Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Entrada de Dados Espaciais PowerPoint Presentation
Download Presentation
Entrada de Dados Espaciais

Entrada de Dados Espaciais

90 Views Download Presentation
Download Presentation

Entrada de Dados Espaciais

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Entrada de Dados Espaciais • Fontes de dados geográficos: • A criação de um banco de dados de SIG é uma operação complexa que passa pelas fases de captura, verificação e processos de estruturação dos dados. • Os caminhos mais comuns para iniciar um BD Espacial são: • Adquirir dados de forma digital de uma entidade que comercializa os mesmos. • Digitalizar dados analógicos existentes. • Interpolar dados pontuais para superfícies contínuas (levantamento de campo). • Em todos os casos os dados devem ser registrados e georreferenciados para um mesmo sistema de coordenadas. • Passos para construção de um BD Espacial com entrada manual dos dados: • Entrada dos dados propriamente dita. • Entrada dos atributos dos dados. • Verificação e edição dos dados espaciais e seus atributos. • Conexão dos dados espaciais com seus atributos (quando necessário).

  2. Entrada de Dados Espaciais Captura e processamento de dados para construção de uma estrutura raster: Escanner Georreferenciamento Interpolação

  3. Entrada de Dados Espaciais Captura e processamento de dados para construção de uma estrutura vetorial: Escanner Georreferenciamento Vetorização Classificação Curvas de Nível ou TIN Interpolação

  4. Métodos de Exibição de Dados Geográficos • Objetivos: Visualização e exploração de dados geográficos e tabulares • 1. Abstração do mundo real; • 2. Definição do modelo conceitual; • 3. Elaboração do modelo físico. O Método depende da estrutura do DADO a ser trabalhado Estrutura Vetorial: Quais tipos de dados são representados por estruturas vetoriais? Quais os elementos básicos da estrutura vetorial? Como é efetuada a edição de dados vetoriais? Quais erros estão associados à digitalização de vetores? Estrutura Matricial: Como é a estrutura matricial? Quais os elementos básicos da estrutura raster? Estrutura vetorial X matricial: Quais são as vantagens e as desvantagens das estruturas vetorial e matricial? Como se efetua a conversão do formato vetorial para o matricial? Como se efetua a conversão do formato matricial para o vetorial?

  5. Métodos de Exibição de Dados Geográficos Universo do mundo real, que inclui as entidades da realidade a serem modeladas no sistema; O universo conceitual (ou matemático), inclui a definição formal das entidades a serem incluídas no modelo; O universo de representação, onde as entidades formais são mapeadas para representações geométricas; O universo de implementação, onde as estruturas de dados e algoritmos são selecionados baseados no desempenho geral do sistema, dependente da capacidade do equipamento e volume de massa de dados.

  6. “relação” “distância” Dados Espaciais Representação Espacial Como fazer um computador entender o mundo real? • ESPAÇO: • Lugar mais ou menos bem delimitado, cuja área pode conter alguma coisa (Aurélio, umas das definições...); • “conjunto” de objetos com algum tipo de relação (ou relações) entre si, aos quais podem ser associados atributos. Fonte: UFVGeocapacitar

  7. Dados Espaciais • Todas as informações que possam ser caracterizadas no espaço, em função de um determinado sistema de coordenadas; • A posição no espaço é característica fundamental para sua análise; • Atributos iguais em pontos distintos do espaço devem ser tratados como eventos distintos. • Definições: • Qualquer tipo de dado que possa ser apresentado na forma de um mapa; • Dados para os quais a posição absoluta ou relativa no espaço é levada em consideração.

  8. Dados Espaciais O que há de especial com dados espaciais ? • Dados geográficos - representação dual • localização e atributos • Localização • Representam a superfícieterrestre • Explicitamumarelaçãoespacial com outros dados • Atributos • Descrevem o fenômenorepresentadosem um banco de dados

  9. Mapa de Lotes Banco de Dados de Lotes 19 23 geoid dono endereço cadastro IPTU 250186 Caetés 768 22 Guimarães 22 24 25 110427 23 Bevilácqua São João 456 271055 24 Ribeiro Caetés 790 15 Representação Dual Dualidade entre localização e atributos Entidades + Tabelas

  10. “Elementos” do SIG • Feições (entidades; abstrações da realidade) • Atributos (dados, características) • Funções (processos/modificadores dos atributos) • Relações (entre feições; topologia)

  11. Abstração Representação Espacial Mundo Real

  12. Representação Espacial - Feições e Atributos Feição “prédio” • Atributos: • numero de pavimentos • R$/m² • proprietário • idade • tipo de estrutura • … Feição “árvore” • Atributos: • tipo • altura • idade • frutífera (S/N) • … Feição “parque” Feição “rua” • Atributos: • tipopavimento • numero de faixas • sentido do fluxo • velocidaderegulamentar • …

  13. Representação Espacial - Funções Feição “prédio” Atributo “Idade” Função “Envelhecimento” Função “Manutenção” Feição “árvore” Atributo “Pavimento” Atributo “Altura” Feição “parque” Feição “rua” Função “Crescimento”

  14. Relacionamento : “situado em” Representação Espacial - Relacionamentos Feição “prédio” Relacionamento de feições: “tem acesso a” Feição “árvore” Feição “parque” Feição “rua”

  15. Representação Espacial Feição “prédio” Feições – 3D Feição “árvore” Feição “parque” Feição “rua”

  16. Representação de Rede Representação Espacial Feições – 2D UFVGeocapacitar