manejo da dor tor cica de origem m sculo esquel tica n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
MANEJO DA DOR TORÁCICA DE ORIGEM MÚSCULO-ESQUELÉTICA PowerPoint Presentation
Download Presentation
MANEJO DA DOR TORÁCICA DE ORIGEM MÚSCULO-ESQUELÉTICA

Loading in 2 Seconds...

  share
play fullscreen
1 / 22
Download Presentation

MANEJO DA DOR TORÁCICA DE ORIGEM MÚSCULO-ESQUELÉTICA - PowerPoint PPT Presentation

lucio
131 Views
Download Presentation

MANEJO DA DOR TORÁCICA DE ORIGEM MÚSCULO-ESQUELÉTICA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. MANEJO DA DOR TORÁCICA DE ORIGEM MÚSCULO-ESQUELÉTICA Dr. Paulo E. Evangelista NTDA-SASC AGOSTO-2003

  2. Analgesia - conceitos modernos Alívio da dor: direito individual, compromisso da sociedade.

  3. Direitos ideais podem ser providos pela sociedade como um todo. Médicos e enfermeiros são membros e representam a sociedade.

  4. Direitos humanos derivam da noção de autonomia pessoal.A Dor não elimina esta autonomia.

  5. Alívio da dor é um direito do indivíduo.

  6. DOR Dor é uma experiência senso-rial ou emocional desagradável resultante de lesão tecidual real ou potencial ou descrita em tais termos.

  7. Dor é o que o paciente diz sentir, e existe onde ele diz existir. Margo Mcffery

  8. Ter dor é ter certeza, ouvir sobre dor é duvidar. Elaine Scary -The body of Pain

  9. Não há justificativas para não tratar a dor. A dor não tratada é tortura por omissão. Cousins

  10. A Dor pode matar. John Liebskind-1989

  11. TEORIA DO PORTÃO

  12. Tornar a dor visível Quinto sinal vital.

  13. Analgesia não dificulta diagnóstico. O risco de adição é menor que 1%. Opióide não deve ser a última escolha. A dose ideal é aquela que alivia a dor. Derrubar mitos e preconceitos

  14. O relato do paciente deve ser a fonte principal para avaliação da dor. Escalas de avaliação da dor.

  15. Pain scales: Numerical rating scale (NRS)9 9McCaffery M, Pasero C. Pain: Clinical Manual. 1999.

  16. Alerta • 8, 9 ou 10 na escala de dor é URGENCIA MÉDICA.

  17. Analgesia pré-emptiva • Bloquear ou reduzir os estímulos dolorosos antes que alcancem os centros nervosos.

  18. Analgesia multi-modal • Uso concomitante de medicamentos que agem em diferentes mecanismos para obter analgesia.

  19. Alerta • 8, 9 ou 10 na escala de dor é URGENCIA MÉDICA.

  20. Núcleo de Tratamento da Dor Aguda - NTDA O ALÍVIO DA DOR É UM DIREITO DO INDIVÍDUO.