a distribui o do desmatamento na amaz nia vetores reas cr ticas e mapeamento de fronteiras l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
A distribuição do desmatamento na Amazônia: vetores, áreas críticas e mapeamento de fronteiras PowerPoint Presentation
Download Presentation
A distribuição do desmatamento na Amazônia: vetores, áreas críticas e mapeamento de fronteiras

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 17

A distribuição do desmatamento na Amazônia: vetores, áreas críticas e mapeamento de fronteiras - PowerPoint PPT Presentation


  • 159 Views
  • Uploaded on

A distribuição do desmatamento na Amazônia: vetores, áreas críticas e mapeamento de fronteiras. Ane Alencar Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia. Evolução da taxa de desmatamento. Focos de Calor NOAA 12 (2000-2005). Mato Grosso. Pará. Rondônia. Maranhão. Acre. Amazonas.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'A distribuição do desmatamento na Amazônia: vetores, áreas críticas e mapeamento de fronteiras' - libitha


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
a distribui o do desmatamento na amaz nia vetores reas cr ticas e mapeamento de fronteiras

A distribuição do desmatamento na Amazônia: vetores, áreas críticas e mapeamento de fronteiras

Ane Alencar

Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia

slide3

Focos de Calor NOAA 12 (2000-2005)

Mato Grosso

Pará

Rondônia

Maranhão

Acre

Amazonas

Fonte: MCT - INPE/DSA - MONITORAMENTO DE FOCOS DE CALOR / SATELITE - NOAA-12 ASCENDENTE (MOSAICO). Adaptado IPAM

principais causas
Principais Causas
  • Tipos de uso da terra
  • Pecuária extensiva
  • Plantio de grãos
  • Agricultura de corte e queima
  • Obras de infra-estrutura
    • Estradas
  • Especulação de terras públicas (pecuária)

Fonte: Alencar et al. Desmatamento na Amazônia: Indo Além da Emergência Crônica. IPAM. Belém, 2004.

interven o nos tipos de fronteira
Intervenção nos tipos de fronteira

1. Intervenção em fronteiras sob a ação da produção familiar

A meta principal da gestão de paisagens constituídas principalmente pela produção familiar deve ser a criação de condições mínimas para que a viabilidade econômica, ecológica e social das famílias que as ocupam seja possível

2. Intervenção em fronteiras sob expansão da agroindústria

A meta da governança em fronteiras empresariais deve ser a proteção da funcionalidade ecológica das paisagens onde a agricultura e a exploração madeireira estão avançando rapidamente. Isso implica na manutenção da saúde das bacias hidrológicas, a conectividade entre fragmentos florestais e na redução dos incêndios florestais, entre outras metas.

3. Intervenção nas fronteiras em fase explosiva

As “forças tarefa” emergenciais implementadas pelo IBAMA, INCRA, Polícia Federal, Ministério Público e Ministério da Justiça, seguidas logo pela representação efetiva dessas instituições, podem inserir o governo na fronteira nova e exercer um comando e controle que ordene o uso dos recursos naturais

Fonte: Alencar et al. Desmatamento na Amazônia: Indo Além da Emergência Crônica. IPAM. Belém, 2004.

o desafio de mapear o desmatamento ilegal
O desafio de mapear o desmatamento ilegal
  • visa apenas justificar a posse da terra, sendo usado de forma especulativa para “mostrar produtividade” aos órgãos governamentais, tais como o INCRA;
  • ocorre em terras inapropriadas ao cultivo agrícola e à criação de gado (p. ex. relevo acidentado, solos inapropriados, sob alto índice de precipitação, distantes de mercados e estradas), levando a sistemas agropecuários de baixa produtividade;
  • fere o Código Florestal (desmatamento de reserva legal e/ou das áreas de proteção permanente, Lei no. 4.771, de 15 de novembro de 1965), ou seja, é ilegal;
  • ocorre em unidades de conservação, terras indígenas, ou em áreas de elevado valor para a conservação ou a utilização sustentável da biodiversidade (áreas ainda não protegidas por unidades de conservação);
  • ocorre em áreas onde a melhor opção econômica de uso da terra é a florestal – seja para a produção madeireira, seja para a produção não-madeireira, ou para ambas.

Fonte: Alencar et al. Desmatamento na Amazônia: Indo Além da Emergência Crônica. IPAM. Belém, 2004.

distribui o dos assentamentos na amaz nia
Distribuição dos Assentamentos na Amazônia

Fonte: Alencar et al. Desmatamento na Amazônia: Indo Além da Emergência Crônica. IPAM. Belém, 2004.