slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
PUC GOIÁS Disciplinas: Plano de Negócios Criação de Negócios e Empreendedorismo PowerPoint Presentation
Download Presentation
PUC GOIÁS Disciplinas: Plano de Negócios Criação de Negócios e Empreendedorismo

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 71

PUC GOIÁS Disciplinas: Plano de Negócios Criação de Negócios e Empreendedorismo - PowerPoint PPT Presentation


  • 243 Views
  • Uploaded on

Plano de Negócios elaborado por: Prof. Esp. Fernando Aarão Melo fernando@incaweb.com.br www.incaweb.com.br/coach ano 2011. PUC GOIÁS Disciplinas: Plano de Negócios Criação de Negócios e Empreendedorismo. Plano de Negócios. Definição

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'PUC GOIÁS Disciplinas: Plano de Negócios Criação de Negócios e Empreendedorismo' - lucius-oneal


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Plano de Negócioselaborado por: Prof. Esp. Fernando Aarão Melofernando@incaweb.com.brwww.incaweb.com.br/coachano 2011

PUC GOIÁS

Disciplinas: Plano de NegóciosCriação de Negócios e Empreendedorismo

plano de neg cios
Plano de Negócios

Definição

É um documento que demonstra a viabilidade de mercado e financeira de um empreendimento, visando conseguir apoiadores e financiadores para o negócio. Deve ter um perfil de vendas, pois o que se busca é “vender” uma idéia a alguém.

A essência desse processo é levantar uma série de perguntas críticas e oferecer respostas a elas. Ao final, seu plano irá colaborar para que você possa responder à seguinte pergunta: “Vale a pena abrir, manter ou ampliar o meu negócio?”

Conceito

plano de neg cios1
Plano de Negócios

Reflexão

Os Interessados no Plano de Negócios

  • Investidores / sócios
  • Investidores / capitalistas – capital de risco
  • Agentes financiadores
  • Governo local / comunidade
  • O próprio empreendedor

Por que Fazer um Plano de Negócios

  • Conhecer e identificar as oportunidades de mercado
  • Explicar como se pode aproveitar e ganhar com a oportunidade identificada
  • Definir o cliente e o produto/serviço
  • Conhecer a melhor maneira de fazer
  • Prever riscos e problemas
  • Estimar o lucro a curto e a longo prazo
  • Prever as necessidades financeiras e de caixa
  • Explicar a experiência do empreendedor

Conceito

plano de neg cios2
Plano de Negócios

As 4 Perspectivas de um Plano de Negócios

Negócio – qual a negócio da empresa? O que ela faz? Para quem? Deve-se conhecer o mercado e suas características, dificuldades e barreiras de entrada, grau de maturação e perspectivas futuras. Conhecer os concorrentes e suas características.

Cliente – conhecer a necessidade do cliente, a evolução dessa necessidade e formatar uma proposta de valor que agrade a ele.

Operação – montar toda a estrutura operacional, pessoas e recursos para operação do negócio.

Financeira – levantar e conhecer qual o custo dessa operação mensal e anual, qual a venda prevista e projetar o retorno financeiro (lucratividade e rentabilidade) desse negócio.

Conceito

plano de neg cios3
Plano de Negócios

Por que fazer um Plano de Negócios?

Conceito

plano de neg cios4
Plano de Negócios

6 Passos para Elaborar o Plano de Negócios

Definindo o negócioO Negócio, a proposta de valor, o posicionamentoO ClienteO Mercado

Plano de Marketing

Plano Operacional e de Pesoal

Plano Financeiro

A análise de viabilidade

Formatando o plano

Conceito

oportunidade
Oportunidade

O Empreendedor

Um empreendedor é uma pessoa que imagina, desenvolve e realiza visões. As idéias de “inovação” e “iniciativa” estão contidas na palavra original entrerpeneurship e sendo assim o empreendedor é um inovador (cria soluções, produtos e serviços) e tem iniciativa (ele faz as coisas acontecerem). Numa perspectiva filosófica poderíamos dizer que o empreendedorismo é uma das manifestações da liberdade humana.

defini o do neg cio
Definição do Negócio

Matriz Para Formulação do Negócio

Definição do Negócio

O que a empresa faz? Para quem ela faz? E como ela faz? Sem essa definição muito clara fica difícil qualquer estratégia de atuação, pois se não conheço meu cliente e sua necessidade e não sei com quem estou concorrendo, dificilmente minhas ações surtirão efeito junto aos clientes e no mercado.

Possíveis necessidades dos clientes

Necessidades

Possíveis clientes

Clientes

  • Possíveis formas de atender as necessidades
  • Como atender

Know how

Fonte: O Empreendedor, Ronald Degen – Ed. Mcgraw Hill

Conceito

Ferramenta

qual o seu neg cio
Qual o seu Negócio?

Matriz Para Formulação do Negócio

Definir o seu Negócio:

Necessidades

Clientes

Know how

Prática

qual o seu neg cio1
Qual o seu Negócio?

Definição do Negócio

Nome da empresa:

Visão:

Missão:

Legalidade:

Acionistas e participação:

Prática

gest o de processos
Gestão de Processos

Macro Processo

Visão de Processos

Ver a empresa como um todo olhando seus processos, desde a entrada da matéria-prima, o processamento dela em produto e a entrega do produto ao cliente, onde cada departamento tem sua função a executar, mas sabe da importância do todo, de que sua função é importante para conseguir um resultado final bom que atenda o cliente.

Conceito

Ferramenta

qual o macro processo
Qual o Macro Processo?

Macro Processo

Prática

defini o do cliente
Definição do Cliente

Posicionamento

Posicionamento

Um dos aspectos mais críticos do posicionamento é ser capaz de avaliar os produtos objetivamente e observar como eles são vistos pelos clientes.

Posicionamento é aquilo que você provoca na mente do ciente potencial.

O que os clientes pensam a respeito do seu produto? Para eles você é uma empresa de?

Necessidades

  • Posicionamento
  • Qual a promessa da empresa?
  • O que o cliente pensa sobre a empresa?

Clientes

Know how

Conceito

Ferramenta

defini o do cliente1
Definição do Cliente

Perguntas a Responder

Posicionamento

Ao abrir um negócio o empreendedor tem um certo senso de visão e propósito. Deverá alinhar os pontos fortes e o propósito do seu negócio às oportunidades do mercado.

Deve-se criar um diferencial, forte, único e visível ao cliente.

Somos a empresa que....

Você deve comprar nosso produto porque...

Nosso diferencial é....

Conceito

Ferramenta

defini o do cliente2
Definição do Cliente

(por que se torna um problema para o cliente?

Fórmula do Valor:

Proposta de Valor

  • Qual o problema está sendo resolvido?
  • Qual é o benefício de sua solução para o cliente / consumidor?
  • Descreva o produto/serviço que você está propondo do ponto de vista do cliente/consumidor
  • Explicite a inovação: deixe claro as diferenças em relação ao que já existe no mercado

Valor = atributo + imagem + relacionamento

Problema básico

Implicação

Solução

Produto/Serviço da empresa

Conceito

Ferramenta

defini o do cliente3
Definição do Cliente

Perguntas a Responder

Posicionamento

Ao abrir um negócio o empreendedor tem um certo senso de visão e propósito. Deverá alinhar os pontos fortes e o propósito do seu negócio às oportunidades do mercado.

Deve-se criar um diferencial, forte, único e visível ao cliente.

Somos a empresa que....

Você deve comprar nosso produto porque...

Nosso diferencial é....

Conceito

Ferramenta

quem o cliente
Quem é o Cliente?

Clientes da Empresa:

Perfil do Cliente:

Necessidades, sexo, classe social, faixa etária, cultura, localização, etc

Prática

quem o cliente1
Quem é o Cliente?

Qual a Proposta de Valor:

Perfil do Cliente:

Necessidades, sexo, classe social, faixa etária, cultura, localização, etc

Qual o Posicionamento:

Prática

defini o do mercado
Definição do Mercado

Tamanho do Mercado

O Mercado

  • Tamanho do mercado
  • Potencial do mercado
  • Atratividade/ameaças
  • Participação de mercado
  • Segmentação de mercado
  • Tendências e futuro do mercado
  • Players do mercado e ranking (concorrentes)

Conceito

defini o do mercado1
Definição do Mercado

Pesquisa de Mercado

Pesquisa de Mercado

A Pesquisa de Mercado é uma ferramenta importante para que você obtenha informações valiosas sobre o mercado em que atua ou pretende atuar. Quanto maior o seu conhecimento sobre o mercado, clientes, fornecedores, concorrentes, melhor será o desempenho do seu negócio.

Formulário de pesquisa (do cliente)

Pesquisa dos concorrentes

Pesquisa dos fornecedores

Pesquisa do ponto

Conceito

Ferramenta

defini o do mercado2
Definição do Mercado

Matriz BCG

As 5 Forças Competitivas de Porter

  • Nível de rivalidade;
  • Ameaça de entrantes;
  • Ameaça de substitutos;
  • Poder de compra do cliente;
  • Poder de negociação do fornecedor.

Crescimento mercado

Baixo Alto

Alto Baixo

Domínio da Participação

Ferramenta

Ferramenta

qual o mercado2
Qual o Mercado?

Concorrentes

Prática

qual o mercado3
Qual o Mercado?

Fornecedores

Prática

qual o mercado4
Qual o Mercado?

Ponto (Localização)

Prática

an lise econ mica
Análise Econômica

Economia

O empreendedor ao se lançar na iniciativa empresarial deverá entender da dinâmica da economia do seu país. Como seu negócio é afetado pelas condições econômicas de mercado. Um ambiente econômico saudável é condição básica para estimular investimentos na criação de empresas. O Governo tem um papel fundamental nesse processo por ser um importante agente de controle e regulamentação dos mercados e também um agente fomentador de desenvolvimento da economia.

Cenários

Um cenário corresponde ao desenvolvimento de modelos hipotéticos de possíveis ambientes externos futuros que poderão afetar positiva ou negativamente o desempenho da empresa. A partir do estudo dessas hipóteses estabelece-se cursos de ação para alinhar as estratégias da empresa com esse futuro provável. Lembrando sempre que as possibilidades futuras são mais probabilísticas do que determinísticas.

Conceito

an lise econ mica1
Análise Econômica

Variáveis do Macro Ambiente

Economia;

Tecnologia;

Demografia;

Cultura;

Política;

Ecologia;

Legislação;

Aspectos sociais.

Fatores que Afetam a Competitividade

Melhor acesso a fatores de produção;

Maior disponibilidade de capital;

Melhor captação de capital de terceiros;

Melhor tecnologia;

Maior acesso às informações dos consumidores;

Aumento de players globais;

Maturação de mercados – busca de novos mercados;

Aumento de canais de distribuição

Conceito

plano de marketing
Plano de Marketing

O Produto

  • 4 Ps de Marketing (produto, preço, praça, promoção)
  • Marcas
  • Linha de Produtos
  • Projeto, garantia, assistência técnica

Conceito

plano de marketing1
Plano de Marketing
  • Preço Financeiro
  • Custos fixo e variável
  • Margem de contribuição
  • Margem de lucro
  • Preço Psicológico
  • valor da marca
  • status, referencial
  • emoção x razão
  • exclusividade
  • Preço de Mercado
  • ciclo de vida do produto
  • concorrência
  • economia e situação do mercado
  • controle governamental

O Preço

  • Política de preços
  • Preço de entrada
  • Desnatamento de preço
  • Preço de defesa
  • Preço promocional

Conceito

plano de marketing2
Plano de Marketing

Promoção

  • Campanha de Marketing
  • Verba da campanha

Vendas

  • Força de vendas
  • Remuneração e programa de premiação
  • Pós venda e relacionamento com o cliente

Praça

  • Localização dos clientes
  • Canais de vendas

Conceito

qual o plano de marketing1
Qual o Plano de Marketing?

Política de Vendas

Condição de Pagamento

Financiamento das vendas

Política de atendimento

Tipo de venda: Atacado e varejo

Comissão e premiação de vendedores

Treinamento de vendedores

Prática

qual o plano de marketing2
Qual o Plano de Marketing?

Promoção

Quais ações promocionais de lançamento da empresa

Qual o custo de investimento na campanha de promoção

Prática

plano operacional
Plano Operacional

Organograma

Estrutura da Empresa

Montar a estrutura da empresa para atender aos seus objetivos de planejamento.

  • Modelo Organizacional
  • Equipe de operação e gerência
  • Processos
  • Tecnologia
  • Máquinas, móveis e utensílios

Conceito

Ferramenta

qual a estrutura
Qual a Estrutura?

Organograma

Prática

quais as pessoas
Quais as Pessoas?

Pessoas

Descrição dos Cargos

Desenvolver Liderança

Plano de Cargo e Salários

Avaliação de desempenho

Treinamento

Prática

quais as pessoas1
Quais as Pessoas?

Pessoas

Prática

quais equipamentos
Quais Equipamentos?

Máquinas e Equipamentos

Quais equipamentos necessários

Quais móveis e os utensílios

Quais veículos

Prática

qual tecnologia
Qual Tecnologia?

Tecnologia

Tecnologia do Negócio

Tecnologia da Informação (TIC)

Prática

onde instalar
Onde Instalar?

Instalações

Legislação municipal sobre empresas

Legislação sanitária

Ponto comercial

Imóvel

Lay-Out e espaço físico

Prática

quem vai fornecer
Quem vai Fornecer?

Supply Chain – Cadeia de Suprimentos

Indústria e Comércio

Casa do Cliente

Campo

Quais são os fornecedores?

Qual é o acordo de fornecimento?

Qual é a dificuldade de fornecimento?

Prática

cronograma
Cronograma

Cronograma de Implantação

Programação mensal para implantação:

Legalização

Escolha do ponto

Reforma e instalações

Compra de equipamentos

Compra de matéria-prima (estoques)

Contratações

Treinamentos

Divulgação

Prática

plano financeiro
Plano Financeiro

Planilhas e Fórmulas

Análise Financeira

Levantar os números e cálculos do negócio.

  • Qual capital investido
  • Qual a projeção de vendas
  • Quais os custos e sua classificação (fixo e variável)
  • Qual o preço de venda?
  • Qual a política de venda? (preço e crédito)

Pv = Cv + Mc

Mc = Cf + Lucro

Conceito

Ferramenta

plano financeiro1
Plano Financeiro

Demonstrativo de Origem

Investimento

Demonstrativo de origem

  • De onde virá o dinheiro?
  • Qual a composição do valor investido?

Planilha de investimento

  • Onde será aplicado o dinheiro?

Planilha de Investimentos

Conceito

Ferramenta

alavancagem financeira
Alavancagem Financeira

Composição de Capital

Alavancagem Financeira

É o efeito de captar e aplicar capital de terceiros na empresa a um custo x, sendo que o retorno (lucro) da operação da empresa será y. Sendo y maior que x, o lucro do proprietário é aumentado, pois ele ganhou dinheiro na operação da sua empresa usando dinheiro de outros (terceiros), mesmo pagando pelo uso desse dinheiro.

Conceito

Ferramenta

proje o de vendas
Projeção de Vendas

Projeção de Vendas

Faturamento da Empresa

O departamento de vendas, com base em sua análise, deverá projetar a venda anual e mensal da empresa para o departamento financeiro projetar o resultado esperado, após considerar os custos de produção e venda.

Conceito

Ferramenta

custos
Custos

Custos da Empresa

Os custos são determinantes na eficiência operacional da empresa, tornando-se por tanto um elemento estratégico que requer cada vez mais atenção e análise por parte de gestores.

A competitividade empresarial tem atingido níveis nunca vistos anteriormente. Novos concorrentes entram no mercado; inovações tecnológicas permitem novos produtos; novos canais de venda, como internet, permitem preços de venda mais baixo e alcance de mercados até então não atendidos e novos hábitos e costumes dos clientes impõem às empresas que sejam mais ágeis, mais eficientes e que ofereçam produtos mais baratos. Sobre essa nova condição de mercado, a busca por uma vantagem competitiva em cima do concorrente, faz com que a empresa busque sua melhoria continua para garantir sua permanência no mercado. E que seja eficiente nos seus custos.

Conceito

custo fixo
Custo Fixo

Planilha Custo Fixo

Custo Fixo

É o custo que não varia de acordo com o volume de produção/vendas. Havendo vendas ou não, este custo existe. Exemplo, salários do pessoal administrativo, aluguel do imóvel, despesas de segurança, contador e outros.

Conceito

Ferramenta

custo vari vel
Custo Variável

Planilha Custo Variável

Custo Variável

É o custo que varia de acordo com o volume de produção/vendas. Não havendo produção/venda não há custo variável. Exemplo, matéria-prima, embalagens de produtos, comissão de vendedores, impostos de vendas, fretes e outros.

É divido em 2 tipos:

- Custo do produto: custo de produção ou de compra ou do serviço (se indústria, comércio ou prestação de serviços)

-custo de comercialização (ou de vendas)

Conceito

Ferramenta

custo vari vel1
Custo Variável

1

2

Conceito

custo pessoal
Custo Pessoal

Planilha Folha de Pagamento

Folha de Pagamento

É o custo com pagamento dos funcionários.

Para fluxo de caixa considera-se somente salário e encargos.

Para análise financeira deve-se considerar também o proporcional do 13 salário e das férias computados mensalmente

Lembre-se que o percentual de INSS parte do funcionário não é custo para a empresa, pois esse valor é descontado do salário.

Lembre-se que as comissões têm encargos também.

Conceito

Ferramenta

fluxo de caixa
Fluxo de Caixa

Planilha do Fluxo de Caixa

Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta financeira que mede as necessidades futuras de dinheiro, através da análise da entrada e saída do dinheiro gerado pela operação para que a empresa mantenha sua capacidade de pagamento pontual dos compromissos assumidos e tenha disponibilidade de dinheiro para investimentos.

Conceito

Ferramenta

margem de contribui o
Margem de Contribuição

Margem de Contribuição

É o valor que cada produto contribui no seu preço de venda para cobrir os custos fixos e gerar lucro. Dessa forma, os custos fixos não entram na formação do preço de venda, o que poderia ser complicado de ratear e incompatível por não ter um critério claro desse rateio.Esse critério passa a ser gerencial e estratégico porque com ele o gestor consegue tomar melhores decisões de preço, baseado em sua expertise, tino comercial e análise da concorrência de mercado.

Fórmula

RT = Custo Variável + Custo Fixo + Lucro

MC = Custo Fixo + Lucro

RT = Custo Variável + Margem Contribuição

MC = Receita Total – Custo Variável

Conceito

Ferramenta

ponto de equil brio
Ponto de Equilíbrio

Representação Gráfica

Análise do Ponto de Equilíbrio (PE)

É o valor de vendas em que o custo total (variáveis+fixos) é coberto (pago) e o lucro é igual a zero. Valor de faturamento para pagar todos os custos e a partir daí começar a gerar lucro.

  • Ponto equilíbrio = Vendas – Custo total = 0
  • Custo total = custo fixo + custo variável
  • Lucro = Vendas – custo total
  • Quanto menor o nível de custo fixo, mais rápido se atinge o ponto de equilíbrio

Conceito

ponto de equil brio1
Ponto de Equilíbrio

Calcular o PE do Plano:

Receita =

Custo Variável =

% CV = Custo Variável / venda =

Custo Fixo =

% CF = 100 - % CV =

PE = Custo fixo / %CF

PE =

Se no PE lucro = zero

Então temos que Receita = Custo fixo + Custo Variável

Se Custo Variável é X % das vendas

Então Custo fixo é 100 – X = Y%Então Custo fixo / Y = PE

Exemplo

Vendas 30.000,00 e custo Variável = 22.185Custo variável igual 73% Venda -> 22.185 / 30.000Custo fixo = 100 – 73 = 27% da Venda

Custo fixo = 4.068PE = 4.068 / 0,27 = 15.620,00

Fórmula do PE

Prática

forma o do pre o de venda
Formação do Preço de Venda

Fórmula do Preço de Venda

Composição do Preço

Levantar todos os custos para se produzir e vender para achar o custo total do produto.

Em seguida, fazer uma análise de lucratividade utilizando-se a política de preços, a margem de contribuição e o preço do produto no mercado.

PV = Custo Produto

1 – (custo com + comissão + Mc + outros)

Custo com = custo de comercialização

Mc = margem contribuição

Outros = cartões, royalts, etc.

Valores entre parênteses em decimal 10% = 0,10

Conceito

Ferramenta

forma o do pre o de venda1
Formação do Preço de Venda

Fórmula do Preço de Venda

PV =

1 – (custo com + comissã+ M c + outros)

Prática

demonstrativos cont beis
Demonstrativos Contábeis

Demonstrativos

Análise Financeira

Após projetar as vendas e computar todos os custos da operação, a análise financeira do negócio é feita em cima dos demonstrativos contábeis projetados.

A partir deles, analisamos utilizando-se de índices financeiros.

Demonstração de Resultado (DRE)

Ano xxxx

1. Venda Bruta

2. Custo de Vendas

3. Margem contribuição (1-2)

4. Custo fixo

5. Lucro Líquido (3-4)

Balanço Patrimonial

Conceito

Ferramenta

demonstrativos cont beis1
Demonstrativos Contábeis

Demonstração de Resultado (DRE)

Ano:

1. Receita de Vendas (V)

2. Custo de Vendas

2.1 Custo do Produto

2.2 Custo de Comercialização

3. Margem contribuição (1-2)

4. Custo fixo + Despesas

4.1 Custo Fixo

4.2 Depreciação

4.3 Despesa Financeira

5. Lucro Líquido (LL) (3-4)

Prática

plano financeiro2
Plano Financeiro

Planilhas:

Origem dos recursos

Investimentos

Projeção de Vendas

Custo variável

Custo fixo

Folha de Pagamento

Fluxo de Caixa

DRE

Cálculos:

Preço de Venda

Margem de contribuição

Ponto de equilíbrio

Prática

an lise de viabilidade
Análise de Viabilidade

Análise Financeira

No mercado financeiro existem várias opções de investimento disponíveis. O empreendedor ao montar uma empresa estará fazendo um investimento financeiro também, ou seja, estará aplicando seu capital em uma atividade produtiva visando ter um lucro com a mesma. O valor desse lucro é calculado pelo índice de rentabilidade (lucro anual dividido pelo valor total do investimento inicial na empresa). Como ele irá saber se esse valor é um bom valor? O empreendedor irá comparar a taxa de retorno da empresa com alguns investimentos do mercado que também lhe trariam um retorno financeiro sem, contudo, dar o trabalho de comandar uma empresa.

Se o empreendedor tem outras oportunidades de aplicar seu capital, a taxa de retorno dos outros investimentos é o custo de oportunidade, ou seja, se estes forem maiores que a taxa de retorno da empresa, não seria viável então abrir tal empresa. Mas, existem outros fatores além do financeiro que motivam um empreendedor a abrir seu próprio negócio. Além disso, a taxa de retorno de um negócio é um valor previsto e estimado. Com a condução eficiente da empresa, o empreendedor poderá conseguir alavancar esse retorno aumentando bastante seu valor e com o tempo a expansão da empresa e a dinâmica do mercado, outras opções surgirão que vão alavancar seu negócio propiciando um aumento da sua rentabilidade.

Conceito

an lise de viabilidade1
Análise de Viabilidade

Análise Financeira

Entender de finanças é requisito básico para um empresário. Não precisa ser um especialista ou ter um profundo conhecimento teórico sobre o tema, mas é necessário um entendimento de alguns elementos que determinam o sucesso da empresa.

Lucratividade = lucro líquido (LL) receita de vendas

-> Qual o ganho em % sobre as vendas

Rentabilidade = lucro líquido (LL)

Investimento

-> Qual o ganho em % sobre o investimento (capital aplicado)

Prazo de Retorno = Investimento

Lucro líquido

-> Em quanto tempo recupera-se o investimento feito

Índices para Análise

Conceito

Ferramenta

an lise de viabilidade2
Análise de Viabilidade

Vendas (V) =

Lucro Líquido (LL) =

Investimento (INV) =

Indicadores do Plano

Lucratividade (LL / V) =

Rentabilidade (LL / INV) =

Tempo Retorno - payback (INV / LL) =

Prática

an lise de viabilidade3
Análise de Viabilidade

Análise e Conclusão

Prática

formatando o plano
Formatando o Plano

O Roteiro de um Plano de Negócios

CAPAPasso 1Sumário Executivo (breve descrição da oportunidade vislumbrada, descrição resumida do produto/serviço e descrição da empresa, experiência e função de cada sócio)

Definição do Negócio

Estratégica competitiva da empresa

Analise de mercadoPasso 2Plano de marketingPasso 3Plano operacional e Plano de recursos humanosPasso 4Plano financeiroPasso 5

Análise financeira – indicadores financeiros da viabilidade do negócio

ANEXOS (pesquisas de mercado, reportagens, propagandas de concorrentes, estatísticas, protótipos, etc.)

CONCLUSÃOBreve análise dos indicadores e da taxa de retorno em relação ao mercado financeiro, as perspectivas e riscos do negócio e a comparação com o custo de oportunidade existente para o empreendedor.

O plano de Negócios é um documento.

Deve ter uma boa formatação e uma boa apresentação.

Deve conter toda a comprovação dos dados expostos

O plano

Ferramenta

formatando o plano1
Formatando o Plano

O Roteiro de um Plano de Negócios

Slide 1

A idéia do negócio e oportunidade

Slide 2

Conceito do negócio

Slide 3

Marketing e vendas

Slide 4

Finanças e lucratividade

Slide 5

Criadores e gestores do negócio

A apresentação de um Plano de Negócios é uma apresentação de vendas

A apresentação

Conceito

Ferramenta

slide70

Fez uma boa definição do negócio: o que faz a empresa, quem é o cliente, como pretende fazer, posicionamento e proposta de valor

  • Fez sumário executivo com perfil de vender a idéia
  • Aplicou as 4 pesquisas de mercado: cliente, ponto, fornecedor e concorrentes
  • Fez um levantamento de custos do plano de marketing
  • Fez o plano operacional e de pessoal
  • Preencheu todas planilhas: demonstrativo de origem, investimento, projeção de vendas, custo fixo, custo variável, custo pessoal, fluxo de caixa e DRE
  • Fez a DRE mensal e anual
  • Lançou % vendas a prazo no fluxo de caixa
  • Calculou o capital de giro e considerou como item do investimento para “n” meses
  • Considerou o estoque inicial no investimento
  • Considerou tempo inicial no fluxo de caixa com entrada de investimento e saída do pré-operacional e do valor do investimento
  • Fez o cronograma de implantação do empreendimento
  • Calculou preços e ponto de equilíbrio
  • Calculou os índices: lucratividade, rentabilidade, prazo retorno (payback)
  • Fez a conclusão indicando a viabilidade e perspectivas do negócio
slide71

Livros:

  • O Segredo de Luisa, Fernando Dolabela – Ed. Sextante
  • Plano de Negócios que Dão Certo, Dorneles – Ed. Campus
  • Administração para Empreendedores, Antônio César – Ed. Pearson
  • O Empreendedor, Ronald Degen - Ed. Mc Graw Hill
  • TheSuccessful Business Plan, RhondaAbrams – Ed. Running R Media

Sites:

  • www.planodenegocios.com.br
  • www.seplan.go.gov.br
  • www.encuestafacil.com

Contato do Professor:

  • Fone fixo: 3285-4858
  • Email: fernando@incaweb.com.br
  • Site pessoal: www.incaweb.com.br/coach