estruturar um processo decisório:

      • A prática da administração exige conhecimentos prescritivos.

      • Não podemos ignorar que boa parte do conhecimento adquirido por meio de pesquisas em administração é descritiva.

      • Para ser útil, esse conhecimento precisa ser transformado em uma abordagem prescritiva, criando assim, o círculo virtuoso.


    1 edi o 2011

    Capítulo 3

    Abordagem integrada

    Capa

    da Obra

    Abordagem Integrada

    • Essa transformação de resultados de pesquisa descritiva para orientações prescritivas úteis é dificultada pela diferença de terminologia e culturas dessas áreas de conhecimento.

    • Consequentemente, a criação de um círculo virtuoso não é tão simples.

  • A busca da combinação entre razões práticas e a racionalidade teórica permite o exercício da pluralidade de questões complexas de forma mais ampla.