slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Música 1985 “Será”...2:30 PowerPoint Presentation
Download Presentation
Música 1985 “Será”...2:30

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 24

Música 1985 “Será”...2:30 - PowerPoint PPT Presentation


  • 74 Views
  • Uploaded on

Música 1985 “Será”...2:30. http://www.youtube.com/watch?v= hzSLhZqxXwE. Legiao  Urbana - Que Pais é Esse?  1978/87...2:56. A música lançada em 1987 é de Renato Russo que morreu em 1996. Na época a música fez muito sucesso pois estávamos em “Assembleia Constituinte”...

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Música 1985 “Será”...2:30' - leola


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide3

http://www.youtube.com/watch?v=hzSLhZqxXwE

Legiao Urbana - Que Pais é Esse? 1978/87...2:56

slide4

A música lançada em 1987 é de Renato Russo que morreu em 1996. Na época a música fez muito sucesso pois estávamos em “Assembleia Constituinte”...

Vídeo Crônica G.News...4:42

http://globotv.globo.com/globonews/jornal-das-dez/v/constituicao-brasileira-completa-25-anos/2870685/

slide5

A música já foi cobrada em redação (Cesgranrio) ...

Há momentos em nossas vidas em que enfrentamos situações muito difíceis, verdadeiras “crises”, parecemos estar num beco sem saída. Na sociedade isso também ocorre...

slide6

Segundo Durkheim, todos deveriam ter o mesmo objetivo, a felicidade, não individual mas coletiva. A consciência coletiva é "conditio sinequa non" para a organização social, pois a consciência coletiva é, em síntese, a concepção durkheimiana da organização social.

A “Assembleia Constituinte” serviu para acabar com os resquícios da ditatura, pois quando algo não funciona dentro de uma sociedade, provavelmente isso é sinônimo de uma patologia, o Estado está doente ou com “ANOMIA”.

slide7

“anomia”...

É o estado de falta de objetivos e perda de identidade, provocado pelas intensas transformações ocorrentes no mundo social moderno.

Este termo foi cunhado por Émile Durkheim em seu livro O Suicídio. Durkheim emprega este termo para mostrar que algo na sociedade não funciona de forma harmônica. Daí a necessidade da solidariedade orgânica...

slide8

d. (Uel) Emile Durkheim observa que uma condição fundamental para que a sociedade possa existir é a presença de um consenso social. Pois sem consenso não há cooperação entre os indivíduos e, portanto, não há vida social. Este consenso é garantido pelo meio moral que compartilhamos, o qual, por sua vez, é produzido pela cooperação entre os indivíduos através de um processo de interação que Durkheim chamou de divisão do trabalho social. Desse modo, conforme o tipo de divisão do trabalho social que predomina na vida coletiva numa determinada época, tem-se um tipo diferente de solidariedade entre os indivíduos. Durkheim destaca dois tipos de solidariedade: a mecânica e a orgânica. No Brasil, por exemplo, nota-se a influência das ideias positivistas em boa parte de sua legislação.

(Adaptado de: RODRIGUES, Alberto T. Sociologia da Educação. RJ: DP&A, 2000. p.27-28.)

Considere as afirmativas a seguir, que apresentam artigos e parágrafos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT- Edição de 1988) e da Constituição de 1988.

I. “[São condições para o funcionamento do Sindicato:] a proibição de qualquer propaganda de doutrinas incompatíveis com as instituições e os interesses da Nação [...]”.

II. “[São prerrogativas dos Sindicatos:] colaborar com o Estado, como órgãos técnicos e consultivos, no estudo e solução dos problemas que se relacionam com a respectiva categoria ou profissão liberal”.

III. “[Dos direitos e deveres individuais e coletivos:] a criação de associações e, na forma da lei, a de cooperativas independem de autorização, sendo vedada a interferência estatal em seu funcionamento”.

IV. “[Da Organização Sindical:] A solidariedade de, interesses econômicos dos que empreendem atividades idênticas, similares ou conexas constitui o vínculo social básico que se denomina aqui categoria econômica”.

Remetem ao conceito de solidariedade orgânica, apenas as afirmativas:

a) I e III. b) I e IV. c) II e III. d) I, II e IV. e) II, III e IV.

A questão permite ao aluno relacionar conceitos da sociologia durkheimiana com elementos constitutivos da sociedade contemporânea. Este é, portanto, um bom exercício sociológico e pedagógico. Dentre as afirmativas apresentadas, somente a III não pode ser interpretada mediante o conceito de solidariedade orgânica. Segundo esta concepção durkheimiana, a solidariedade numa sociedade moderna ocorre mediante uma complexa divisão do trabalho que valoriza a coesão social. De fato, na afirmativa I o que se observa é a exaltação das instituições e dos interesses da Nação, na afirmativa II existe uma preocupação com a colaboração com o Estado visando à divisão do trabalho e solução de problemas e, por fim, a afirmativa IV valoriza os vínculos sociais constituídos a partir da solidariedade de interesses econômicos. Portanto, somente a alternativa [D] está correta.

slide9

(Enem) TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES:

Em uma disputa por terras, em Mato Grosso do Sul, dois depoimentos são colhidos: o do proprietário de uma fazenda e o de um integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terras:

Depoimento 1

A minha propriedade foi conseguida com muito sacrifício pelos meus antepassados. Não admito invasão. Essa gente não sabe de nada. Estão sendo manipulados pelos comunistas. Minha resposta será à bala. Esse povo tem que saber que a Constituição do Brasil garante a propriedade privada. Além disso, se esse governo quiser as minhas terras para a Reforma Agrária terá que pagar em dinheiro, o valor que eu quero.

(proprietário de uma fazenda no Mato Grosso do Sul)

slide10

Depoimento 2

Sempre lutei muito. Minha família veio para a cidade porque fui despedido quando as máquinas chegaram lá na Usina. Seu moço, acontece que eu sou um homem da terra. Olho pro céu, sei quando é tempo de plantar e de colher. Na cidade não fico mais. Eu quero um pedaço de terra, custe o que custar. Hoje eu sei que não estou sozinho. Aprendi que a terra tem um valor social Ela é feita para produzir alimento. O que o homem come vem da terra. O que é duro é ver que aqueles que possuem muita terra e não dependem dela para sobreviver, pouco se preocupam em produzir nela.

(integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), de Corumbá - MS)

slide11

d. (Enem 1998) A partir da leitura do depoimento 1, os argumentos utilizados para DEFENDER A POSIÇÃO DO PROPRIETÁRIO DE TERRAS SÃO:

I. A Constituição do país garante o direito à propriedade privada, portanto, invadir terras é crime.

II. O MST é um movimento político controlado por partidos políticos.

III. As terras são o fruto do árduo trabalho das famílias que as possuem.

IV. Este é um problema político e depende unicamente da decisão da justiça.

Estão corretas as proposições:

a) I, apenas. b) I e IV, apenas. c) II e IV, apenas.

d) I, II e III, apenas. e) I, III e IV, apenas.

slide12

Para que reine certo consenso nessa sociedade, deve-se favorecer o aparecimento de uma solidariedade entre seus membros. Uma vez que a solidariedade varia segundo o grau de modernidade da sociedade, a norma moral tende a tornar-se norma jurídica... Daí a necessidade de leis comuns...

Como a nossa Constituição que esta complentando 25 anos...

slide13

JN de 5 outubro 1988...5:11

http://www.youtube.com/watch?v=G1KfnfgTdeM

slide14

http://oglobo.globo.com/infograficos/constituicao-25-anos/

É bom lembrar que

1ª.

Constituição luso-brasileira de 1822... ou

Em 25 de março de 1824, Dom Pedro I outorgava a mais duradoura Constituição brasileira: duraria 65 anos, até a Proclamação da República. Uma Assembleia Constituinte chegou a ser instalada, mas o imperador, irritado com os rumos tomados pelos trabalhos, resolveu dissolvê-la. Entre as características mais marcantes da primeira Carta estavam a criação do Poder Moderador, exercido pelo monarca, que estava acima do Executivo, do Legislativo e do Judiciário, e o direito de voto ser exclusivo aos homens livres e proprietários abastados.

slide15

2ª. (1ª. “Republicana”)

Em 24 de fevereiro de 1891, a nova Carta seria promulgada pelo presidente Deodoro da Fonseca e pelo vice Rui Barbosa com uma série de novidades: o país passava a ser uma república federativa (chamada Estados Unidos do Brasil); a independência entre os três poderes e a separação entre Estado e Igreja .

slide16

3ª.

Em 1934 com a Segunda República (Revolução de 1930), sintonizada com a política do presidente Getúlio Vargas. Foi ela que introduziu o voto secreto e obrigatório a partir dos 18 anos de idade, com o direito de voto estendido às mulheres. Foram criadas a Justiça Eleitoral, a do Trabalho, e leis trabalhistas assegurando jornada de oito horas, repouso semanal, férias remuneradas.

Foi a mais curta, até 1937...

slide17

Em 10 de novembro de 1937, Getúlio revogou a Constituição de 1934, fechou o Congresso e impôs a Carta Constitucional do Estado Novo, de espírito fascista. No intervalo de 24 horas, o Brasil assistia à supressão de partidos políticos, à concentração de poder nas mãos de Getúlio, à instituição da pena de morte; à suspensão da liberdade de imprensa; à prisão e ao exílio de representantes da oposição. A eleição para presidente da República seria de forma indireta, e o mandato do chefe do Executivo, de seis anos.

slide18

5ª.

Com a deposição de Getúlio, em 1945, o novo presidente eleito, general Gaspar Dutra, governou por decretos-lei até o país ganhar a sua quarta Constituição “Republicana”, promulgada em 18 de setembro de 1947, restabelecendo os direitos individuais e enterrando a censura e a pena de morte. Outras conquistas: eleição direta para presidente, direito de greve e livre associação sindical.

slide19

6ª.

Promulgada em 24 de janeiro de 1967. A Carta estabeleceu que as eleições para presidente seriam indiretas, através do Colégio Eleitoral, formado pelos parlamentares e delegados indicados pelas Assembleias Legislativas. Os direitos dos magistrados foram suspensos. Apesar de enxuta na sua origem, a Constituição acabou muito remendada com a decretação de vários atos institucionais, sendo o mais célebre deles o AI-5...

Por isso a de 1969 é 7ª. ou não contituição???

A Constituição de 1967 foi alterada substancialmente pela Emenda Nº 1, baixada pela Junta Militar que assumiu o governo com a doença de Costa e Silva, em 1969.

Castelo Branco

slide20

http://vestibular.uol.com.br/resumo-das-disciplinas/atualidades/25-anos-da-constituicao-federal-promulgacao-marcou-transicao-entre-ditadura-e-democracia.htmhttp://vestibular.uol.com.br/resumo-das-disciplinas/atualidades/25-anos-da-constituicao-federal-promulgacao-marcou-transicao-entre-ditadura-e-democracia.htm

7ª. ou 8ª...

Em 5 de outubro de 1988, o Congresso Nacional promulgou a nova Constituição Federal, documento que traz as leis que refletem a estruturação do Estado, formação dos poderes, formas de governo e direitos e deveres do cidadão de um país.

slide21

Em resposta a “Que país é esse?” =>1987

Em 1988 = Eng.Hawaii lançou ...3:18

slide22

JH Grande personagem da Const. 88 início e Ulysses...5:24

http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-hoje/v/veja-como-a-constituicao-foi-escrita/2865087/

slide23

Ñ ...JH Const. 88 conquistas: ambientais, individuais, mas a lei ainda não acabou com diferenças...6:44

http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-hoje/v/constituicao-trouxe-mudancas-para-a-vida-dos-brasileiros/2867473/

http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-hoje/v/constituicao-brasileira-completa-25-anos/2869582/

slide24

Para as leis fazerem diferença é necessário que haja consciência do nosso papel na sociedade...

Quem sou eu?

e Quem é vc?...4:04