e e francisco piergentile arte rosana 2014 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
E.E Francisco Piergentile Arte Rosana 2014 PowerPoint Presentation
Download Presentation
E.E Francisco Piergentile Arte Rosana 2014

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 12

E.E Francisco Piergentile Arte Rosana 2014 - PowerPoint PPT Presentation


  • 81 Views
  • Uploaded on

E.E Francisco Piergentile Arte Rosana 2014. e.E francisco piergentile. Dança de Salão Professora: Rosineide Alunos: Emili , Idemar e Jane. Dança de salão.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'E.E Francisco Piergentile Arte Rosana 2014' - lore


Download Now An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
e e francisco piergentile
e.Efranciscopiergentile
  • Dança de Salão
  • Professora: Rosineide
  • Alunos: Emili, Idemar e Jane
dan a de sal o
Dança de salão
  • As primeiras danças aconteceram em rituais de misticismo. Com a movimentação ritmada do corpo e com o acompanhamento de instrumentos, um estado de transe era procurado. Estado que permitia vivenciar momentos místicos.
  • Por muitos anos, a dança foi objeto de adoração, mas os tempos não foram só glória para essa arte: houve adversidades e tentativas de destruí-la. Na primeira parte da Idade Média, a dança foi considerada pagã pelo clero. Perdeu força no século IV e foi banida no século XII. Apenas no renascimento voltou a aparecer e a ocupar lugar de destaque.
  • Na segunda parte da Idade Média surgiram os mestres de danças, que acompanhavam os nobres e, muitas vezes, tinham cargos de confiança. Aos poucos, eles se converteram em professores de boas maneiras e a dança passou a fazer parte da educação dos cavalheiros.
slide4

A dança de salão apareceu pela primeira vez nas cortes italianas e depressa chegou até a França e a Inglaterra. Como uma prática de excelência e uma atividade de prestígio, foi estabelecida como parte da aristocracia da época, que a diferenciava das classes mais pobres, praticantes somente das danças folclóricas.

  • Os ritmos mais dançados eram os estilos mais clássicos e elegantes, como a dança medieval básica, com passos pequenos e deslizantes. Nos séculos XV e XVI surgiram os ritmos mais rápidos, como a Sarabande, na qual os casais passavam entre filas de bailarinos. Em seguida, o Galliard e a rodopiante Volta.
  • Quando a prática da dança social começou a ser levada a sério, teve início a organização da dança de salão. Além das pessoas que dançavam socialmente também existiam as que dançavam com finalidade competitiva. A dança se dividiu entre social e de competição. Foram os ingleses os primeiros que percorreram vários países para encontrar a síntese de cada ritmo, codificando a forma de dançá-los para criarem as primeiras competições.
  • No Brasil, a dança de salão chegou no século XIX, com os professores de etiqueta e dança social da corte portuguesa, que vieram com dom João VI. O primeiro anúncio de aulas de dança foi publicado em 13 de julho de 1811 na Gazeta do Rio de Janeiro. O anunciante foi Luís Lacombe, mestre de danças da casa real portuguesa e professor de dança de dom Pedro I.
  • Com o passar o tempo, a dança de salão evoluiu e chegou ao século XXI com diversidade rítmica e variação de andamentos. A origem de cada dança, a postura, a forma de locomoção e a utilização de espaço são características específicas e passaram a definir a divisão da dança de salão entre danças clássicas e latinas.
  • A Internacional DanceSportFederation (IDSF), órgão responsável pelas danças de competição, assume que dez ritmos fazem parte de duas modalidades de dança, sendo eles:
  • Danças Clássicas: Valsa Inglesa, Valsa Vienense, Tango, Slowfox e Quickstep.
  • Danças Latinas: Samba, Cha-Cha-Cha, Rumba, Paso Doble e Jive.
slide5

Esses ritmos estabelecem um padrão considerado integralmente apenas em competições. No âmbito social, também existem as mesmas modalidades de dança, clássicas e latinas, mas nelas não aparecem todos os dez ritmos estabelecidos pela IDSF.

  • Em uma escola de dança de salão, por exemplo, a grade pode variar. Há a constância de alguns ritmos, a ausência de outros e a inserção de muitos que, por terem surgido mais recentemente, ainda não entraram na classificação oficial de competição. Dançar, em uma escola, é uma atividade social e permite flexibilidade para determinar quais ritmos irão compor a grade do curso de dança de salão de acordo com a cultura, preferência e procura do público.
rumba
rumba
  • A Rumba é uma derivação mais lenta do chachacha, também de origem cubana, mas com influências de ritmos africanos. é muitas vezes apelidada de “dança do amor”. É uma dança cubana em compasso binário e de ritmo complexo que influenciou e foi incorporado ao flamenco.
  • A Rumba é uma das danças latino-americanas mais antigas. Seu nome é derivado da palavra espanhola "rumbear" que significa "se divertir" ou "ir à uma festa". Variações deste dança são chamadas Son, Danzon, Guariga, Guaracha e Naningo
  • Historiadores de danças acreditam que escravos africanos inventaram a dança assim que chegaram em Cuba, possivelmente no começo dos anos 1500. Esta versão primordial da dança era muito sensual, com movimentos exagerados das cadeiras e eram tocadas rapidamente.
slide7

Os movimentos geralmente imitavam os cortejos de animais de celeiro, particularmente galinhas e galos. As fantasias que se fizeram famosas mais tarde na história da música incluíam longos babados nas saias das mulheres, que representavam as penas do rabo da galinha e as mangas e frentes com babados das camisas dos homens representavam as penas penteadas do galo. Originalmente, era um dança de rua popular entre a população mais pobre, os escravos, trabalhadores, etc. A dança era tão selvagem e fortemente sensual que chocava muitos das classes mais altas chegando o governo a bani-la. Mas em 1920, a dança voltou a ganhar popularidade e o banimento foi ignorado. Em 1925, o Presidente Machado reinstaurou o banimento, alegando "este tipo de música e a rumba são contrários aos bons costumes e a ordem de Cuba". Porém, poucos prestaram atenção. Visto que as classes mais altas gostavam de dançar a versão mais lenta e menos sensual, a aceitaram socialmente. Uma vez mais o banimento foi ignorado e esquecido.

valsa
valsa
  • Valsa é um tipo de dança clássica, embora sua origem tenha sido campestre. A valsa surgiu na Áustria e na Alemanha, no inicio do século XIX inspirada em danças como o minueto (dança na qual os pares dançavam separados) e o laendler (dança campestre, na Alemanha). Importante pontuar que a valsa surgiu primeiramente como uma dança, sendo posteriores as composições das valsas como música.
  • A palavra “valsa” tem origem na palavra alemã “waltzen”, que traduzida quer dizer “dar voltas”.
  • Diz-se que a valsa é uma dança de compasso ternário, ou seja, tem três tempos, sendo o primeiro tempo forte e os demais fracos.
  • A princípio, a valsa era vista como vulgar, e até imoral, pelas classes sociais mais altas, e pela aristocracia. Em alguns países europeus (na corte alemã e partes da Inglaterra) a valsa foi proibida, tamanho era o preconceito. Nas camadas populares, a dança ganhava cada vez mais adeptos.
slide9

Quando Napoleão Bonaparte foi derrotado, em 1815, foi realizado na Áustria o Congresso de Viena, que reuniu a nobreza e os políticos de diversos países, com o objetivo de restabelecer os laços entre os países europeus. Nessa ocasião, o músico austríaco SigismundNeukomm, introduziu a valsa entre a nata da sociedade européia, o que garantiu, a partir de então, a presença desse tipo de dança nos palácios e cortes em todo o mundo. Surgiram então algumas diferenças entre a valsa original, a vienense, e outras que nela se originaram, como a valsa inglesa.

  • O mesmo músico, SigismundNeukomm, veio ao Brasil em 1816, para ser professor de D. Pedro I, ao qual ensinou composição e harmonia, e da Princesa Leopoldina, a quem ensinou piano. A valsa vienense, introduzida então no Brasil, fez sucesso não só entre a nobreza, mas em todas as classes sociais, dando origem, inclusive, a outros ritmos, como as populares serestas. Historiadores encontraram no diário de Neukomm, indícios de que as primeiras valsas compostas no Brasil foram de autoria de D. Pedro I.
slide10

O maior compositor de valsas, considerado o “rei das valsas” foi o vienense Johann Strauss II. Dentre suas obras primas, destaca-se o Danúbio Azul. Outros músicos de renome internacional, como Weber, Chopin, Ravel e Brahms têm valsas em seus repertórios.

  • A valsa é encontrada no repertório de alguns compositores brasileiros, como Villa Lobos, Carlos Gomes, Ernesto Nazaré, Chiquinha Gonzaga, entre outros.
  • Ainda hoje, no Brasil, dançar valsa é uma tradição insubstituível em bailes de debutantes, formaturas e casamentos.
fontes
fontes
  • Dança de Salão : http://todocomposto.wordpress.com/historia-da-danca-de-salao/
  • Imagem https://www.google.com.br/search?q=rumba&espv=210&es_sm=93&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=kMYsU7WgN_PF0AHb_IHgBw&sqi=2&ved=0CAcQ_AUoAQ&biw=1366&bih=667#q=dirt+dance&tbm=isch&facrc=_&imgdii=_&imgrc=tmC5bcGSFO3bcM%253A%3BgpStM8KapEpIdM%3Bhttp%253A%252F%252Fupload.wikimedia.org%252Fwikipedia%252Fen%252F1%252F13%252FDirty-dancing-coverx-large.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Fen.wikipedia.org%252Fwiki%252FDirty_Dancing%3B490%3B267
  • https://www.google.com.br/search?q=rumba&espv=210&es_sm=93&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=kMYsU7WgN_PF0AHb_IHgBw&sqi=2&ved=0CAcQ_AUoAQ&biw=1366&bih=667#facrc=_&imgdii=_&imgrc=Dnxx00qzlbKhrM%253A%3Bv3rll0SQ82jsFM%3Bhttp%253A%252F%252Fi.dailymail.co.uk%252Fi%252Fpix%252F2013%252F11%252F24%252Farticle-2512504-19995C7200000578-131_634x593.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Fwww.dailymail.co.uk%252Ftvshowbiz%252Farticle-2512504%252FBrendan-Cole-hits-Strictly-judges-want-sexier-dance-Sophie-Ellis-Bextor.html%3B634%3B593
slide12

Rumba : http://dancasdesalao.webnode.pt/dan%C3%A7as%20de%20salao/rumba/

  • http://www.ehow.com.br/historia-rumba-sobre_7494/
  • Imagem : https://www.google.com.br/search?q=rumba&espv=210&es_sm=93&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=kMYsU7WgN_PF0AHb_IHgBw&sqi=2&ved=0CAcQ_AUoAQ&biw=1366&bih=667#facrc=_&imgdii=_&imgrc=iRQbnJ20F3QZSM%253A%3BGryNPIc89ifnmM%3Bhttp%253A%252F%252Fwww.felliewsdansestudio.no%252Fimages%252FSamba%252520BY%252520GOCHA%252520%2526%252520SHORENA.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Fwww.felliewsdansestudio.no%252Flatin-dances.html%3B981%3B1365
  • https://www.google.com.br/search?q=rumba&espv=210&es_sm=93&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=kMYsU7WgN_PF0AHb_IHgBw&sqi=2&ved=0CAcQ_AUoAQ&biw=1366&bih=667#facrc=_&imgdii=_&imgrc=MLlppY0H8DIlKM%253A%3Ba1VJbKJ6k7US9M%3Bhttp%253A%252F%252Fwww.strictlycomedancing.tv%252Fwp-content%252Fuploads%252F2011%252F12%252FChelsee-and-Pasha-rumba.jpg%3Bhttp%253A%252F%252Fwww.strictlycomedancing.tv%252F2011%252Fharry-and-aliona-are-strictly-come-dancing-2011-champions%252F%3B2000%3B1455
  • Valsa : http://www.infoescola.com/artes/valsa/
  • Imagem : http://pt.wikipedia.org/wiki/Valsa
  • https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSY6T2I77PORxUAsOC9s0SxC9Y8GqOdtk_ERlkBmzvlVhNuyl-kcA
  • https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQRZoYciVfHCIOAaFIk_sSXfhZhkB0Q5idBjbT2vR2bjI3z-s0p