pesquisa em comunica o n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Pesquisa em Comunicação PowerPoint Presentation
Download Presentation
Pesquisa em Comunicação

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 19

Pesquisa em Comunicação - PowerPoint PPT Presentation


  • 64 Views
  • Uploaded on

Pesquisa em Comunicação. Professora Luciana Moura Faculdade Novo Milênio. Considerações iniciais sobre ciência, poder e comunicação. O que diferencia as teorias científicas das teorias não-científicas (senso comum) Poder do conhecimento científico Ciências naturais X ciências sociais

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Pesquisa em Comunicação' - levana


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
pesquisa em comunica o

Pesquisa em Comunicação

Professora Luciana Moura

Faculdade Novo Milênio

considera es iniciais sobre ci ncia poder e comunica o
Considerações iniciais sobre ciência, poder e comunicação
  • O que diferencia as teorias científicas das teorias não-científicas (senso comum)
  • Poder do conhecimento científico
  • Ciências naturais X ciências sociais
  • Pesquisas em comunicação
  • Pesquisas teóricas/empíricas e pesquisas mercadológicas
pesquisa em comunica o1
Pesquisa em Comunicação

Estudo científico dos elementos que integram o processo comunicativo, a análise de todos os fenômenos relacionados ou gerados pela transmissão de informações, sejam dirigidos a uma única pessoa, a um grupo ou a um vasto público.

Emissor – Receptor – canal – mensagem – codificação decodificação – ruído – campo de experiência – feedback

pesquisa mercadol gica
Pesquisa mercadológica

É a identificação, coleta (processo de obtenção de dados), análise (exame, diagnóstico) e disseminação (derramamento) de informações de forma sistemática (ordenada) e objetiva (prática), e seu uso visa a melhorar a tomada de decisões relacionadas à identificação e solução de problemas (e oportunidades) em marketing.

fases da pesquisa
Fases da Pesquisa
  • Formulação e do planejamento da pesquisa;
  • Desenvolvimento e execução da pesquisa;
  • Redação do texto final do estudo;
  • Exposição do trabalho final.
slide6
Tema

É o assunto que se pretende provar ou desenvolver. Precisa bem o assunto geral sobre o qual se deseja realizar a pesquisa.

  • Delimitação do tema: Especificação, limitação geográfica e temporal. É preferível o aprofundamento à extensão.
  • Objeto: Tema propriamente dito. Aquilo que se pretende saber ou realizar a respeito do sujeito.
justificativa do tema
Justificativa do Tema

É o elemento que mais contribui para o aceite da pesquisa. Trata-se de uma exposição sucinta, mas completa, das razões de ordem teórica e dos motivos de ordem prática que tornam importante a realização da pesquisa. Deve enfatizar:

  • O estágio em que se encontra o tema;
  • Contribuições teóricas que a pesquisa pode trazer;
  • Importância do tema do ponto de vista geral;
  • Possibilidade de sugerir modificações no âmbito da realidade;
  • Descoberta de soluções.
problema
Problema

O que se quer saber, o que se pretende estudar. Prende-se ao tema proposto. Após a escolha do tema e delimitado seu campo de atuação, deve-se "transformar" o tema em uma questão básica.

Acredita-se que é mais importante para o desenvolvimento da ciência saber formular problemas do que encontrar soluções.

problema1
Problema

- Deve ser formulado como pergunta;

- Corresponder a interesses pessoais, sociais, científicos, de conteúdo ou metodológicos;

- Relacionar entre si por meio de duas variáveis;

- Deve ser objeto de investigação sistemática, controlada e crítica;

- Empiricamente verificado em suas consequências;

- Claro e preciso;

- Delimitado a uma dimensão social.

objetivo geral
Objetivo Geral
  • Visão geral e abrangente do tema. Relaciona-se com o conteúdo direto, quer dos fenômenos e eventos, quer das idéias estudadas. Vincula-se diretamente à própria significação da tese proposta pelo projeto. Deve descrever exatamente a que se propõe o trabalho.
  • Sempre é escrito com um verbo no infinitivo no início da sentença.
objetivos espec ficos
Objetivos Específicos
  • Têm um caráter mais concreto. Função instrumental, permitindo atingir o objetivo geral e também aplicar este a situações particulares.
  • Sempre são descritos com um verbo no início da sentença, no infinitivo.
caracteriza o de estudo
Caracterização de estudo
  • Pesquisa Exploratória
  • Pesquisa Descritiva
  • Pesquisa Explicativa
caracteriza o de estudo1
Caracterização de estudo

Pesquisa Exploratória:

  • Trata-se de aprofundar conceitos preliminares, muitas vezes inéditos. Seu objetivo básico é desenvolver hipóteses e proposições que irão redundar em pesquisas complementares. É usada em casos nos quais é necessário definir o problema com maior precisão e indicar cursos relevantes de ação ou obter dados adicionais antes que se possa desenvolver uma abordagem.
  • Principais métodos: levantamentos em fontes secundárias, levantamentos de experiência, entrevistas com peritos, pesquisas-piloto, grupos focais, estudos de casos selecionados ou observação informal.
caracteriza o de estudo2
Caracterização de estudo

Pesquisa Descritiva:

  • Tem como objetivo informar o pesquisador sobre situações, fatos, opiniões ou comportamentos da população analisada, buscando mapear a distribuição de um fenômeno na população estudada. Objetiva conhecer e interpretar a realidade sem nela interferir para modificá-la. Normalmente ela se baseia em amostras grandes e representativas.
  • Principais métodos: estudos longitudinais e transversais. As pesquisas descritivas compreendem grande número de métodos de coleta de dados, os quais compreendem entrevistas pessoais, por telefone, questionários pelo correio, questionários pessoais e observação.
caracteriza o de estudo3
Caracterização de estudo

Pesquisa Explicativa:

  • Tem como objetivo identificar os fatores que determinam ou contribuem para a ocorrência de fenômenos. Explica a razão e o porquê das coisas.
  • Método: Experimento, que é um projeto de pesquisa que envolve a manipulação de uma ou mais variáveis enquanto outras são mantidas constantes e há medição dos resultados.
aspectos metodol gicos
Aspectos Metodológicos

Estratégia de investigação:

  • Quantitativa
  • Qualitativa
  • Mista
aspectos metodol gicos1
Aspectos Metodológicos

Seleção e localização das fontes de informação:

Documentação Direta: Debruça-se sobre a realidade a partir de fatos fornecidos pelas pessoas.

  • Exs: Estudos de caso, grupo focal, pesquisa experimental, levantamentos, etc.

Documentação Indireta: Se valem das chamadas fontes de “papel”.

  • Exs: Pesquisa bibliográfica (material já elaborado) e pesquisa documental (materiais que não receberam tratamento analítico).
aspectos metodol gicos2
Aspectos Metodológicos

Procedimentos técnicos:

Documentação Direta: Debruça-se sobre a realidade a partir de fatos fornecidos pelas pessoas.

  • Exs: Estudos de caso, grupo focal, pesquisa experimental, levantamentos, etc.

Documentação Indireta: Se valem das chamadas fontes de “papel”.

  • Exs: Pesquisa bibliográfica (material já elaborado) e pesquisa documental (materiais que não receberam tratamento analítico).
levantamento bibliogr fico
Levantamento bibliográfico

Apanhado geral sobre os principais documentos e trabalhos realizados a respeito do tema escolhido, abordados anteriormente por outros pesquisadores, para a obtenção de dados para a pesquisa.

  • Revistas científicas;
  • Monografias, dissertações e teses de autores que estudaram assuntos que se aproximem de seu tema de pesquisa;
  • Livros e publicações avulsas;
  • Documentos, arquivos públicos e particulares, fotos, imagens;
  • Revistas, jornais, apostilas, resenhas etc.