Dados para SIG - PowerPoint PPT Presentation

libitha
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Dados para SIG PowerPoint Presentation
Download Presentation
Dados para SIG

play fullscreen
1 / 32
Download Presentation
Dados para SIG
225 Views
Download Presentation

Dados para SIG

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

    1. Dados para SIG Walter Collischonn Material INPE; http://www.landmap.ac.uk/ipc/ccrs/chapter1/chapter1_1_e.html;

    3. Dados analgicos Uma fonte muito comum de dados para um SIG so os mapas j existentes e impressos em papel. Para utilizar os dados destes mapas necessrio transformar a informao analgica em informao digital.

    5. Dados analgicos Para utilizar os dados destes mapas necessrio transformar a informao analgica em informao digital. Digitalizao de dados Scanner Mesa digitalizadora Scanner + software para digitalizao

    6. Mesa digitalizadora

    7. Mesa digitalizadora

    8. Mesa digitalizadora

    9. Digitalizao

    10. SPRING Bsico 10 Etapas de edio de um mapa temtico

    11. SPRING Bsico 11 Parmetros de Edio Vetorial de Linhas Opo : Edio Grfica ou Verificao Editar : Linhas, Pontos, Linhas de Quebra ou Isolinhas de Sada Modo : Contnuo ou Passo Topologia : Automtica ou Manual Fator de Digitalizao (mm) : 0,00 a 4,00 Operao de edio : Criar Linha, Criar Linha Fechada, Adicionar Ponto, Mover Ponto, Quebrar Linha, Juntar Linha, Eliminar Linha, Eliminar Ponto, Limpar rea ou Concatenar Linhas

    12. SPRING Bsico 12 Modo Edio vetorial de linhas Contnuo (definir o Fator de Digitalizao (mm)

    13. SPRING Bsico 13 Topologia Edio vetorial de linhas Automtica

    14. SPRING Bsico 14 Operao Edio vetorial de linhas

    15. SPRING Bsico 15 Operao Edio vetorial de linhas Criar Linha - digitalizar um arco inserindo pontos - depende do Modo (Contnuo ou Passo) e da Topologia (Automtica ou Manual)

    16. SPRING Bsico 16 Operao Edio vetorial de linhas Adicionar Ponto - adiciona pontos em um arco e move se desejar

    17. SPRING Bsico 17 Operao Edio vetorial de linhas Juntar Linhas - une as extremidades (ns) de dois arcos ou um arco somente quando for uma ilha

    18. SPRING Bsico 18 Operao Edio vetorial de linhas Limpar rea - recorta os arcos internos a uma ilha editada

    19. SPRING Bsico 19 Operao Edio vetorial de linhas

    20. SPRING Bsico 20 Operao Edio vetorial de linhas

    21. SPRING Bsico 21 Ajuste Automtico Edio vetorial de linhas Tolerncia (mm) - depende da escala do PI ativo.

    22. Dissertao Walter Collischonn

    23. rea atingida em Espumoso

    24. Populao atingida no vale

    25. Prejuzos agricultura

    26. Digitalizao Processo muito demorado Cada vez mais raro

    27. Dados analgicos Digitalizao de dados Scanner Mesa digitalizadora Scanner + software para digitalizao

    29. Scanner + software para digitalizao

    30. Scanner + software para digitalizao

    31. Raster x vetor

    32. Raster x vetor

    33. Dados para SIG Dados analgicos (como mapas em papel) Dados digitais (como imagens de satlite) Dados numricos pontuais

    34. Dados digitais Imagens de satlite Fotografias areas digitais Eventualmente necessria digitalizao (por exemplo nas fotos para topografia)

    35. Imagens de satlite Sensoriamento remoto

    36. Algumas coisas do INPE Parte 1: princpios fsicos do Sensoriamento Remoto; Parte 2: sistemas sensores; Parte 3: comportamento espectral de alvos; Parte 4: interpretao visual de imagens multispectrais; Parte 5: prtica.

    37. A natureza da Radiao

    38. O espectro eletromagntico

    41. Interao e obstculos para a radiao Radiao pode ser refletida Radiao pode ser absorvida Radiao pode ser desviada Interao com alvos depende do comprimento de onda

    42. Curva de Irradincia Solar

    43. Curva de Irradincia Solar

    44. Sistemas sensores Sensores no-imageadores: radimetros e espectroradimetros; Sensores imageadores: fotogrficos e eletro-pticos;

    45. Componentes Sistema ptico: abertura e/ou lentes; Sistema difrator: diafragma e/ou prisma; Sistema detetor: filme fotogrfico ou liga metlica (detetor); Sistema amplificador Sistema de registro/transferncia

    46. Sensores no imageadores

    47. Sensores imageadores

    48. Energy Source or Illumination (A) - the first requirement for remote sensing is to have an energy source which illuminates or provides electromagnetic energy to the target of interest. Radiation and the Atmosphere (B) - as the energy travels from its source to the target, it will come in contact with and interact with the atmosphere it passes through. This interaction may take place a second time as the energy travels from the target to the sensor. Interaction with the Target (C) - once the energy makes its way to the target through the atmosphere, it interacts with the target depending on the properties of both the target and the radiation. Recording of Energy by the Sensor (D) - after the energy has been scattered by, or emitted from the target, we require a sensor (remote - not in contact with the target) to collect and record the electromagnetic radiation. Transmission, Reception, and Processing (E) - the energy recorded by the sensor has to be transmitted, often in electronic form, to a receiving and processing station where the data are processed into an image (hardcopy and/or digital). Interpretation and Analysis (F) - the processed image is interpreted, visually and/or digitally or electronically, to extract information about the target which was illuminated. Application (G) - the final element of the remote sensing process is achieved when we apply the information we have been able to extract from the imagery about the target in order to better understand it, reveal some new information, or assist in solving a particular problem.

    49. Resolues Espacial: refere-se ao tamanho do pixel (imagens pictricas) ou granulao do filme fotogrfico; Espectral: refere-se largura da faixa espectral na qual o sensor capaz de sentir a REM; Radiomtrica: refere-se sensibilidade do sensor em perceber diferenas nos valores de Radincia; Temporal: refere-se ao perodo de tempo entre as coletas de dados sobre uma mesma rea.

    51. Resoluo espacial

    52. Resoluo espectral

    53. Bandas espectrais

    54. Resoluo radiomtrica

    55. Resoluo temporal

    56. Comportamento Espectral de Alvos Refere-se ao estudo do processo de interao entre a Radiao eletromagntica e os diversos objetos de interesse (recursos naturais). Para o caso do Sensoriamento remoto ambiental, refere-se mais especificamente ao estudo da Reflectncia espectral dos recursos naturais.

    57. Comportamento Espectral de Alvos

    58. Vegetao-folha verde sadia

    59. Vegetao-espcies

    60. Vegetao-IAF

    61. Estrutura interna da folha

    62. Vegetao-Umidade

    63. Vegetao-IAF

    64. Vegetao-Dossel

    65. Vegetao-Dossel

    66. Vegetao-Dossel

    67. Interpretao visual de imagens Objetivo: principalmente a elaborao de mapas temticos; Mapa temtico: representao cartogrfica de classes/categorias inerentes a um determinado assunto; Principais etapas:

    68. Principais etapas Discusso sobre o objetivo=> implicar na definio da legenda, que por sua vez definir a escala de mapeamento e os produtos de SR que sero utilizados; Definio da metodologia=> tela de computador? Produto analgico? Aplicativos? Muitos intrpretes? Homogenizao? Exatido de mapeamento? Estabelecimento de critrios para extrao de dados=> tamanho mnimo?

    69. Principais etapas Interpretao propriamente dita=> elementos da fotointerpretao (forma, cor, tonalidade, textura, tamanho relativo, contexto e sombra); Homogenizao=> todos erraro segundo um mesmo critrio; Trabalho de campo=> eliminao/minimizao de dvidas na interpretao; Reviso da interpretao; Exatido de mapeamento.

    70. Resposta espectral de alvos

    71. Imagem multiespectral

    72. Realamento

    73. Composio colorida

    74. De volta ao Idrisi Explorando a imagem sierra bandas 1 a 5 Visualizao Valores em pixels Histograma Stretch Composio colorida associar cores