slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Cavitação em dissipador de energia e canais em rampas Engenheiro Plínio Tomaz PowerPoint Presentation
Download Presentation
Cavitação em dissipador de energia e canais em rampas Engenheiro Plínio Tomaz

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 11

Cavitação em dissipador de energia e canais em rampas Engenheiro Plínio Tomaz - PowerPoint PPT Presentation


  • 235 Views
  • Uploaded on

Cavitação em dissipador de energia e canais em rampas Engenheiro Plínio Tomaz. Cavitação em bombas centrífugas Cavitação em reduções Cavitação em dentes Cavitação em túneis Etc. Cavitação em dissipadores de energia. Cavitação em bombas. Cavitação em canais devido contração.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Cavitação em dissipador de energia e canais em rampas Engenheiro Plínio Tomaz' - liv


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
cavita o em dissipadores de energia

Cavitação em bombas centrífugas

Cavitação em reduções

Cavitação em dentes

Cavitação em túneis

Etc

Cavitação em dissipadores de energia
index de cavita o c pb 10 3m press o atmosf rica pv 0 233m press o de vapor da gua

Caso de estrutura côncava

σc= ( y.cosθ+y.V2/gRc + pb – pv ) / (V2/2g)

Caso de estrutura convexa

σc= ( y.cosθ -y.V2/gRc + pb – pv ) / (V2/2g)

Index de cavitação σc pb=10,3m (pressão atmosférica) pv=0,233m (pressão de vapor da água)
c ncavo e convexo
Côncavo e convexo

Côncavo

Convexo

slide7
Valores de cavitaçãoo valor do index calculado σc deve ser maior que o valor achado na tabela para não ter cavitação
slide8

Danos causados por cavitaçãoconforme Falvey, 1983. Se o index de cavitação for σc = 0,29 e tivermos 100 horas de operação caímos numa região onde não há danos

Sem danos

Haverá danos

exemplo para verificar se h ou n o cavita o v 9 1m s press o no dente 4 9mca altura do dente 2 00
Exemplo para verificar se há ou não cavitaçãoV= 9,1m/s Pressão no dente= 4,9mca Altura do dente= 2,00
exemplo para verificar se h ou n o cavita o v 9 1m s press o no dente 4 9mca altura do dente 2 001

σc = ( y.cos θ + y.V2/gRc + pb – pv ) / (V2/2g)

Como temos um plano Rc= infinito e portanto, yV2/gRc=0

σc = ( y.cos θ + pb – pv ) / (V2/2g)

σc = ( y.cos θ + 9,5– 0,235 ) / (9,12/2x9,81)

θ=0 cos θ=1

σc = ( y + 9,5 – 0,235 ) / (9,12/2x9,81)

σc = ( y + 9,265 ) /4,22

y= 4,9mca-2,00= 2,9mca

σc = ( 2,9 + 9,265 ) /4,22= 2,9 >2,3 OK

Consultando a Tabela (91.3) o valor de σ=2,3 e como obtemos o valor 2,9 que é maior que 2,3 e supondo 100 horas de operação, entrando na Figura (91.7) verificamos que não haverá danos na estrutura.

Exemplo para verificar se há ou não cavitaçãoV= 9,1m/s Pressão no dente= 4,9mca Altura do dente= 2,00
slide11

Fonte:

Site: www.pliniotomaz.com.br

Em complementos do livro Cálculos hidrológicos e hidráulicos para obras municipais

Engenheiro Plinio Tomaz

E-mail: pliniotomaz@uol.com.br